Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
MINISTRO DISSE TUDO: POBREZA É MAIS UM ADICIONAL AOS PROBLEMAS DO MEIO AMBIENTE – Pobres tem que morar, produzir e sobreviver em lugares que são da natureza.

MINISTRO DISSE TUDO: POBREZA É MAIS UM ADICIONAL AOS PROBLEMAS DO MEIO AMBIENTE – Pobres tem que morar, produzir e sobreviver em lugares que são da natureza.

SOBRAM OS PIORES LUGARES PARA OS POBRES; MORADIAS E PAVIMENTAÇÕES ESTÃO EM LUGARES DAS ÁGUAS; CONSTRUÇÕES IRREGULARES ESTÃO EM RESERVAS
MISTURA DE RELIGIÃO COM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NUNCA DEU CERTO – Mas também dizemos não à intolerância que ofende o sentimento de fé das pessoas.

MISTURA DE RELIGIÃO COM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NUNCA DEU CERTO – Mas também dizemos não à intolerância que ofende o sentimento de fé das pessoas.

NOSSA ANÁLISE AQUI É APENAS EM RELAÇÃO AO USO ELEITOREIRO DA RELIGIÃO VISANDO APENAS A PERPETUAÇÃO NO PODER. O que estamos
EDITORIAL: O INTELECTUAL DO ÓCIO E DA INUTILIDADE – Aquele do discurso que só enche a barrida do interesse pessoal e do ego.

EDITORIAL: O INTELECTUAL DO ÓCIO E DA INUTILIDADE – Aquele do discurso que só enche a barrida do interesse pessoal e do ego.

O MUNDO ESTÁ CHEIO DAQUELAS FIGURINHAS CARIMBADAS QUE VIVEM COM UM LIVRO DEBAIXO DO BRAÇO, SÓ PARA IMPRESSIONAR. E O
O DESAFIO NO PODER PÚBLICO É O LÍDER CONSEGUIR O COMPROMETIMENTO DE UMA EQUIPE – Integrantes dela precisam vestir a camisa do projeto no poder.

O DESAFIO NO PODER PÚBLICO É O LÍDER CONSEGUIR O COMPROMETIMENTO DE UMA EQUIPE – Integrantes dela precisam vestir a camisa do projeto no poder.

O IDEAL É QUE CADA UM SEJA IGUAL AO TORCEDOR DE FUTEBOL, QUE É APAIXONADO PELO SEU TIME DO CORAÇÃO.
VEJA AQUI SOLUÇÕES QUE A NOVA REALIDADE EXIGE – O caminho mais curto para o sucesso administrativo com mais otimização no uso do dinheiro.

VEJA AQUI SOLUÇÕES QUE A NOVA REALIDADE EXIGE – O caminho mais curto para o sucesso administrativo com mais otimização no uso do dinheiro.

UM ACHADO PARA GESTORES PÚBLICOS ALEVIANAR A MÁQUINA E AS FOLHAS DE PESSOAL, ATIVOS E INATIVOS. É um modelo de empresa
FLAMENGO FORMA UM MEGA TIME E CRUZEIRO ACERTA REDUÇÃO DE SALÁRIOS – Super Raposas Velhas estão sendo recolocadas.

FLAMENGO FORMA UM MEGA TIME E CRUZEIRO ACERTA REDUÇÃO DE SALÁRIOS – Super Raposas Velhas estão sendo recolocadas.

ENQUANTO CRUZEIROS SE PREPARA PARA A SÉRIA "B", FLAMENGO APRESENTA REFORÇO MICHAEL E ENCAMINHA RENOVAÇÃO DE GABIGOL O Flamengo já encaminhou
O MUNDO É BONITO! – Pena que ficamos por aqui no máximo uns 100 anos…

O MUNDO É BONITO! – Pena que ficamos por aqui no máximo uns 100 anos…

UM DOS SANTUÁRIOS ECOLÓGICOS DE SANTA CATARINA: MORRO DOIS DEDOS, EM TREVISO/SUL DE SC. Um pé com dois dedos, canto superior,
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL A TODO VAPOR EM 2020 – Domingo comemorações e segunda oportunidades.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL A TODO VAPOR EM 2020 – Domingo comemorações e segunda oportunidades.

ALMOÇO DOS ATIVOS NO DOMINGO E APRESENTAÇÃO DE OPORTUNIDADES E RECONHECIMENTOS NA SEGUNDA: AGENDA CHEIA. Neste domingo, 12, o Sistema Forever

DÍVIDA PÚBLICA E CANDIDATURA INDEPENDENTE – Os dois itens prioritários da agenda nacional


casa
Esta postagem foi publicada em 30 de julho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

LOGO SERÁ IMPOSSÍVEL ADMINISTRAR O BRASIL COM UMA DÍVIDA QUE CRESCE ANUALMENTE, E COM UM CONGRESSO COM 35 PARTIDOS E UMA CRISE POLÍTICA, ECONÔMICA E MORAL.

VAMOS A ALGUNS DADOS PREOCUPANTES:

A Dívida Pública do Brasil já passou dos R$ 3,7 trilhões;

O gasto da União com a folha e a Previdência já é em torno dos 78% da arrecadação;

Restam 22% que daqui um poco não chegam para manter a máquina pública.

 

DETALHANDO A DÍVIDA DA PREVIDÊNCIA (DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS)

O déficit da Previdência da União está em torno de R$ 86 bilhões;

O da Previdência de Estados e Municípios também está em torno de R$ 86 bilhões;

E o da Previdência geral está em R$ 74 bilhões.

Diante desse quadro, daqui um pouco não sobrará nada para investir em infraestrutura e projetos que alavanquem o setor produtivo e que reduzam o custo Brasil.

Logo, é urgente, para questão de meses, uma solução desses problemas.

COMO SOLUCIONAR ISSO?

Cabeças privilegiadas dizem que uma das formas é renovar ao máximo o Congresso. Esse modelo de partidos que aí setá dificulta a participação direta da Sociedade. É preciso um modelo misto.

Como tudo vai depender de um aval de lá para que possa equacionar a questão da dívida sem quebra de contratos nem comprometimento da credibilidade das instituições, há necessidade de renovação quase total.

Principalmente para equacionar questão da Previdência, é preciso mudar muita coisa e isso como está hoje demanda muito tempo. A negociação precisa começar fora do Congresso, com os atores envolvidos, especialmente com os do setor que manda no País: o setor público.

UMA SAÍDA:

Na Constituição e num tratado internacional está contemplada a possibilidade de se registrar a candidatura independente, avulsa.

É que com 35 partidos comandando as eleições, agora com o financiamento público que pões o dinheiro só nas mão dos partidos, tudo indica que não irá acontecer muita renovação. Então como mudar o status quo?

A candidatura independente seria a presença da Sociedade na eleição.

Esse modelo criaria condições de tornar o Congresso mais sério e de difícil transformação em um balcão de negócios.

Seria praticamente um sistema parlamentarista.

O desafio será operacionalizar o Congresso. Que tipo de Regimento? Como dar praticidade à mecânica da tramitação de matérias? E como disciplinar as votações no Plenário?


134 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-