A generosidade da terra – uma hora de um homem sustenta uma família de 5 pessoas

A generosidade da terra – uma hora de um homem sustenta uma família de 5 pessoas

Com apenas meio hectare de terra e uma hora de trabalho por dia, um homem produz o suficiente para alimentar uma família de cinco pessoas: o casal e três filhos.Uma prova disso está aqui neste vídeo.

Hoje existem, de graça: assistência técnica, sementes e insumos. Tudo isso é oferecido pelo poder público de quase todos os pequenos municípios.
Ainda há a chance de agregar valor com o adubo orgânico para o qual há matéria prima sobrando em toda parte. Como com o adubo orgânico a produção é maior e o produto vale mais, sobra renda para aquisição de outras coisas que não vêm diretamente da terra.
Mais um adicional: o alimento orgânico faz bem para a saúde.Então, falta a muita gente algumas coisas básicas: criatividade, dedicação e vontade. É preciso jogar a vaquinha da salvação no precipício para sair da zona do conforto.
Era o caso de uma a família de uma terra que diziam não produzir devido às pedras, a acidez e o frio. Vivia de uma vaquinha da salvação que se alimentava do pouco pasto natural.
Dava 10 litros de leite. Dois ficavam para o consumo, quatro eram para fazer queijo e quatro para vender na cidade.
Um dia um sábio chegou com um discípulo e disse que tudo iria mudar em três anos.
Na saída mandou jogar no precipício a vaquinha que pastava.Não vamos fazer isso, é a salvação deles. Faz o que estou mandando, sei o que estou dizendo!
Três anos depois o discípulo voltou saber como estava a família sem a vaquinha.
De cara já encontrou tudo mudado: entrada de cinema, verde para todo lado, pastagens artificiais de perder de vista e mais de 150 vacas leiteiras.

O discípulo imaginou, pronto: sem recursos, venderam a terra para quem tinha e foram embora viver do bolsa família…
Foram recepcionados por um porteiro a quem indagaram: e a família daqui, cadê? Está aí mesmo, disse o caseiro. Acontece que um dia chegou aí um velhinho acompanhado de um guri, dizendo que em três anos tudo iria mudar. Periga verdade! Não é que a vaquinha que os sustentava caiu no precipício e morreu?! Tiveram de ir à luta.. Para não morrer de fome, tiveram de usar da criatividade Plantaram pasto, corrigiram o solo e passaram a trabalhar mais. Hoje não é só uma vaca; são mais de 100; não são 10 litros de leite, são 4 mil. Quer dizer, empurraram a vaquinha da salvação no precipício. Faça isso você também, guri…

 

Aqui na região também era assim 
Nas regiões em que existe o integrado na criação de frangos e suínos, o programa financia os galpões (galinheiros e chiqueiros) fornece os bichinho, a ração e a assistência técnica.
Nessas regiões, o produtor que tem um hectare de terra, tem casas boas, carro na garagem e qualidade de vida. Mas há um pequeno porém: não pode ir todo mundo para as festas nos finais de semana. Alguém precisa  ficar tomando conta da galinha dos ovos de ouro: a propriedade.
Na região da Serra Catarinense esse tal de integrado nunca foi possível. É que já a partir da quinta-feira à noite o pessoal já está acampado nos rodeios, torneios de laço, ou em festas. Assim a  bicharada morre de fome e sede e os predadores como raposas e gatos do mato podem invadir os galpões.
Aqui na região há um fator positivo para a sanidade dos animais: as florestas de pinheiros. Elas são um filtro contra as doenças. Mas há em muito canto uma doença que elas não impedem: a doença da preguiça crônica.

Produção alternativa do quintal – Lages da bom exemplo nas horta comunitárias e escolares 

coluna foto materia

Com apenas meio hectare e uma hora de trabalho por dia, diz a FAO, um homem produz para alimentar uma família de cinco pessoas: o casal e três filhos. Para áreas menores já existem de graça: assistência técnica, sementes e insumos. Tudo é oferecido pelo poder público de quase todos os municípios. Em Lages, um dos projetos mais bem sucedidos é o das hortas comunitárias e escolares. E ainda há como agregar valor, fazendo adubo orgânico, cuja matéria-prima está em toda parte. Com esse adubo, a produção é maior e a produção vale mais. Então, sobra renda para outras coisas que não vêm diretamente da terra. Lembrando ainda que o produto orgânico é saudável. Vamos usar a criatividade, dedicação e vontade. É preciso jogar a vaquinha da salvação no precipício e sair da zona do conforto.

Galeria de fotos de Design Ideas 

fonte / fotos e vídeos 

fonte