Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
DEPUTADO INTENSIFICA AÇÕES PELAS DEMANDAS DE SUA BASE – Rodovia SC-120, de Curitibanos a Lebon Régis, é prioridade.

DEPUTADO INTENSIFICA AÇÕES PELAS DEMANDAS DE SUA BASE – Rodovia SC-120, de Curitibanos a Lebon Régis, é prioridade.

  DEPUTADO NILSO BERLANDA COBRA NOVAMENTE RECUPERAÇÃO URGENTE DESSA RODOVIA. O PL AGORA CONTA COM QUATRO DEPUTADOS NA ALESC.   Por/Josiane Ribas Lanzarin   PESSOALMENTE
TIMÃO VIRA FREGUÊS DO GUARANI DO PARAGUAI – Agora afundou em casa em nova batalha futebolística.

TIMÃO VIRA FREGUÊS DO GUARANI DO PARAGUAI – Agora afundou em casa em nova batalha futebolística.

JÁ PERDEU 3 VEZES SEGUIDAS PARA O GUARANI E AGORA FOI ELIMINADO EM CASA NO CRITÉRIO DO GOL FORA. Só para
JESSÉ COMEMORA REVOGAÇÃO DE TÍTULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE LULA – Diz que esta terça foi um grande dia para quem defende a moralidade.

JESSÉ COMEMORA REVOGAÇÃO DE TÍTULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE LULA – Diz que esta terça foi um grande dia para quem defende a moralidade.

  CCJ APROVOU NESTA TERÇA, 11, PROJETO CANCELANDO A HOMENAGEM QUE AGORA VAI À SANÇÃO DO GOVERNADOR COMANDANTE MOISÉS.   VEJA A NOTA
ASSEMBLEIA DE SC REVOGA TÍTULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE LULA – Honraria foi aprovada em 2008 e entregue em 2018, 15 dias antes da prisão.

ASSEMBLEIA DE SC REVOGA TÍTULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE LULA – Honraria foi aprovada em 2008 e entregue em 2018, 15 dias antes da prisão.

CCJ DA ALESC APROVOU NESTA TERÇA, 11, PROJETO CANCELANDO A HOMENAGEM, QUE AGORA VAI À SANÇÃO DO GOVERNADOR COMANDANTE MOISÉS. Foi
PL É O PARTIDO QUE MAIS CRESCE EM SC – Senador Jorginho Mello vem articulando importantes filiações.

PL É O PARTIDO QUE MAIS CRESCE EM SC – Senador Jorginho Mello vem articulando importantes filiações.

REUNIÃO EM FLORIPA E UM ENCONTRO REGIONAL EM BLUMENAU, FATOS QUE  BOMBARAM NOS ÚLTIMOS DIAS.   Reunião da bancada do PL Em encontro
EM TEMPOS DE NOVA POLÍTICA E DE NOVO CONGRESSO, UMA ANÁLISE DE PESO – Ex-constituinte de esquerda aponta causas da corrupção e das crises.

EM TEMPOS DE NOVA POLÍTICA E DE NOVO CONGRESSO, UMA ANÁLISE DE PESO – Ex-constituinte de esquerda aponta causas da corrupção e das crises.

SAIBA A QUEM ELE ATRIBUI O FATO DE O PAÍS QUASE TER ENTRADO EM ROTA DE COLISÃO COM O CAOS...   O
REFORMAS DEVEM PASSAR ATÉ DE FORMA SURPREENDENTE – Pesará o espírito protagonista do Congresso para ajudar a salvar o País.

REFORMAS DEVEM PASSAR ATÉ DE FORMA SURPREENDENTE – Pesará o espírito protagonista do Congresso para ajudar a salvar o País.

RECUPERAR O BRASIL DEVE DAR MAIS VOTOS QUE NEGOCIAR APOIO POR CARGOS E EMENDAS ... OU JOGAR PARA A PLATEIA. Nestes
GRAMADO: MUNDO ENCANTADO IDEAL PARA CELEBRAR O SUCESSO – Todo sonho dourado impossível pode ser realizado aqui!

GRAMADO: MUNDO ENCANTADO IDEAL PARA CELEBRAR O SUCESSO – Todo sonho dourado impossível pode ser realizado aqui!

  SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DEU VIDA À IMAGINAÇÃO DOS TOPES DE OUTUBRO, NOVEMBRO E DEZEMBRO/19: Momentos de parar o fôlego. Visual

DECEPCIONADO, LADRÃO DEVOLVE FERRAMENTAS QUE LEVOU – Temia ter de usar o produto do furto: eram duas caixas, a mais pesada continha ferramentas e a outra ossos.


materia (Copy)
Esta postagem foi publicada em 20 de março de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

VÊ SE O LARÁPIO IRIA CORRER O RISCO DE TER DE USAR O PRODUTO DO FURTO. TEMIA TER DE PEGAR NO PESADO.

Desiste de levar a caixa mais pesada que pensava ter metais nobres mas eram ferramentas do pedreiro.

Após arrombar o depósito do cemitério e depois o de um pedreiros, ladrões desistem da muamba porque não eram metais nobres, eram ferramentas de pedreiro. Imaginavam conter metais mais valiosos como pregos, placas de prata o até folhadas a ouro.

A explicação encontrada por investigadores para essa desistência foi que talvez temessem que a esposa eo filhos sugerissem que ao invés de furtar e roubar fossem trabalhar no pesado, com menos risco de levar chumbo nas pernas…

O primeiro caso foi no cemitério Cruz das Almas, em Lages, Serra Catarinense. O secretário de Serviços públicos, certa vez, chegou ao depósito do cemitério e o encontrou arrombado. Curiosamente não falava nada. É que eram ferramentas rudimentares, como pás, enxadas, picaretas e colher de pedreiro. Não eram metais nobres, tampouco cimento ou fios de cobre.

CASO MAIS RECENTE

Cidadão nos contou que deixava suas ferramentas trancadas a sete chaves na casinha da construção. Um ladrão cerrou o cadeado e levou uma caixa pesando uns 50 KG, pensando que eram pregos ou outros metais mais valiosos. No peso, o prego e fio de cobre tem venda certa no mercado sujo da receptação.

Só que ao serrar novo cadeado [agora o da caixa] percebeu que eram ferramentas simples. Levou-as de volta e ainda deixou um bilhete abusado: – Vê se trabalha mais, mano, pra me deixar algo que me renda algum dinheiro!

Agora, pensando bem, vê se alguém viciado em roubar e furtar vai querer ferramentas! Trabalhar por quê? Furtar só precisa de hora extra, à noite?!

Mas, outro furto bizarro foi num outro cemitério, agora no interior. Ladrão arrombou o depósito e ao invés de metais, havia nas caixas ossos que iriam para o ossário no dia seguinte. Pior foi que numa delas havia se abrigado um enxame de abelhas africanas.

Crivado de ferroadas, para não perder a viagem, levou um carrinho com uma saca de cimento e várias placas amarelas de “aqui jaz”. Pensava que eram de ouro. Nem tocou nas ferramentas! Imagina!?… Trabalhar? Nem pensar!…

Só que o ladrão não contava com um detalhe: o guarda o seguira. Foi apanhado com os comparsas verificando se o metal das placas era ouro. Colocavam um líquido que só fazia espuma. Eram de bronze as placas. Pense nuns ladrões desastrados!…

 


500 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-