Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
A OPOSIÇÃO É LEGITIMA E NECESSÁRIA, MAS A OPOSIÇÃO GRITA E O GOVERNO VOTA  – Tão nobre quanto ser Governo é ser Oposição numa Democracia.

A OPOSIÇÃO É LEGITIMA E NECESSÁRIA, MAS A OPOSIÇÃO GRITA E O GOVERNO VOTA – Tão nobre quanto ser Governo é ser Oposição numa Democracia.

SÓ NAS DITADURAS E NOS GOVERNOS AUTOCRÁTICOS É QUE NÃO EXISTE CONTRÁRIOS. MAS É PRECISO JUÍZO PERFEITO E EQUILÍBRIO. OPINIÃO DO SITE NOSSA
CÂMARA E GOVERNO MOSTRAM SERVIÇO E BOM SENSO: 48 A 18 NA CCJ – Dada a largada na luta pelas reformas.

CÂMARA E GOVERNO MOSTRAM SERVIÇO E BOM SENSO: 48 A 18 NA CCJ – Dada a largada na luta pelas reformas.

QUEM É NOVO (O GOVERNO) SEMPRE APRENDE. PREVALECEU O JUÍZO PERFEITO NA CÂMARA. MESMO DEBAIXO DE GRITOS LEGÍTIMOS DA OPOSIÇÃO
GOVERNADORES FENÔMENOS DE VOTOS AINDA SEM NADA DE EXTRAORDINÁRIOS – O de SC acaba de propor redução de recursos da Universidade.

GOVERNADORES FENÔMENOS DE VOTOS AINDA SEM NADA DE EXTRAORDINÁRIOS – O de SC acaba de propor redução de recursos da Universidade.

EM SC E APÓS VACILAR QUANTO AO CORTE DE SUBSÍDIO AO MODELO ECONÔMICO, AGORA GOVERNO PROPÕE REDUÇÃO NO REPASSE À
A TRADIÇÃO DO JORNAL IMPRESSO VIVE – Mas seus editores se esmeram na criatividade para se manter em pé.

A TRADIÇÃO DO JORNAL IMPRESSO VIVE – Mas seus editores se esmeram na criatividade para se manter em pé.

  COM O ESPAÇO CADA VEZ MAIS PULVERIZADO, ASSUNTOS MAIS POPULARES SALVAM O VEÍCULO FÍSICO. Para vender suas reportagens, editorias se esmeram
UTILIDADE PÚBLICA: A PÁGINA DE BOM RETIRO – Na próxima quinta, 25, será lançada em Lages a Festa Estadual do Churrasco.

UTILIDADE PÚBLICA: A PÁGINA DE BOM RETIRO – Na próxima quinta, 25, será lançada em Lages a Festa Estadual do Churrasco.

O LANÇAMENTO É DESTINADO À IMPRENSA, AUTORIDADES E A QUEM FAZ A OPINIÃO: NO LAGES GARDEN SHOPPING, ÀS 19 H. Rainha e
O EDITORIAL E OS DESAFIOS DAS REFORMAS – Elas vão mexer com interesses, com privilégios e com aqueles que usam inocentes úteis em benefício próprio.

O EDITORIAL E OS DESAFIOS DAS REFORMAS – Elas vão mexer com interesses, com privilégios e com aqueles que usam inocentes úteis em benefício próprio.

OS PRÓXIMOS MESES JÁ VÃO MOSTRAR ISSO COM A VOTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Não temos procuração e nem contrato para
OPORTUNIDADES VF, A MODA EM CALÇADOS – Veja as ofertas que estão a sua espera na VF!

OPORTUNIDADES VF, A MODA EM CALÇADOS – Veja as ofertas que estão a sua espera na VF!

Acesse o site da VF calçados http://www.lojasvf.com.br https://www.facebook.com/profile.php?id=100029878503948 FAÇA JÁ SUAS COMPRAS PARA A PÁSCOA E DIA DAS MÃES. SALDÃO EM OFERTA.     " #LojasVF
BREGA OU O LEGÍTIMO INTELIGENTE POPULAR? – Parece que intelectuais do ócio é que tem inveja de quem faz sucesso.

