Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

CONHEÇA UM FENÔMENO INTERNACIONAL EM FOLCLORE E ARTES POPULARES – Um espetáculo em coreografia, visual, ritmo, técnica e vigor físico.

PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL, O GRUPO ESTÁ EM CRICIÚMA SE APRESENTANDO NA 31ª FESTA DAS ETNIAS. Veja agora um breve
ABERTA 31ª FESTA  DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ABERTA 31ª FESTA DAS ETNIAS DE CRICIÚMA/SC – Nesse evento há uma união das culturas e costumes de diferentes povos.

ENTRE 10 E 15 DESTE MÊS, 7 DOS POVOS COLONIZADORES PROMOVEM A CONFRATERNIZAÇÃO DAS FAMÍLIAS CRICIUMENSES E A COMUNIDADE NO
NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

NOVO CONGRESSO PROTAGONISTA OPTOU POR AJUDAR NA REVOLUÇÃO SEM TIROS – As melhores revoluções da História foram as feitas por ideias e entendimentos.

O CONGRESSO VIU QUE ERA MELHOR SER PROTAGONISTA QUE ANTAGONISTA E VIROU PARCEIRO DAS REFORMAS. EDITORIAL Exceto alguns mercadores de ilusões, o
SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

SE ALGUÉM SÓ RECEBE APLAUSOS É PORQUE JOGA SÓ PARA A PLATEIA – Toda vez que ralham com a gente capitalizamos uma quota a mais de fama.

"QUEM PRECISA CONSERTAR CORRETAMENTE AS COISAS MEXE COM PRIVILÉGIOS, PERSPECTIVAS DE PODER, INTERESSES E VAIDADES". Este Post não é informe publicitário,
CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

CURIOSIDADES POLÍTICAS DO SUL – Prefeitos lendários ou folclóricos e estratégias infalíveis de cabos eleitorais.

  ANTOLÓGICOS PREFEITOS DE LAGES/SC VIRARAM REFERÊNCIAS EM HABILIDADE POLÍTICA E EM ORIGINALIDADE PARA ADMINISTRAR. O PODER DA DENTADURA E DO CAIXÃO...
ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

ANÁLISE DOS PRESIDENTES DOS ÚLTIMOS 50 ANOS E SEUS PLANOS – Governos da prosperidade e Governos das décadas perdidas e altos e baixos/desde Vargas.

De Vargas aos dias atuais, uns grupos promoveram saltos no Brasil e outros desperdiçaram os avanços e saíram do Poder
PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

PERSONALIDADES E CELEBRIDADES QUE MERECERIAM VIVER MAIS DE UM SÉCULO -Há pessoas tão iluminadas que só nascem de 100 em 100 anos.

ALGUMAS DELAS: SINATRA, SENNA, EVITA, PAULO-II, KENNEDY, CHICO ANYSIO E MAIS RECENTEMENTE RICARDO BOECHAT. ESTES SÃO ALGUNS DOS IRRETOCÁVEIS. Estão entre
ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

ESTE POST NÃO TEM A PRETENSÃO DE DOUTRINAR, É APENAS NOSSA ANÁLISE DIANTE DA NATUREZA – Veja algumas evidências de que algo supremo existe.

FENÔMENOS, EVENTOS E TAMBÉM RESPOSTAS SEVERAS A QUEM OUSA DESAFIÁ-LO OU DESPREZÁ-LO. REFLEXÕES DO SITE Há fenômenos e eventos que regem sua

EMENDA PARLAMENTAR, A JABUTICABA DO TOMA LÁ, DÁ CÁ – Ela foi invetada no Governo FHC para aprovar a reeleição.


CONGRESSO
Esta postagem foi publicada em 14 de agosto de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

ATÉ POUCO TEMPO FOI MOEDA DE TROCA POR VOTOS DE PARLAMENTARES E FORMAÇÃO DE FORTES BASES DE APOIO.

Atualmente, com o recado eleitoral do povo, o Congresso abandonou um pouco essa prática e já começa a ser protagonista.

Caiu a ficha da classes política e ela viu que o País precisa de reformas urgentes e sem aceno com toma lá, dá cá, passou a assumir responsabilidades.

Foi uma questão de sobrevivência. É que, caso os políticos não sejam responsáveis podem ser culpados por tudo o que de ruim vier, se atrapalharem e não passem as reformas.

………………………………..

OUTRA JABUTICABA:

PROPINA PARA CAPTAÇÃO DE OBRAS – Outra jabuticaba porque foi inventada no Brasil (Jabuticaba é uma fruta que só dá no Brasil).

 

jabuticaba

ENTÃO, TUDO O QUE SÓ INVETAM AQUI PODE SER CHAMADO DE JABUTICABA: FRUTA QUE SÓ EXISTE AQUI.

Primeiro vamos explicar o porquê da jabuticabeira como ilustração desta matéria. É que há um ditado popular que diz: “tudo aquilo que só tem no Brasil é uma jabuticaba. Porque essa fruta só dá em nosso País”.

Já fizemos outras colocações inusitadas mais em análises e reportagens anteriores. Já afirmamos que a propina é um novo item da corrupção que poderia ser comparado a um novo produto tipo exportação do Brasil.

É que sempre fomos líderes de mercado com produtos básicos (Commodities) como café, açúcar, soja, minérios, suco, automóveis… Há pouco, algumas empreiteiras se tornaram líderes de mercado no exterior também com a propina para captar obras públicas.

Então, a corrupção não deixa de ser mais um produto nacional tipo exportação, infelizmente.

Agora vamos ao foco da matéria de hoje: o estágio em que se encontra o processo de caça aos corruptos.

