PRESIDENTE RECEBE ALTA – Saiba porque foi descartada cirurgia e feito apenas tratamento clínico conservador (foto Ag Brasil/Annie Zanetti)

PRESIDENTE RECEBE ALTA – Saiba porque foi descartada cirurgia e feito apenas tratamento clínico conservador (foto Ag Brasil/Annie Zanetti)

FOTOS: AGÊNCIA BRASIL.abc.com.br – Annie Zanetti/TV Brasil

 

HOJE (DOMINGO,18)

 

PRESIDENTE BOLSONARO RECEBE ALTA NESTA MANHÃ, EM SÃO PAULO

 

Ele estava internado desde a última quarta-feira (14), no Hospital Villa Nova Star, após obstrução intestinal e sentir dores abdominais. Na madrugada daquele dia, havia sido internado para exames no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasilia, de onde foi transferido às 17:30 para São Paulo.

O boletim médico divulgado pelo hospital, diz que Bolsonaro continuará recebendo acompanhamento ambulatorial após a alta hospitalar.

VEJA: “O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, teve alta hoje do Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or. Ele estava internado desde a quarta-feira, 14 de julho, para tratar um quadro de suboclusão intestinal. Ele seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente.”

 

PELA TENDÊNCIA, ALTA ERA PREVISÍVEL

 

Dr Antonio Macedo: “Uma nova cirurgia abriria espaço para novas obstruções”. O médico do presidente diz que o evento atual tem relação com as cirurgias realizadas desde o atentado”.

Na madrugada já dizíamos que ainda não tinha previsão de alta, mas, pela tendência, o seu médico disse que poderia sair do hospital já neste domingo (18). Receberia orientação para que assim que voltar à vida cotidiana evite comer rápido em situação de estresse; e fazer caminhadas diárias.

Essa foi a recomendação do médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, que trata o presidente desde 2018, quando ele foi atacado a faca, em Juiz de Fora/MG.

Numa entrevista neste sábado (17), Macedo disse que já vinha sabendo das queixas de soluço de Bolsonaro.

Macedo é um dos principais cirurgiões de aparelho digestivo e de cirurgia robótica do Brasil. Ele já se preparava para um procedimento cirúrgico, quando da internação, mas informa que o “tratamento conservador” foi o mais indicado. Entendeu que uma nova operação abriria espaço para novas obstruções. O evento atual tem relação com as cirurgias realizadas desde o tentado.

Está descartado que o problema atual tenha relação com eventuais esforços físicos ou com as “motociatas”, mas citou possíveis impactos do estresse.
CIRURGIÃO DEU UM RECADO QUE SERVE PARA TODOS

Macedo disse: “O que acontece é que, às vezes, quando a pessoa está estressada, ela come um pouco mais rápido e não mastiga o suficiente. A gente orienta o paciente a mastigar 15 vezes cada garfada.”

