ESTADOS E MUNICÍPIOS GANHAM FÔLEGO – Governo Federal libera créditos suplementares para obras inacabadas.

ESTADOS E MUNICÍPIOS GANHAM FÔLEGO – Governo Federal libera créditos suplementares para obras inacabadas.

AS INÚMERAS OBRAS INACABADAS AGORA GANHARÃO UM REFORÇO DE CAIXA PARA FECHAR O ANO UM POUCO MELHOR. TAMBÉM É DINHEIRO NA PRAÇA PARA AQUECER A ECONOMIA.

Imagina que alguns governadores e prefeitos já esquentavam a cabeça para pagar o 13º salário e fechar o caia. Pior ainda para sua imagem se encerrassem o ano com mais um desbaste devido às paradas. O aceno do Governo Federal veio na hora certa.

A boa noticia dos últimos foi dada pelo Ministério das Cidades que publicou no Diário Oficial da União (DOU), a Instrução Normativa Nº 26 que libera crédito suplementar para ajudar Estados, municípios e o Distrito Federal a concluírem obras inacabadas. A determinação permite que os entes federados solicitem recursos junto ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para finalizar empreendimentos contratados com recursos do Orçamento Geral da União (OGU), pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), contratados até 30 de junho de 2017.

O financiamento pode ser solicitado para obras inseridas no âmbito dos programas Pró-Moradia, Saneamento para Todos e Pró-Transporte.

A norma altera a Resolução CCFGTS Nº 887, de 15 de maio de 2018, que previa operações de crédito somente para obras de financiamento com recursos do FGTS. As operações de crédito suplementar estão previstas no orçamento anual do Fundo.