Coluna Eron J Silva 18/01/18

Coluna Eron J Silva 18/01/18

Slogan: estrada, apoio técnico e atenção

No agronegócio é que está a chave do sucesso do turismo. E o campo será a âncora verde da Economia de Lages. As outras áreas passarão a uma base de apoio a nossa grande atividade do futuro: o Turismo de Serra. O que encanta o visitante são as belezas naturais, o frio, a cultura e a gastronomia típica. Neste último item estão os produtos típicos, entre eles o queijo e as proteínas. Não é à toa que isso é o que o deputado Gabriel Ribeiro mais defende e apoia. Então, bem que fez a administração que escolheu uma equipe comprometida com o produtor. Está sob a liderança do Secretário Osvaldo Uncini e conta com o braço forte do diretor administrativo Polaco. Lema dessa equipe: estrada, apoio técnico, nota do produtor e atenção. Alguém já disse: “Quando o homem do campo não planta, o homem da cidade não janta”.

 

FOTO 2

Capão Alto faz escola em gestão

O prefeito de Capa Alto, Tito Freitas, está bem adiantado na revitalização da área urbana. Vem reformando a praça principal e já iniciou a revitalização do conjunto do Centro, incluindo a Avenida. Isso vem sendo possível porque no primeiro ano foi feita uma gestão consciente das finanças. Dentro da orientação do prefeito, o Secretário Rodrigo Pereira de Jesus fez uma reestruturação no Departamento de Compras. Só fecha negócio com dinheiro na mão e com três orçamentos oferecidos. Resultado: uma economia de 25% no primeiro ano, que levou as contas a um saldo positivo de mais de R$1,2 milhão. Sempre foi paga em dia a folha, foi feita a provisão para o 13º, nunca atrasou os fornecedores e não comprometeu os serviços essenciais. Agora a prefeitura tem dinheiro para obras próprias, contrapartidas e certidões negativas para convênios. Bom exemplo aos prefeitos que vivem chorando de lenço na mão.

FOTO 3

Turismo ganha novos defensores

Os vereadores Bruno Hartmann e David Moro foram os primeiros políticos locais a aprovar a ideia de integração do Turismo a partir da Serra do Rio do Rastro. Lá há potencial para atrair gente não só do Brasil, mas do mundo. Inclusive o que mais se fala, hoje, é nas novas atrações na Serra do Rio do Rastro: um teleférico e uma plataforma de vidro. Já existe até vídeos conceituais de como seriam esses atrativos artificiais.