Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

REGIME DE CHUVAS ESTÁ RELACIONADO AO EFEITO ESTUFA, CAUSADO MAIS PELAS FÁBRICAS DOS QUE ACUSAM O BRASIL DE NÃO CUIDAR
PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

E O FATO FOI QUE A PARTIR DESSE FORO QUE TEVE INÍCIO A ASCENSÃO DE VÁRIOS GOVERNOS SOCIALISTAS SUL AMERICANOS. Numa
CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

AS LÁ DE CIMA FORAM BASEADAS NO TRABALHO E AS DAQUI DE BAIXO NA FÉ PREGADA POR CATÓLICOS. Ao analisarmos as
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

O PARLAMENTAR ENTENDE QUE A POPULAÇÃO DE TODO O ESTADO NÃO PODE CONTINUAR PAGANDO POR UMA OBRA INÚTIL E QUE
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

ESTÁ EM ANDAMENTO A CPI DA PONTE HERCÍLIO LUZ, QUE  INVESTIGA SUSPEITA DE MAU USO DO DINHEIRO PÚBLICO EM CONTRATOS
NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

QUE TAL COMEÇAR A SE PENSAR EM MUDAR A CAPITAL PARA O CENTRO DO ESTADO? Nem foi concluída a reforma da
PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

COMEÇAM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS E VOTAÇÕES SÃO PREVISTAS PARA 5 DE SETEMBRO E 10 DE OUTUBRO. Já é certa a edição na Casa
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SÃO MODERNOS RECURSOS PARA VOCÊ MANTER SUA PELE SEMPRE JOVEM,  SAUDÁVEL, BEM ACESSÍVEIS E SUSTENTÁVEIS. Os produtos Forever são concebidos a

GASTOS ANUAIS COM DEPUTADOS – Entidade estadual emite pesado manisfesto


Assembleia legislativa de santa caarina
Esta postagem foi publicada em 27 de julho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

CONSELHO PUBLICA ESTUDO E FACISC DESCOBRE QUE ALESC É A TERCEIRA EM GASTOS COM DEPUTADOS

Veja o manifesto da FACISC, assinado pelo seu presidente, Jonny Zulauf, baseado no estudo do CRC revelando os gastos anuais da nossa Assembleia Legislativa com os deputados:

“De acordo com estudo publicado pelo CRC-SC (Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina), no último dia 19/07/2018, a ALESC (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina), ocupa a terceira posição no que se refere aos gastos anuais com deputados, somando R$ 15,9 milhões por parlamentar. Um ranking vergonhoso para Santa Catarina!

No compilado geral, em 2017 as Assembleias Legislativas Estaduais tiveram uma despesa total de R$ 11,2 bilhões, com 1.059 deputados nas 27 unidades da federação. O gasto médio por deputado estadual foi de R$ 10,6 milhões. Um número que não é muito diferente no Congresso Nacional, onde os gastos totais devem ser da ordem de R$ 12 bilhões em 2018.

Altos salários, um número de assessores absurdamente alto, verbas assessórias da mesma forma absurdas, auxílio moradia, despesas médicas liberadas, carros oficiais, cotão, aposentadorias indevidas….e tantos outros itens que compõe um custo insustentável para sociedade catarinense e para todos os brasileiros.  Uma conta a ser paga por todos nós e pelas próximas gerações.

Nesse contexto a segurança, saúde, educação e infraestrutura, áreas que deveriam ser o foco da gestão pública, ficam prejudicadas para viabilizar uma economia saudável, sólida e propícia AOS EMPREENDEDORES, que efetivamente, são os responsáveis pela geração dos recursos que sustentam essa enorme máquina pública, ineficiente, corrupta e incompetente.
Então, é fácil imaginar o quanto poderia ser investido nessas áreas, somente com uma redução drástica e imediata do orçamento da ALESC!

NÃO PODEMOS E NÃO DEVEMOS NOS CALAR!

Devemos reagir, exigindo uma ampla reforma estrutural na gestão pública, onde a principal missão no momento é o voto responsável e a renovação nas eleições de 2018.

Não podemos esperar resultados diferentes se continuarmos agindo da mesma forma, se tivermos os mesmos representantes, se não tivermos coragem de mudar, atitude para cobrar, e firmeza nas nossas convicções de que um país melhor só será construído por cada um de nós!”

Jonny Zulauf
Presidente da FACISC

FOTO: Arquivo/Agência AL

 


94 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-