AMURES PRESTIGIA AS COMEMORAÇÕES DOS 53 ANOS DE PONTE ALTA

AMURES PRESTIGIA AS COMEMORAÇÕES DOS 53 ANOS DE PONTE ALTA

Cavalgada, partidas de futebol nas categorias masculino e feminino, apresentações do Clube do Idoso, reunião da Amures com participação maciça dos prefeitos e dentre outros atrativos, noite cultural com apresentação das Meninas de Rio Negro no Centro de Eventos e Show com o Grupo Fogo de Chão na Praça central, aberto a toda comunidade.

Serão algumas das atrações nas comemorações de 53 anos de emancipação política e administrativa de Ponte Alta, nesta quarta-feira (20). O prefeito Luiz Paulo Farias estima que ao menos 100 pessoas devem participar da cavalgada que sairá do sítio do Jucão até o Hotel Fazenda Gralha Azul, onde acontece a reunião da Amures a partir das 14 horas.

“Vários prefeitos se dispuseram participar da cavalgada e será um orgulho mostrar as belas paisagens que tem nosso município que entra agora para a rota do turismo da Serra Catarinense”, descreve o prefeito.  Na reunião da Amures, será feita a devolutiva do levantamento das potencialidades turísticas realizada em Ponte Alta, nos últimos dois meses.

O trabalho teve à frente a assessora de turismo da Amures, Ana Vieira e o jornalista Onéris Lopes que percorreram toda extensão do município fotografando, filmando, georreferenciando e inventariando cada ponto público e privado possível de ser explorado com a atividade turística.

Sob o aval da secretária executiva da Amures Iraci de Souza, o trabalho de campo contemplou até captura de imagens em 4K com drone e vídeos em 360º que passam a ser disponibilizadas para o município. Uma das propostas a ser apresentada será de criação de roteiros turísticos, uma vez que Ponte Alta possui hotel fazenda de altíssimo nível, equiparado até mesmo ao tradicional Hotel Fazenda Boqueirão, em Lages.

No aniversário de Ponte Alta, a segurança pública também será tema a ser debatido pelos prefeitos da Amures que assinarão um ofício a ser enviado ao governador mostrando a insegurança nos municípios e reivindicando mais efetivo na Serra Catarinense. Será apresentado ainda, pela assessora jurídica da Amures Zenalda Vamin, a responsabilidade dos prefeitos com o Marco Regulatório das Organizações da
Sociedade Civil.
Oneris Lopes
Jornalista (DRT – 4347/SC) – AMURES
Associação dos Municípios da Região Serrana