BUTANTAN ENTREGA (hoje, 31) MAIS 3,4 MILHÕES DE DOSES CORONAVAC AO GOVERNO FEDERAL/MS – Ao todo, já foram entregues 36,2 milhões de doses nas mãos do PNI para meta de 1 milhão de aplicações/dia

BUTANTAN ENTREGA (hoje, 31) MAIS 3,4 MILHÕES DE DOSES CORONAVAC AO GOVERNO FEDERAL/MS – Ao todo, já foram entregues 36,2 milhões de doses nas mãos do PNI para meta de 1 milhão de aplicações/dia

Fonte e fotos: Agência Brasil, SP

 

Butantan entrega mais 3,4 milhões de doses de vacina contra covid-19

Elas serão utilizadas pelo Programa Nacional de Imunizações

Segundo publicação da Agência Brasil, às 11h39 min de hoje, 31, “o Instituto Butantan entregou hoje (31) mais 3,4 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus. Elas serão utilizadas no Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde. Com a nova entrega, o instituto contabiliza a disponibilização de 36,2 milhões de doses de CoronaVac, a vacina desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

A previsão é que até o fim de abril sejam entregues 46 milhões de doses da vacina, conforme contrato firmado entre o Butantan e o Ministério da Saúde.

Até o fim de agosto, o instituto pretende produzir e entregar mais 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões de doses de vacina a serem distribuídas em todo o país”.

Edição: Kleber Sampaio

POSTAGEM ANTERIOR ( 27/03)

BUTANTAN ENTREGA 5 MILHÕES DE DOSES CORONAVAC AO GOVERNO FEDERAL/MS – Ao todo, já foram entregues 32,8 milhões de doses nas mãos do PNI para meta de 1 milhão de aplicações/dia

O Instituto Butantan fez a entrega de mais 5 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta segunda.

Essa foi a maior remessa já entregue de doses envasadas no Brasil, através do Butantan, que é responsável pela etapa final de produção. Segundo o instituto, já foram entregues 32,8 milhões de doses desde o início de janeiro, porém, essa deve ser a soma de doses entre os dois institutos.

 

download (2)

 

O governador de São Paulo, João Doria, (PSDB) acompanha a liberação de mais um lote com 5 milhões de doses da vacina CoronaVac, do Instituto Butantan, contra a Covid-19. Com isso, o PNI (Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde se prepara para acelerar a vacinação.

Em janeiro entregou um lote com 6 milhões, mas de vacina já prontas, importadas da China.

Doses já entregues: 32,8 milhões. Entre os dois institutos.

Em abril, só o Butantan deve entregar 27 milhões de doses.

 

Nesta segunda, os caminhões com o carregamento da vacina saíam da sede do Instituto por volta das 8h. Presentes, o governador João Doria (PSDB) e o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Nessa oportunidade, o secretário da Saúde disse que o Instituto receberá um novo lote de insumo entre os dias 6 e 8 de abril.

 

ButanVac

O Governador João Doria comentou sobre a ButanVac, novo imunizante criado pleo Butantan, que teve o desenvolvimento anunciado na última sexta (26). O Governo de São Paulo informou ainda que o imunizante será feito com insumo e tecnologia 100% brasileira.

 

 

COBERTURA ANTERIOR

(10/02/21)

CHEGA NOVO LOTE DE IFA DA BIOFARMACÊUTICA SINOVAC DIRETO DA CHINA – Esta foi a 5ª remessa entre doses prontas e insumo para fabricação de vacina aqui mesmo

 

O BUTANTAN PODERÁ DAR SEQUÊNCIA A SUA PRODUÇÃO. NOVOS CARREGAMENTOS JÁ ESTÃO AUTORIZADOS NA CHINA

Fotos: Agência Brasil/DW.com

 

Com isso, o instituto poderá prosseguir com a produção dos 46 milhões de doses adquiridas pelo MS/Governo Federal sem risco de interrupção já a partir de fevereiro.

Mais 54 milhões já estão contratados e, junto com o que o Governo Federal adquiriu da Oxford/AstraZeneca, garantem que não faltarão doses para vacinar a linha de frente da saúde e os grupos de risco, em tono de 70 milhões de pessoas.

