Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

ULTRAPASSAMOS A ITÁLIA E NOS TORNAMOS O 3º PAÍS EM VITIMAS DA PANDEMIA. VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA.   CIENTISTAS
CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

PREFEITOS DEFINEM CONDIÇÕES PARA OPERAÇÕES E OS CUIDADOS PARA EMPRESAS RETOMAREM OS SERVIÇOS COM MENOS RISCOS DE CONTAMINAÇÃO. Principais cuidados: 50% da
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU

GOVERNO GARANTE: NENHUM BRASILEIRO FICARÁ DESAMPARADO – Só no socorro às pessoas e garantia de renda mínima serão mais de R$ 200 bilhões.


economia_coronavirus
Esta postagem foi publicada em 29 de março de 2020 Coluna Eron J. Silva, Notícias em Destaques Slide Topo, Slide Esportes.

DUAS MENSAGENS ENVIADAS AO CONGRESSO GARANTIRÃO COMPENSAÇÕES E CRÉDITOS ÀS EMPRESAS.

CÁLCULOS DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

GUEDES CALCULA EM 5% DO PIB CUSTO DO “IMPACTO DO METEORO COVID” – “Vamos pagar em um ano para não ficar para próximas gerações”.

ALÉM DE SALVAR VIDAS E SOCORRER OS DESPROTEGIDOS, QUASE R$ 1 TRILHÃO INJETADO NA ECONOMIA AINDA VAI ANULAR UM POUCO DA RECESSÃO QUE VIRÁ.

E uma live com integrantes do mercado, o ministro da economia, Paulo Guedes, fez um balanço de tudo o que foi comprometido e liberado até aqui para enfrentar a guerra com o Covid-19. Isto na frente para salvação de vidas e para atenuar o impacto na Economia.

download (62)

Ao destacar “a coragem do presidente Bolsonaro” e o esforço do Governo dele para enfrentar essa luta, afastou qualquer possibilidade de vir a sair da equipe. “Jamais abandonaria a luta nesta hora”, disse ele, acrescentando que não foi à toa que se engajou para ajudar a construir o projeto desde o início.

Segundo ele, só o que está comprometido, anunciado e liberado em recursos e medidas até agora já chega a 4,8% do PIB. Mas deve passar dos 5%, conforme a duração do pico da curva dos efeitos da pandemia na população.

 

VEJA OS NÚMEROS DO MINISTRO:

 

Campanha de emergência: R$ 200 bilhões;

Participação dos bancos públicos: R$ 150 bilhões;

Diferimentos (antecipações de abonos e 13º: R$ 150 bilhões;

“Coronavouche” (a informais, mulheres chefes de família e aqueles com nenhuma renda): R$ 59 bilhões;

Crédito à folha de pequenas e médias empresas: R$ 40 bilhões;

Crédito a empresas: R$ 40 bilhões;

E  recursos para estados e municípios: R$ 90 bilhões.

O total chega a cerca de R$ 750 bilhões, podendo ficar perto de R$ 1 trilhão, dependendo da duração do período da crise humanitária e dos efeitos no setor produtivo.

Garante que vamos pagar essa conta em um ano para não deixar a conta para as futuras gerações via dívida pública. Citou, também, que o País já fez engenharias em outras dificuldades (certamente referindo-se a leilões) e que temos a força de nosso potencial (provavelmente ativos disponíveis), mas não se referiu a nenhum.

 


292 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-