HISTÓRIAS BEM HUMORADAS E CURIOSAS DO SUL – O gaúcho caminhoneiro e o Manezinho da Ilha: a linguagem e o diálogo sobre a carga de suínos.

HISTÓRIAS BEM HUMORADAS E CURIOSAS DO SUL – O gaúcho caminhoneiro e o Manezinho da Ilha: a linguagem e o diálogo sobre a carga de suínos.

O “MANEZINHO DA ILHA” É O TÍPICO HABITANTE NATIVO DA ILHA DE FLORIANÓPOLIS. ELE TEM UMA LINGUAGEM TODA ESPECIAL.

 

HISTÓRIA – I

O CAMINHONEIRO GAÚCHO COM A CARGA DE PORCOS

 

O gaúcho encosta o caminhão carregado de porcos num posto de combustível, em Florianópolis.

O Manezinho, curioso com aqueles enormes porcos brancos, com sotaque cantadinho, pergunta:

-Gaúcho, que bicho é esse?

O caminhoneiro gaúcho:

-Não tá vendo que é suíno, catarina?!!!

O Manezinho:

-Mas que bichinho mais mash parecidinho com porrco!!!

 

~~~~~~~~~~

HISTÓRIA – II

O MANEZINHO E O SOLAVANCO DO ÔNIBUS

Nos tempos de estradas ruins em Santa Catarina, o acesso a Joinville ainda era sem asfalto, com revestimento em paralelepípedos ou lajotas.

O ônibus começou a dar solavancos, quando o Manzinho observa à esposa:

Mas como é que pode? Esse ônibus não tem suspensão a veento?!!!

 

~~~~~~~~~~~~~

DE POLÍTICOS A PESCADORES E GAÚCHOS: COISAS DO ARCO DA VELHA

Um gaúcho que desfilou numa determinada Parada em São Paulo, de Bombacha cor de rosa. Saiba o porquê dessa indumentária…

 

GAÚCHOS SEMPRE RECORREM À BOMBACHA NUM DOMINGO MUITO ESPECIAL

 

Um deles foi Foi desfilar numa famosa em São Paulo. Foi nesse evento que descobriram porque o gaúcho usa bombacha.

Um dos personagens da passarela explicou ao repórter que quis saber o porquê de uma bombacha com tanta cor.

 

O repórter:

– “porque a cor rosa da indumentária”?

Resposta do BAITA:

– “Mas báaa, chê! Foi o melhor jeito que achei para ficar um Bombicha!

-“Na próxima vou usar um bichará”.

 

~~~~~~~~~~~~

 

Deu no Zé Simão:

Filho problema, desnaturado e ingrato dá rasteira como presente do Dia das Mães!

Zé Simão deu uma notícia de emprego no interior de SP, mas também tem em Floripa.

Oportunidade de trabalho: Casa de ferragem precisa, urgente, de motorista “para levar ferro no estreito”.

É que na Grande Florianópolis também há uma localidade que se chama ESTREITO… E a loja de FERRAGEM também.

………….

BANCADA DA PAPUDA GANHARÁ NOVOS INTEGRANTES E TAMBÉM FOI UMA DAS QUE MAIS CRESCERAM.

Desde o inicio da Lava Jato que a chamada Bancada da Papuda ganha novos integrantes. Agora a tendência é inchar. Já contou com nomes como: Celso Jacob – o homem do queijo na cueca – Paulo Maluf, Nelson Meurer e o deputado catarinense, João Rodrigues, agora já em liberdade.

A não ser Paulo Maluf, que está cumprindo prisão domiciliar e Meurer que ainda está cumprindo pena, os demais podem circular pelo Congresso, apresentando Projetos de Lei,  votando e fazendo política.

Isso até o Conselho de Ética votar seus processos de falta de decoro parlamentar. Mas esse conselho nunca tem quórum.

 

QUEIJO NA CUECA

O deputado Celso Jacob, que chegou a votar o pacote da Segurança que criou o Ministério da Segurança, cumpriu o regime semi aberto. Trabalhava de dia e ia dormir na Papuda. Houve sessão em que apenas ele estava em Plenário. Era condição comparecer ao trabalho.

Celso Jacob entrou para o folclore de Brasília, quando foi flagrado na portaria do presídio com um queijo por debaixo da roupa íntima. Segundo a mídia nacional, o queijo estaria na cueca.

 

ANEXO

BUGRE DEIXA O MATO POR FALTA DE OPORTUNIDADE E VIRA VEREADOR.

O popular Vereador Bugre, uma das renovações da Câmara de Lages, deixou Anita Garibaldi, já na flor da idade, e veio pra cidade grades em busca de oportunidade. Iniciou com mercearia, virou produtor de carvão, entrou para a política e se elegeu vereador.

DEU AQUI NO PORTAL

“QUEREM ME SUICIDAR”, diz prefeito

Uma das notas políticas mais acessadas aqui no Portal foi esta:

Um prefeito da região, que na época era o presidente da Amures, foi informado de que seus inimigos pessoais e políticos estiveram em sua propriedade, arados até os dentes, como se diz no interior.

Simulavam um tiroteio, apontando armas um para o outo. Um fotógrafo que registrou tudo e vendeu as fotos ao prefeito.

Após classificar o fato de “ameaça de um bando”, o prefeito veio a Lages com as fotos e convocou a imprensa para uma entrevista coletiva.

Ao ser perguntado sobre as reais intenções dos invasores, ele respondeu: as intenções ainda não sei muito bem, mas tenho quase certeza de que eles queriam mesmo “era me suicidar”.

A matéria foi dada pelos jornais impressos com o título: “Presidente da Amures diz que inimigos queriam “lhe suicidar”.

A matéria bombou! Os telefones da prefeitura não paravam. E o prefeito estufava o peito, achando que estava abafando pela coragem de fazer a denúncia.

 

~~~~~~~~~~~~

 

Deu no Zé Simão:

Filho problema, desnaturado e ingrato dá rasteira como presente do Dia das Mães!

Zé Simão deu uma notícia de emprego no interior de SP, mas também tem em Floripa.

Oportunidade de trabalho: Casa de ferragem precisa, urgente, de motorista “para levar ferro no estreito”.

É que na Grande Florianópolis também há uma localidade que se chama ESTREITO… E a loja de FERRAGEM também.

 

O QUE JÁ DEU O QUE FALAR:

As Bem Humoradas do Portal:

Um resumo diário do que está rolando na mídia política e nos programas de humor.

NOTAS DE ESTRÉIA:

COISAS QUE ESTÃO NA MODA

Deu no Eron Portal: Última moda entre as mulheres charmosas: o coque no cabelo.

Deu na Praça é Nossa: Última moda entre os parlamentares de Brasília: a tornozeleira eletrônica.

………

Deu no Eron Portal: O que será moda nas eleições: fazer discurso em cadeia nacional fora do horário eleitoral.

Deu na Praça é nossa: A vingança do Lula é passar trote por voz no Juiz, imitando o Trump.

Deu no Eron Portal: A vingança dos políticos que ainda estão na mira da Lava Jato é passar trote por mensagem de voz em juízes, desembargadores e ministros.

………

Deu no Eron Portal:

As três palavras mais pronunciadas na mídia política: prisão, propina e delação.

Deu na Praça é Nossa:

Maior medo dos políticos que visitavam Lula em Curitiba: ficar preso por lá. Alguns só telefonavam ao ex-presidente.