BREGA OU O LEGÍTIMO INTELIGENTE POPULAR? – Parece que intelectuais do ócio é que tem inveja de quem faz sucesso.

ATÉ FALAR EM DOR DE CORNO TEM SEU VALOR. MAS É AQUELA MANIA DE ROTULAR AS PESSOAS QUE CAEM NAS

TOMAM POSSE 27 GOVERNADORES E UM PRESIDENTE – Mas, posse é pedra no lago, não se esgota em si.


Jair Bolsonaro takes office as Brazil's President
Esta postagem foi publicada em 1 de janeiro de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

 

bolsonaro

A POSSE DO PRESIDENTE INAUGUROU UM NOVO CICLO POLÍTICO E ADMINISTRATIVO. MAS, AS DOS GOVERNADORES AINDA SÃO UMA INCÓGNITA.

É que agora é que virão os desdobramentos e o começo do grande desafio. E existem quilômetros de distância entre o discurso e a prática. Contudo, no caso dos governadores, em que muitos foram eleitos na esteira da onda contra o status quo, resta o consolo de que na vida nada tem muita graça, caso não haja uma pontinha de ilusão. O tempo dirá.

Para todos, agora é que vem a batalha diária: administrar problemas e déficits. E o maior desafio dos novos administradores será administrar dívidas, gerenciar conflitos e brigar com funcionários públicos (exceto uma minoria). Além disso, devem apanhar feio da oposição e do Legislativo. Ainda há vícios, resquícios de velhas práticas e costumes que só no longo prazo a Educação vai corrigir.

Senão vejamos: na pauta de emergência – da União reflexos nos Estados – estão as reformas: política, administrativa (do Estado), ajuste fiscal, trabalhista, da Previdência e dos costumes. Há muita água, portanto, para passar por debaixo dessa ponte.

…………….

OPINIÃO

Com relação ao Legislativo a missão espinhosa dos empossados será acabar com o balcão de negócios, sem comprometer a aprovação dos projetos de urgência e de viabilização das administrações e das primeiras reformas urgentes para não inviabilizar tudo já neste ano.

Da parte da oposição, podem esperar alfinetadas, chicotadas. Jamais aplausos! Afinal, é função da oposição fazer calo na língua e malabarismos para as arquibancadas.

Mas essa deve ser mesmo a função da oposição. Numa Democracia, tão nobre e legítimo como ser situação é ser oposição. Desde que seja uma oposição construtiva e consciente.

Dos funcionários públicos, salvo de uma minoria consciente e bem intencionada, os novos administradores não devem esperar flores e sim muita reclamação e até corpo mole como sabotagem de alguns, tentando boicotar o desempenho inicial e desgastar as novas administrações.

Nunca podemos esquecer de que a máquina está nas mãos dos servidores, alguns em posições estratégicas e com estabilidade e privilégios.

Sempre é bom lembrar que é no 2º e 3º escalões que está a energia do Governo. Lá as ações são gerenciadas e onde se faz a máquina andar. É por isso que servidor público se consideram dono do Governo e do dinheiro público. Há servidor e assessor que se acha acima dos mortais. A última coca cola em um deserto. Usam o argumento de que são o último refúgio do cidadão na Educação e na Saúde, por exemplo. Daí tem força política e obtém a simpatia da opinião pública.

E aí é que entra a habilidade e o  traquejo do administrador. Os novatos que o digam, daqui um pouco. Mesmo os experientes em administrar. Existe muita diferença entre a administração privada e a pública. Na pública é tudo engessado. Você depende de muita gente para agir. De pelo menos três pessoas para se mexer.

A burocracia é que mantém mita agente e aí a coisa demora a deslanchar. Imagina onde é preciso pressa, como nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul! Tomara que dê tudo certo e que o sofrimento do povo não venha a ser ainsa maior.

posse bolsonaro


123 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-