A CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DE UMA ENTIDADE – CDL Lages faz visita ao CRENSA

A CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DE UMA ENTIDADE – CDL Lages faz visita ao CRENSA

UM BELO EXEMPLO DE AÇÃO DE INTERESSE PÚBLICO, SOLIDARIEDADE E ENVOLVIMENTO SOCIAL

Recentemente o presidente em exercício da CDL Lages, Marcos Tortelli, e o diretor executivo, Jhonathan Roberto, estiveram no Centro de Recuperação Nossa Senhora Aparecida (CRENSA) em Lages. Foram conhecer a instituição e também realizar a entrega de cobertores arrecadados junto aos membros da diretoria e associados da CDL.

Foram entregues 50 cobertores. Arrecadação ainda faz parte da Campanha do Agasalho 2018, realizada em parceria com a Fundação Carlos Jofre do Amaral (FCJA).

O vice-presidente da instituição Aldo Spessatto expressou a gratidão pelo apoio e contou a trajetória da instituição que atua na recuperação de dependentes químicos há 20 anos em Lages. “Nós atuamos com apoio de pessoas, o trabalho voluntário de muita gente e viemos profissionalizando a nossa atuação em prol da ajuda as pessoas que sofrem com a dependência química”, explica Aldo.

Para Marcos Tortelli esta é mais uma das ações que completam a atuação social da CDL Lages. “Foi muito bom conhecer o trabalho do CRENSA e sabemos que toda a ajuda que podemos dar sempre faz a diferença na melhoria da vida das pessoas, então é uma satisfação representar nossa diretoria e associados nesta entrega”, afirma Marcos.

Sobre o CRENSA

O Centro de Recuperação Nossa Senhora Aparecida (CRENÇA) foi fundado em 1998 e tem missão “oferecer tratamento para dependentes químicos do sexo masculino, buscando a recuperação do ser humano e mudanças no seu estilo de vida”.

O espaço conta com academia, dormitório, refeitório e acompanhamento de profissionais de saúde, psicologia e monitores. Os residentes têm atividades de manutenção da chácara do Centro de Recuperação, com o plantio e manutenção de horta, de árvores frutíferas e de açudes com peixes. O CRENSA conta hoje com 12 funcionários e a média 35 a 45 residentes em tratamento.

Os residentes são recebidos através de triagem feita por uma psicóloga, no escritório localizado no piso superior do prédio da Rodoviária, no bairro Universitário em Lages, já sua sede está localizada em uma ampla chácara no bairro Chapada.