 

~~~~~~~~~~~

 

COBERTURA DE ONTEM, SÁBADO, 17

 

Como logo receberá alimentação cremosa, já há previsão de alta (foto Ag Brasil)

 

COM EVOLUÇÃO NO QUADRO DE SAÚDE, PRESIDENTE PODE ATÉ GANHAR ALTA NESTE DOMINGO (18)

 

BOLETIM

Pelo último boletim médico, às 20h desta sexta (16), o presidente Bolsonaro logo começa a se alimentar com dieta cremosa. A equipe médica disse que ele aceitou bem o início da alimentação e que segue em cuidados clínicos.

Segundo o cirurgião gástrico Antônio Macedo, coordenador da equipe médica que trata o presidente, uma tomografia desta sexta revelou melhora acentuada em seu estado de saúde.

Informa ainda que Bolsonaro deve permanecer com dieta líquida pelo menos até este sábado (17). E disse ainda que se continuar se recuperando bem, aí passará à dieta cremosa.

A boa notícia ao paciente foi que se continuar assim, ele poderá até ter alta amanhã, no domingo (18), conforme o quadro clínico.

 

guedes-bolsonaro-foto-Marcelo-Camargo-Ag-Brasil-300x200

Foto Marcelo Camargo, Ag Brasil/abc.com

Esse quadro é tão animador que na noite desta sexta o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez-lhe uma visitar, pessoalmente, que durou quase uma hora.

SEXTA-FEIRA (16)

Quadro de saúde do presidente Bolsonaro evolui bem, diz boletim médico

 

NÃO HÁ DATA PARA ALTA NEM CONFIRMAÇÃO DE CIRURGIA

 

Pelo último boletim médico, presidente Bolsonaro passa bem, mas segue sem previsão de alta.

Nesta manhã de sexta-feira (16), ele postou uma foto nas redes sociais percorrendo corredores do hospital em São Paulo.

Os médicos dizem que a saúde do presidente está reagindo e “evoluindo satisfatoriamente, com a conduta médica inalterada”.

Boletim

“O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, passa bem e permanece evoluindo satisfatoriamente, com a conduta médica inalterada. O Presidente segue sem previsão de alta hospitalar”.

 

COBERTURA DESTA MADRUGADA: 

SAÚDE DO PRESIDENTE SEGUE EVOLUINDO SATISFATORIAMENTE, MAS, INTERNADO SEM PREVISÃO DE ALTA

 Seu quadro de saúde evolui bem, dizem boletins, mas não há expectativa de alta; cancelada agenda (até live e ‘motociata’

Pelo último boletim médico de ontem (15), “o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, segue internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, evoluindo de forma satisfatória, clínico e laboratorialmente”.

Os médicos permanecem com o planejamento terapêutico previamente estabelecido e o boletim diz que o presidente segue sem previsão de alta hospitalar.

 

QUINTA-FEIRA, DIA 15

Já no fim da manhã, Flávio e Eduardo Bolsonaro disseram nas redes sociais que seu pai acordou mais disposto, nesta quinta (15), no Hospital, em São Paulo.

Diante do quadro animador, apenas com o tratamento clínico conservador, eles acreditam que não haja mais necessidade de cirurgia.

Foram feitos todos os exames e comprovada a obstrução intestinal, mas, diante da evolução positiva do quadro de saúde, talvez não precise mais de cirurgia. Exames continuam, diariamente. Familiares agradeceram a todos pelas orações.

Então, pelo menos por enquanto, está afastado o risco à saúde do presidente, que seguirá em observação e em tratamento clínico conservador.

 

Boletim médico (da manhã):

“O senhor presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, segue internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, evoluindo de forma satisfatória, clínico e laboratorialmente. Permanece o planejamento terapêutico previamente estabelecido. O presidente segue sem previsão de alta hospitalar”. Fonte: R 7.com.

Além da agenda presidencial, também foram canceladas, a Live e a ‘Motociata’ desta semana.

 

COBERTURA DA QUARTA-FEIRA, DIA 14

PRESIDENTE JAIR BOLSONRO É INTERNADO APÓS SENTIR DORES ABDOMINAIS

Transferido do HFA de Brasília, onde estava internado desde às 4h da manhã, para SP, fez exames e médicos avaliam nova cirurgia; inicialmente está em tratamento clínico conservador.

 

À NOITE

PRESIDENTE JÁ FAZ EXAMES E TRATAMENTO CLÍNICO EM SP E COM PERSPECTIVA DE INTERVENÇÃO CIRÚRGICA

 

Após internamento e exames no Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasilia desde às 4h da manhã de hoje, por orientação de seu médico, por volta das 17h o presidente foi transferido para São Paulo, onde faz exames avançados e tratamento clínico.

O presidente chegou ao Aeroporto de Congonhas às 19h, de onde foi direto ao hospital Vila Nova Star, que fica a uns 15 minutos dali. Após avaliação médica, passou por exames e segue em tratamento clínico, mas os médicos não descartam nova cirurgia.

Ao decidir pela transferência para São Paulo, os médicos falaram que dependendo do quadro a cirurgia poderia ser já na madrugada de hoje para amanhã. No boletim médico desta noite foi confirmado que inicialmente ele permanece internado em tratamento clínico, mas não foi descartada a cirurgia.

 

SAIBA MAIS

Segundo a Agência Brasil, “o presidente Jair Bolsonaro, que foi internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, desde a madrugada desta quarta-feira (14), foi transferido para São Paulo, onde está fazendo exames complementares para verificar se há necessidade de uma cirurgia de emergência. A decisão da transferência foi do médico Antonio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente.

Em nota oficial, a Secretaria de Comunicação Social do Ministério das Comunicações informou que Bolsonaro foi diagnosticado com um quadro de obstrução intestinal. Nos últimos dias, o presidente vinha apresentando soluços persistentes, além de mal-estar, que o levaram a ser internado durante a madrugada no HFA”.

A NOTA

“Após exames realizados no HFA, em Brasília, o dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência”, diz a nota.

FALA DO MINISTRO

Hoje, no Palácio do Planalto, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, falou sobre o estado de saúde de Bolsonaro: “O presidente está bem, foi sedado pela manhã para descansar. Acordou, conversou com o médico, e o médico vai levar ele para São Paulo. Ainda não tenho o nome do hospital, mas creio que seja o mesmo hospital onde ocorreram as outras cirurgias do presidente com o Dr. Macedo”, disse.

Desde o atentado na campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro já passou por um total de quatro cirurgias na região do abdômen para correção das lesões sofridas no intestino. Há alguns meses, ele afirmou a apoiadores que faria ainda uma nova operação, dessa vez para remover uma hérnia.

Fonte: Agência Brasil