MESMO QUANDO HOUVER VACINA À VONTADE, SÓ VAMOS VENCER O VÍRUS COM MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO SOCIAL – Logo, a máscara se tornará uma proteção universal

MESMO QUANDO HOUVER VACINA À VONTADE, SÓ VAMOS VENCER O VÍRUS COM MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO SOCIAL – Logo, a máscara se tornará uma proteção universal

Fotos: Stock/dreamstime.com

É QUE A PANDEMIA TRARÁ MUITAS MUDANÇAS EM NOSSA VIDA

 

Até no caso da economia para uma recuperação mais rápida o mundo terá que fazer uma engenharia na produção e no mercado para se adaptar à nova realidade.

 

                            A dor é o que elimina resistências de culturas pré-estabelecidas às novas. Ela obriga as civilizações a reações mais rápidas. Não acabarão os abraços e os beijinhos no rosto, mas passar álcool nas mãos não significará mais preconceito, aversão ou repulsa ao outro, mas, sim, uma segurança a mais para ambos. E na economia a tecnologia será mais um aliado, porque organizações e negócios serão cada vez mais a distância; serão criados produtos e serviços de vida útil com data marcada para o fim, o que dará mais giro no mercado.  

 

Fotos: página de imagens grátis

 

PRESERVATIVO UNIVERSAL

A máscara passará a ser uma espécie de protetor universal. Higienizar as mãos será um hábito até exagerado, mas até antes da pandemia ele seria o ideal; manter o distanciamento social também será um fato novo.

WhatsApp Image 2020-08-03 at 18.46.25

 

Opinião

DEVE AUMENTAR O ESPÍRITO DE SOLIDARIEDADE E DE RESPEITO AO SEMELHANTE

virus-4999857_960_720

Se haverá mais cuidados nas relações interpessoais, por outro lado haverá um novo normal com mais atenção uns com os outros, porque descobrimos que sozinhos somos mais frágeis e vulneráveis.

O mundo vive, hoje, um momento ímpar e que provocará mudanças até no comportamento da humanidade. Não se encontrará resistência, por exemplo, na cultura dos modos e costumes de convivência humana. Para tudo se dará um jeito.

Geralmente o que atrapalha a recuperação de efeitos de eventos negativos e a aceitação do novo é a resistência por parte de culturas já estabelecidas.

Mas não quer dizer que mesmo reduzindo a distância e o contato físico reduza o espírito de solidariedade entre as pessoas e o amor e o respeito ao próximo. Ao contrário, a tendência é o aumento destes sentimentos.

 

angelaMerkel

 

Desta vez, até a forma de se comportar, os relacionamentos mais cotidianos e os mais íntimos mudarão. O que os orientais praticam e que ocidentais acham feio (e até bizarro) passarão a ser bonitos e deverão inspirar novos modismos.

E na dinâmica da economia os estragos causados pelos efeitos da crise do coronavírus serão recuperados rapidamente. Isto porque o avenço tecnológico se encarregará de encontrar alternativas espetaculares. Será como vem ocorrendo nas revoluções na indústria e no trabalho.

Já estamos assistindo mudanças nas empresas, especialmente nos pequenos negócios, com as televenda cada vez mais em alta. Até as necessidades de consumo, os hábitos alimentares e as preferências de produtos estão mudando.

Agora, com relação à recuperação da economia de hoje, observe que na depressão de 29/30, no Estados Unidos, apesar de mais lentamente, logo se encontrou alternativas de produção para recuperar a economia e o tempo perdido. A produção de bens com vida útil com data marcada foi um exemplo. Era preciso fazer girar a economia.

Desta vez, as mudanças provocadas pela tecnologia serão mais rápidas. Sem exagero, mas como um reforço de linguagem, quase na velocidade da luz.

~~~~~

ANEXO

REPENSANDO O MEIO URBANO

 

Esse episódio do vírus também causará mudanças na ocupação dos espaços do Planeta. Certamente os formigueiros humanos, que mais sofrerão com uma eventual demora da pandemia, certamente serão repensados.

Aliás, já há alguns anos a tendência já é a mudança das pessoas, deixando as grandes metrópoles em direção do interior. As aglomerações urbanas tem gerado muitas reações da natureza. Elas também foram causas de no passado as civilizações terem sido cíclicas, isto é, umas desapareceram e novas surgiram.

Texto: Eron J Silva.

ERON PORTAL