PERIGO, AGORA, É O CONTATO COM CENTROS DE ALTA CONTAMINAÇÃO – Países isolaram áreas de alto índice de casos e controlaram a contaminação.

PERIGO, AGORA, É O CONTATO COM CENTROS DE ALTA CONTAMINAÇÃO – Países isolaram áreas de alto índice de casos e controlaram a contaminação.

EXEMPLOS DE ONDE FORAM CERCADAS AS BOLHAS NA GUERRA CONTRA O COVID-19: CHINA, ITÁLIA, ESPANHA E ESTADOS UNIDOS.

E NO BRASIL?

Como agora o crucial é a circulação do vírus aqui dentro do País, cientistas sugerem se evitar ao máximo a saída de gente dos centros de alta circulação.

O cientista e Médico Neuropsicologista, Miguel Nicolelis, adverte que estados como os do Nordeste estão numa região altamente vulnerável. Tem pouca estrutura hospitalar, há pobreza e até bolsões de miséria idênticos aos das favelas do Rio e São Pualo.

Chama atenção para a comunicação terrestre, aérea e por hidrovias ente bolhas de alta contaminação e comunidades ainda livres.

53463

Nicolelis citou até o transporte coletivo inter municipal e interestadual como caminhos livres para vírus de uma cidade de contaminação com a aquelas onde a situação ainda está controlada.

Então, os cientistas são unânimes em afirmar que a comunicação entre cidades de altos índices com aquelas que ainda estão sob controle precisa de muito cuidado.

O transporte aéreo nem se fala, pois é rápido e vai longe e depois da saída o passageiro vira um anônimo.

O transporte coletivo terrestre é outro caminho do vírus. O tráfego de veículos precisa, no mínimo, de barreiras sanitárias para verificação de indícios, sintomas leves e simples orientação.

As grandes bolhas da pandemia em áreas de alta densidade demográfica e forte incidência do Covid-19 são as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Manaus.

Cientistas sugerem se evitar ao máximo a saída de gente contaminada desses centros.

Em debate na TV o cientista Miguel Nicolelis, que corre o mundo em contato com uma comunidade de mais de 50 cientistas, deixou os telespectadores, no mínimo, refletindo.

Sugere que os cuidados, agora, sejam também com os transportes coletivo inter estaduais e o tráfego aéreo que precisam de cuidados especiais.

No transporte de veículos, no mínimo é preciso de barrerias sanitárias para orientação e verificação de alguns indícios ou sintomas.

Nicolelis, do Google

Miguel Angelo Laporta Nicolelis é um médico e cientista brasileiro, considerado um dos vinte maiores cientistas em sua área no começo da década passada pela revista de divulgação para leigos Scientific American. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.