 

Garantidas mais 8,7 milhão de doses

                    Esse lote de 5,6 mil litros de IFA embarcou na terça, 09, no aeroporto de Pequim/China e chegou ao aeroporto de Guarulhos/SP quarta, dia 10, antes das 8h da manhã. O material envido pela biofarmacêutica Sinovac permitirá ao Instituto Butantan fabricar mais 8,7 milhões de doses da vacina CoronaVac imediatamente.

 

COBERTURA ANTERIOR

INSUMOS PARA FABRICAÇÃO DE VACINAS AQUI CHEGAM AO BRASIL – Em 20 dias novas doses estarão à disposição.

CHEGOU ÀS 23:46 DE HOJE, 3, UM CARREGAMENTO DE INSUMOS PARA O BUTANTAN PRODUZIR MAIS VACINAS CORONAVAC

Foto: Agência Brasil

 

O Instituto Butantan anunciou já na terça, 2, que o laboratório despachou na China o carregamento de 8 mil e 400 litros de insumos para a produção de novas vacinas CoronaVac.

O volume será suficiente para a produção de mais 8,6 milhões de doses, que servirá para início da 2ª dose dos mais de 2,7 milhões de pessoas que já receberam a 1ª.

Próximo carregamento será ainda em fevereiro, até dia 10, pois já está autorizado e garantirá o início da produção das 54 milhões de doses que já estão contratadas pelo Ministério da Saúde/Governo Federal. A nova carga será de 8,5 mil litros para mais 8,7 milhões de doses.

 

POSTAGEM ANTERIOR

Publicado em 22 de janeiro

Foto: Agência Brasil

 

CHEGAM AO BRASIL AS VACINAS OXFORD/ASTRAZENECA DA ÍNDIA – Expectativa, agora, é com embarque de insumos na China para o Butantan

BRASIL PRECISA DE 31 MILHÕES DE DOSES PARA 1ª ETAPA E JÁ CHEGOU A 12 MILHÕES

 

VOO MUITO ESPERADO!

 

                                        Como anunciaram agências internacionais de notícias, autoridades e o Governo Brasileiro, a Índia enviou 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca/Fiocrus para o Brasil. Outra notícia animadora é a de que não há restrições do governo chinês à exportação de insumos e nem sobra a vacina CoronaVac. Seriam mais de 5 milhões de litros para manipulação própria no Butantan. Sempre é bom lembrar que somos dependentes da China e da Índia em vacinas e insumos

 

ERAM SÓ DIFICULDADES BUROCRÁTICAS

Informações da embaixada chinesa no Brasil são positivas quanto à vinda dos insumos para a vacina CoronaVac e demais imunizantes a serem fabricadas aqui. O que houve, inicialmente, foram questões burocráticas. Garante que não haverá impedimento pelo governo chinês ao fornecimento de insumos e vacinas ao Brasil. Tampouco dificuldades diplomáticas ou políticas.

CononaVac

Depois de um enorme envolvimento de contatos, Governo Federal, Ministério da Saúde, diplomacia e lideranças no Brasil e do Escritório de São Paulo na China, o primeiro embarque de insumos para o Butantan produzir aqui mais vacinas já está para ser liberado. Isso significa alívio pela a não paralisação do programa brasileiro de vacinação já iniciado.

AstraZeneca

Anúncio de uma agência de notícia internacional e do próprio governo indiano se confirmaram e 2 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, fabricadas na Índia, chegam nesta sexta ao Brasil.

Expectativa era com a chegada do voo da Emirates – Linhas Aéreas a São Paulo, o que se confirmou, às 17h desta sexta, 22. A Emirates chegou ao Aeroporto de Guarulhos/SP e de lá o carregamento seguiu para o Rio de Janeiro, onde chegou logo após às 22h.

Em sua fábrica, a Fiocruz irá trabalhar por mais de 15h ininterruptas, conferindo a qualidade, autenticidade e números, e fazendo rotulagem e etiquetagem.

Às 16h deste sábado haverá coletiva à imprensa para detalhar a distribuição das vacinas AstraZeneca para as 27 unidades da federação.

Manaus vai receber 5% do total: 100 mil doses. Foi uma decisão do Ministério da Saúde que teve o poio de quase a totalidade dos governadores.

IMAGEM_NOTICIA_3

O Ministério da Saúde diz ter esquematizada a operação de logística, de avião e por terra, para a distribuição das doses ao país todo.