CHEGA REMESSA DE MATÉRIA-PRIMA AO BUTANTAN – Com IFA que veio da China, o Instituto retoma produção de vacina CoronaVac

CHEGA REMESSA DE MATÉRIA-PRIMA AO BUTANTAN – Com IFA que veio da China, o Instituto retoma produção de vacina CoronaVac

 

Chegou hoje uma carga de 3 mil litros de IFA para o Butantan

 

O IFA- Ingrediente Farmacêutico Ativo – é da vacina CoronaVac, procedente da China, e chegou na tarde de hoje (terça-feira/dia 25) no aeroporto de Guarulhos/SP.

Com essa matéria-prima será retomada imediatamente a produção do Instituto Butantan, já na próxima madrugada.

Serão mais 5 milhões de doses que serão disponibilizadas ao Ministério da Saúde.

A produção dessa vacina está suspensa desde o último dia 14, por falta de insumo.

 

RETOMA PRODUÇÃO EM 24 HORAS

Com a suspensão da produção da CoronaVac no dia 14/05, o Butantan deixou de entregar vacinas ao PNI e 18 estados interromperam a vacinação e várias cidades.

De posse do IFA, o Butantan informou que pode retomar o envase em 24 horas. Só que o governador João Doria (PSDB) afirmou que a produção deve ser retomada já na madrugada de quarta/26.

Segundo ele, “os insumos que chegam serão processados a partir de já. Eles serão transportados hoje ao Butantan e, nesta madrugada, começamos a produzir essas 5 milhões de doses”, disse Doria, ainda no aeroporto.

A previsão do governo de São Paulo é de que a entrega de doses ao Ministério da Saúde, para usar no Programa Nacional de Imunização (PNI) é no prazo máximo de 14 dias. Antes do envase, os insumos passam por rotulagem, embalagem e controle de qualidade.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

POSTAGEM ANTERIOR (19/04)

CHEGA MAIS UM LOTE DE INSUMOS PARA O BUTANTAN – Instituto deve completar até próximo dia 10 1ª etapa do contrato com o MS

MAIOR REGULARIDADE EM REMESSAS DE BIOFARMACÊUTICA CHINESA DEVE REFORÇAR PRODUÇÃO DAQUI EM DIANTE, COM MAIS 54 MILHÕES DE DOSES ATÉ SETEMBRO

 

REFORÇO NA HORA CERTA

Butantan recebe insumos para mais 5 milhões de doses CoronaVac

Chegou na manhã desta segunda (19), ao aeroporto de Guarulhos/SP, mais um carregamento de insumos para produção de vacina CoronaVac.

Com mais esses 3 mil litros do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) enviados direto da China pela biofarmacêutica SinoVac, o Instituto poderá fabricar mais de 5 milhões de doses, imediatamente.

Com isso, o Butantan espera cumprir, no máximo até 10 de maio, a entrega ao Ministério da Saúde das 46 milhões de doses do contrato firmado este ano. Por outro lado, até o mês de setembro está previsa a entrega de mais 54 milhões de doses ao SUS, com o que poderá ser acelerada a vacinação. Para isso, estão previstas novas cargas de insumos chineses.

A vacina CoronaVac, a qual é aplicada em duas doses, é a de maior disponibilidade imediata atual, no Brasil. Mas, o que é alentador é que a Fiocruz já entregou mais de 10 milhões de doses da sua vacina AstraZêneca e já está prevista nova entrega no próximos dias.

O voo desta segunda feira (19) com a matéria-prima para o Butantan saiu de Pequim, às 14h (horário de Brasília) da última sexta-feira (16) e este foi o terceiro lote de IFA de 2021. Chegou em SP por volta das 6h da manhã desta segunda,19, no aeroporto internacional de Guarulhos, na Grande SP.

Veio num voo da Turkish Airlines, num desafio que passou por escalas na Turquia e Islândia. Agora o Butantan fará  o processo de envase, rotulagem, embalagem e controle de qualidade. Só aí que serão disponibilizadas as doses para aplicação na população, através do Programa Nacional de Imunizações, coordenado pelo Ministério da Saúde.

Do aeroporto, os insumos foram transportados em caminhões refrigerados à sede do Butantan, na capital paulista. Após os procedimentos de produção, controle de qualidade, envasadas e rotuladas, as vacinas serão postas à disposição do Ministério da Saúde/SUS, com distribuição aos estados, para reforço da Campana Nacional de Imunizações.