Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

A CIDADE MAIS FRIA E ECOLÓGICA DO BRASIL – Urupema/SC, a terra das araucárias e da neve.

Caminhos da Serra Catarinense - um modelo europeu de rodovias turísticas, onde a paisagem desfila à frente do visitante devido
O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

O QUE ROLA NAS REDES SOBRE POLÍTICA – Veja algumas pérolas do Lula, professor em economia, administração e previdência.

  Como se pega a leptospirose e tudo sobre seu "Plano AÇO". E saiba o significado dessa sigla "AÇO". SUGESTÃO DE  LULA
CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

CAMINHOS DA SERRA – Modelo europeu de estradas turísticas

Os projetos financiados pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento – seguem o modelo europeu de rodovias turísticas. O asfalto
CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

CÂMARA DE VEREADORES PODE VIR A FAZER ESCOLA/SC – Projetos propõem reduzir para 1/4 salário de vereadores e para metade repasses mensais.

Qualquer momento podem entrar na pauta essas medidas que seriam inéditas no País. Em Lages, o vereador passaria a ganhar
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Raridade sobre a Seleção: vídeo à cores de uma final ganha por mais de 2 gols!

Raridade entre os clubes brasileiros: vídeo à cores de um título mundial do Santos. Coisa impossível! ...... FRASE DE UM LEITOR AQUI
FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

FUTEBOL SERIA O ÓPIO DO POVO? – O fato é que durante as competições o torcedor esquece as mazelas. Essa aí foi a do último amistoso, contra ao Panamá.

    A seleção canelinha de vidro da Copa da Rússia, abaixo, foi um carrossel, mas, rolando no gramado. Resultado: voltamos pra
NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

NOVAS CARAS PARA PREFEITO DE LAGES/SC – Qual delas tem o melhor projeto para os próximos 10 anos?

Cenário aponta para uma novidade na Prefeitura. Os vereadores Lucas Neves e Jair Júnior são os virtuais caras. Logo, em Lages/SC,
QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

QUASE 13 MIL MULHERES SÃO MÃES SOZINHAS EM LAGES/SC – Mas, essas guerreiras enfrentam com dignidade a tarefa de criação dos filhos.

Diante dessa realidade, que políticas sociais e de apoio as três esferas de governo tem para alevianar o peso da

PESQUISA DIZ QUE SOMOS ANALFABETOS – E que vamos demorar 270 anos para ler mais e 70 para melhorar na Matemática


DSC04271
Esta postagem foi publicada em 2 de março de 2018 Destaques 3, Notícias em Destaques Slide Topo.

Pesquisa do Banco Mundial revela que os brasileiros têm pequeno hábito de leitura e baixo desempenho nos cálculos matemáticos. E que a escola é equivocada.

Esse estudo prevê que o brasileiro vai demorar mais de 270 anos para se acostumar a ler mais e mais 70 para aumentar sua habilidade nos cálculos matemáticos.

A pesquisa compara nosso hábito de ler e nossa desenvoltura nos cálculos, com a performance nesses dois campos nos povos de países desenvolvidos.

Aqui no Brasil, os técnicos, pensadores e representantes de entidades ligadas à Educação, tentam explicar as causas do atraso, especialmente entre adolescentes e jovens, no aproveitamento escolar.

Segundo eles, trata-se de uma crise da aprendizagem decorrente de diversos fatores. Um deles foi a maior preocupação das políticas públicas do setor, nos últimos 15 anos, com a construção de paredes e a criação de escolas do ensino médio e universidades.

A princípio, houve significativo aumento na clientela para ocupar as vagas. Mas, como não houve muita preocupação com o recheio, ou seja, com a qualidade da missão interior, o resultado foi evasão e pouco aproveitamento por parte de quem permanece lá.

Possíveis causas: falta de projetos pedagógicos sustentáveis, formação eficaz do professor, melhores salários, criação na escola de uma cultura voltada para o lazer, esportes, saúde corporal, comunicação e expressão. Também falta oferta extracurricular para o desenvolvimento pessoal já a partir da pré-escola.

O que fazer: investir mais no professor, criar melhores condições de trabalho, dar treinamento, qualificar e requalificar.

Para os alunos: entre outros, falta criar a cultura da eficiência e da eficácia, da responsabilidade com as lições internas e externas, respeito ao professor e vontade de crescer e até de empreender.

Conseqüência dos equívocos das políticas educacionais: evasão escolar e salas ociosas, professores fazendo de conta que ensinam e alunos fazendo de conta que aprendem.

Afirmativa desoladora: 80% das crianças abaixo dos sete anos são analfabetas.

Resultado mais triste: a produção pela escola de trabalhadores e profissionais de baixa produtividade, conseqüentemente, de entidades econômicas (empresas) que avançam pouco e de uma economia que, basicamente, oferta de produtos de baixo valor agregado – as commódities – e que vive cíclicas ou periódicas crises.

Conclusão nua e crua: o Brasil está entre as 10 maiores economia do Planeta, mas na aprendizagem aparece depois daquela dos 50 países mais desenvolvidos, ricos.


187 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-