A Operação Lava Jato está cumprindo com sua missão, até surpreendendo. Tem dado respostas à altura ao clamor popular. Vem recolhendo à cadeia, ou mesmo à prisão domiciliar, figuras que ninguém imaginava antes.

Até um ex-presidente está sendo punido severamente e já não poderá nem se candidatar.

O STF tem sido eficaz na aplicação da Lei e como guardião da Constituição. A presidência desse Tribunal não se verga ante a pressões de interesses político partidários. Exemplo foi o caso da tentativa de revisão da aplicação da prisão com a sentença a partir da segunda instância.

Foro Privilegiado

O STF só não conseguia dar jeito quando se tratava de gente com o malfadado Foro Privilegiado. Agora ele já foi limitado um pouco. Com o Foro Privilegiado pouquíssimos foram punidos. Só na delação da Odebrecht já passam de 500 os políticos figurões denunciado, investigados ou punidos. A rigor, até agora o número de punidos não passa de um dígito devido ao Foro.

Então o STF só não processa e condena quando e Lei não deixa. Até porque a sua primeira função é a de guardião da Constituição e da Lei.

Mesmo assim a Lava Jato nas mãos severas do juiz Sérgio Moro vem fazendo estrago na carreira de muito político que antes apostava na impunidade. É porque ele conta com a retidão dos ministros do Tribunal Regional Sul e com o respaldo do STF.

……………

ANEXOS

O QUE DEMOS ANTES.

 

Até para refrescar minha própria memória, reedito aqui duas das matérias com o tema da corrução de empreiteiras.

 

1 – Empreiteiras acabam de lançar novo produto brasileiro “tipo exportação” – a propina da corrupção para captação de obras públicas.

O Brasil sempre se orgulhou de ser líder no Mercado Internacional com algumas commodities como café, açúcar, minérios, soja, suco e carne. Mesmo que o preço desses produtos seja ditado pelo mercado, eles sempre foram a locomotiva da nossa Economia.

Agora lançamos um novo produto “tipo exportação”: a corrupção através da propina. Empreiteiras macularam a imagem de nosso País com a propina utilizada na captação de obras públicas. Comprometeram a nossa reputação de País com potencial para ser o celeiro do mundo produzindo com qualidade.

A propina é mais uma jabuticaba que nos envergonha em diversos países. O apelido é porque a jabuticaba é uma fruta silvestre que só dá e se dá melhor no Brasil. Empreiteiras como a Odebrecht estão sendo condenadas a indenizar países de onde estão sendo expulsas, devido aos prejuízos que causaram com suas práticas nada recomendáveis.

A Operação Lava-Jato escancarou o mar de lama da corrupção e da propina. Momentaneamente, interrompeu essa prática indecente visando à formação de poderosas bases de governo.

Esse modelo de conquista de votos no Congresso foi inaugurado no Governo FHC e um dos objetivos era aprovar as privatizações e a PEC da Reeleição para presidente. Inicialmente foi a farra da emenda parlamentar, que no primeiro Governo do PT virou emenda impositiva.

A prática foi logo adotada também por Lula e contaminou toda a capilaridade do Governo Federal, com ramificações nas demais esferas de Poder. As estatais foram as maiores vítimas do esquema.

Ultimamente, as “mercadorias” mais comercializadas, depois do voto dos parlamentares, foram: os financiamentos de campanhas, propina das empreiteiras na captação de obras públicas, emendas parlamentares impositivas e outros.

Portanto, foi por culpa dos Governos FHC e Lula que a corrupção e a propina contaminaram praticamente toda a vida nacional. Como no Governo Lula ascendeu ao poder uma legião de “lideranças’” sedentas por dinheiro e poder, a farra foi quase geral.

Os maus exemplos do Poder Constituído, portanto, fez com que muita gente de fora dele se encorajasse a pensar: “já que isso virou normal, então também vou arrumar o meu lado”.

Em conseqüência, Ali Babá e os 40 ladrões viraram trombadinhas, se consideramos o tamanho das barbaridades que assistimos nas revelações dos delatores circulando pela mídia como um todo.

O grande problema foi a instituição da propina para captar obras públicas, o que passo a financiar as campanhas eleitorais, de vereador a presidente da República. O canal eram os diretórios nacionais dos 35 partidos com assento no Congresso Nacional. Não dá mais para continuar com tanto partido!

 

2 – PROPINA PARA CAPTAR OBRAS PÚBLICAS POR EMPREITEIRAS – A nova jabuticaba brasileira.

Estamos batizando a propina aqui no Porral de “jabuticaba, o novo produto brasileiro no mercado internacional”. É que a propina e a corrupção passaram a manchar a lista de tradicionais produtos brasileiros no exterior

Éramos líderes de mercado com produtos tradicionais como: café, soja, suco, minérios, carros calçados, confecções e outros. Mas, a Odebrecht foi para o exterior ensinar a prática da propina para captar obras públicas. Que barbaridade!

Revelações curiosas

Marcelo Odebrecht, herdeiro do clã e presidente do conglomerado empresarial que tem 51 anos de experiência, descreveu com detalhes o pagamento que chamou de “ajuda e contribuição às campanhas eleitorais e aos políticos”. Até o caso em que os mensageiros observavam: “ele vai ao exterior com a família, seria bom sair uma parte em Real e outra em dólar”.

Marcelo é o principal chefe na lista dos corruptores de quase todas as grandes empreiteiras. Sobre o ex-presidente Lula e revelou: Não tem nada de esquerda. Ele é um bom vivant. É verdade, ele gosta de uma vida boa e de uma cachacinha.

O presidente do Conselho de Administrativo da maior empresa de Engenharia da América Latina, Emílio Odebrecht, às vezes até perdia a compostura, jogando-se no sofá em frente os promotores com a reprovação de seu advogado.


333 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-