REFORMA SERÁ VOTADA DIA 13 – Hoje Governo perderia por 8 votos

REFORMA SERÁ VOTADA DIA 13 – Hoje Governo perderia por 8 votos

A princípio a Reforma da Previdência Social seria votada no dia 06, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, só levará a matéria à votação quando tiver garantidos os 308 votos necessários (3/5) para aprovação de uma PEC.

Levantamento da mídia impressa revela que hoje o Palácio teria só 300 votos a favor. É a pressão do eleitor, tendo em vista as eleições do ano que vem. Deputados costumam votar como jogador de futebol, pensando na platéia em períodos eleitorais.

Após já ter cedido em 40% do projeto original, o Governo voltou à carga e convocou mais uma reunião com a base de apoio, neste domingo, para conseguir tentar mais votos, especialmente dentro do PSDB, um aliado rebelde, que tem a segunda maior bancada na Câmara.

Veja a repercussão na mídia: