Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

REGIME DE CHUVAS ESTÁ RELACIONADO AO EFEITO ESTUFA, CAUSADO MAIS PELAS FÁBRICAS DOS QUE ACUSAM O BRASIL DE NÃO CUIDAR
PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

E O FATO FOI QUE A PARTIR DESSE FORO QUE TEVE INÍCIO A ASCENSÃO DE VÁRIOS GOVERNOS SOCIALISTAS SUL AMERICANOS. Numa
CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

AS LÁ DE CIMA FORAM BASEADAS NO TRABALHO E AS DAQUI DE BAIXO NA FÉ PREGADA POR CATÓLICOS. Ao analisarmos as
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

O PARLAMENTAR ENTENDE QUE A POPULAÇÃO DE TODO O ESTADO NÃO PODE CONTINUAR PAGANDO POR UMA OBRA INÚTIL E QUE
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

ESTÁ EM ANDAMENTO A CPI DA PONTE HERCÍLIO LUZ, QUE  INVESTIGA SUSPEITA DE MAU USO DO DINHEIRO PÚBLICO EM CONTRATOS
NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

QUE TAL COMEÇAR A SE PENSAR EM MUDAR A CAPITAL PARA O CENTRO DO ESTADO? Nem foi concluída a reforma da
PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

COMEÇAM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS E VOTAÇÕES SÃO PREVISTAS PARA 5 DE SETEMBRO E 10 DE OUTUBRO. Já é certa a edição na Casa
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SÃO MODERNOS RECURSOS PARA VOCÊ MANTER SUA PELE SEMPRE JOVEM,  SAUDÁVEL, BEM ACESSÍVEIS E SUSTENTÁVEIS. Os produtos Forever são concebidos a

DECEPCIONADO, LADRÃO DEVOLVE FERRAMENTAS QUE LEVOU – Temia ter de usar o produto do furto: eram duas caixas, a mais pesada continha ferramentas e a outra ossos.


materia (Copy)
Esta postagem foi publicada em 20 de março de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

VÊ SE O LARÁPIO IRIA CORRER O RISCO DE TER DE USAR O PRODUTO DO FURTO. TEMIA TER DE PEGAR NO PESADO.

Desiste de levar a caixa mais pesada que pensava ter metais nobres mas eram ferramentas do pedreiro.

Após arrombar o depósito do cemitério e depois o de um pedreiros, ladrões desistem da muamba porque não eram metais nobres, eram ferramentas de pedreiro. Imaginavam conter metais mais valiosos como pregos, placas de prata o até folhadas a ouro.

A explicação encontrada por investigadores para essa desistência foi que talvez temessem que a esposa eo filhos sugerissem que ao invés de furtar e roubar fossem trabalhar no pesado, com menos risco de levar chumbo nas pernas…

O primeiro caso foi no cemitério Cruz das Almas, em Lages, Serra Catarinense. O secretário de Serviços públicos, certa vez, chegou ao depósito do cemitério e o encontrou arrombado. Curiosamente não falava nada. É que eram ferramentas rudimentares, como pás, enxadas, picaretas e colher de pedreiro. Não eram metais nobres, tampouco cimento ou fios de cobre.

CASO MAIS RECENTE

Cidadão nos contou que deixava suas ferramentas trancadas a sete chaves na casinha da construção. Um ladrão cerrou o cadeado e levou uma caixa pesando uns 50 KG, pensando que eram pregos ou outros metais mais valiosos. No peso, o prego e fio de cobre tem venda certa no mercado sujo da receptação.

Só que ao serrar novo cadeado [agora o da caixa] percebeu que eram ferramentas simples. Levou-as de volta e ainda deixou um bilhete abusado: – Vê se trabalha mais, mano, pra me deixar algo que me renda algum dinheiro!

Agora, pensando bem, vê se alguém viciado em roubar e furtar vai querer ferramentas! Trabalhar por quê? Furtar só precisa de hora extra, à noite?!

Mas, outro furto bizarro foi num outro cemitério, agora no interior. Ladrão arrombou o depósito e ao invés de metais, havia nas caixas ossos que iriam para o ossário no dia seguinte. Pior foi que numa delas havia se abrigado um enxame de abelhas africanas.

Crivado de ferroadas, para não perder a viagem, levou um carrinho com uma saca de cimento e várias placas amarelas de “aqui jaz”. Pensava que eram de ouro. Nem tocou nas ferramentas! Imagina!?… Trabalhar? Nem pensar!…

Só que o ladrão não contava com um detalhe: o guarda o seguira. Foi apanhado com os comparsas verificando se o metal das placas era ouro. Colocavam um líquido que só fazia espuma. Eram de bronze as placas. Pense nuns ladrões desastrados!…

 


465 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-