Escolas se mobilizam para buscar melhorias com apoio da prefeitura

Escolas se mobilizam para buscar melhorias com apoio da prefeitura

A partir de março, a equipe de educação irá estabelecer uma agenda semanal de visitas à s escolas e Ceims
— ™s do município.

Atualmente, o município possui mais de 16 mil alunos nas 134 unidades escolares – Centros de Educação Infantil e Escolas Municipais de Educação Básica

Com o propósito de fazer um levantamento das principais demandas das unidades escolares e, sobretudo, estreitar o relacionamento com a comunidade, a secretária de Educação do município, Ivana Michaltchuk, iniciou um cronograma de visitas às unidades da rede. “Nós temos um corpo funcional formado pelos professores, diretores e demais profissionais que atuam na rede, muito preparado e qualificado. Mas nós queremos ouvir os pais e dizer a eles que se algo acontecer na escola a responsabilidade será nossa. É a Secretaria de Educação que precisa ser informada para buscar resolver a situação. Porque para nós a criança sempre estará em primeiro lugar”, reiterou Ivana.

Atualmente, o município possui mais de 16 mil alunos nas 134 unidades escolares – Centros de Educação Infantil (Ceims) e Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs), localizadas na área urbana e rural.  A secretária afirma que diariamente são realizadas inúmeras ações para garantir a qualidade do ensino, da merenda, da infraestrutura e a redução das filas de espera por vagas. “É um empenho conjunto dos gestores, que vivem o dia a dia da escola e da Secretaria, que busca atender a todos, de maneira justa e dentro da lei. Mas, principalmente no atual contexto econômico precisamos unir esforços e elencar prioridades”, destaca.

Um exemplo dessa união de esforços aconteceu na Emeb Santa Helena. Com quase 700 alunos e uma grande fila de espera, uma saída encontrada pelo diretor Daniel Neves Padilha foi fazer um remanejamento de salas e solicitar apoio da prefeitura para a reforma dos espaços. “Com a troca de salas, que foram reformadas pela Secretaria de Educação, conseguimos mais duas turmas de 6º e de 1º ano. Com diálogo e planejamento, as coisas melhoraram”, afirma o diretor. Além de conhecer as novas salas, a secretária interagiu com alunos e professores. “Assim como somos procurados para apresentar problemas, também é importante esse retorno de como os investimentos se transformam em resultados efetivos. Isso também nos motiva”.

No Ceim Cacilda Altomar, que funciona ao lado da escola Hermínio Pinheiro, no bairro Triângulo, a secretária Ivana conversou com a diretora Isabel Cristina Rodrigues.  Com recursos próprios, arrecadados através de rifas, brechós e outros eventos, a comunidade iniciou em 2014 um projeto de ampliação do Ceim. Acompanhada do engenheiro civil, Vinicius Kley Couto, e do diretor financeiro, Agnaldo Pereira Oliveira, da Secretaria de Educação, a secretária Ivana conheceu a estrutura para analisar a viabilidade jurídica e financeira para concluir a estrutura, que quando estiver pronta contará com mais duas salas de aula, depósito e cozinha.

E no roteiro de visitas, a equipe técnica também esteve na EMEB Bom Jesus. Neste caso, foi realizada uma reunião com os pais, professores e a diretora Andreia Simone Melo, que entregou uma lista com as reivindicações da escola. Para fortalecer o canal de comunicação, entre a comunidade e a secretaria de educação, o encontro serviu para discutir as demandas de pais e mães. O diretor de ensino da Secretaria de Educação, Carlos Eduardo Canani adiantou que a partir de março a unidade contará com o programa Mais Educação, que será oferecido no contraturno, com atividades de brinquedoteca e tecnologia e leitura para os estudantes. “Foi muito bom conhecer e ouvir a secretária. Isso mostra que ela é firme e tem propósitos”, avaliou ao final da reunião a dona de casa Lucia Mota, mãe de um aluno.

A partir de março, a equipe de educação irá estabelecer uma agenda semanal de visitas às escolas e Ceims’s do município.