Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

PARA NÓS AQUI DO PORTAL O PODER PÚBLICO JÁ NASCEU COBRADOR DE IMPOSTOS E EXPLORADOR DAS RIQUEZAS NATURAIS E DAS
CRIADA FRENTE PARLAMENTAR DO AGRONEGÓCIO, TURISMO RURAL E TRADIÇÕES – Deputado Berlanda é o primeiro coordenador dos trabalhos.

CRIADA FRENTE PARLAMENTAR DO AGRONEGÓCIO, TURISMO RURAL E TRADIÇÕES – Deputado Berlanda é o primeiro coordenador dos trabalhos.

O LANÇAMENTO DA NOVA FRENTE PARLAMENTAR SERÁ NESTA QUARTA DIA 13, ÀS 09H30, NA ALESC. A novidade é a Cultura Tradicionalista,
MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

BASTA SUBSTITUIR O LEGISLATIVO POR UM CONSELHO SEM SALÁRIO QUE REDUZ O QUADRO E MELHORA O RESULTADO. OPINIÃO Quando as câmaras de
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

TÉCNICO DE FUTEBOL ATÉ PARECE MINISTRO DA EDUCAÇÃO: SE O APARELHAMENTO IDEOLÓGICO, OS MANISFESTANTES E OS GREVISTAS RESOLVEREM, DERRUBAM. Como é
INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

DEPUTADO ARGUMENTA QUE É PRECISO FORTALECER, NÃO ENFRAQUECER COMUNIDADES DO INTERIOR.   O presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa
EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

A PROMOÇÃO E A ORGANIZAÇÃO FOI DA EQUIPE DA COALIZÃO CONSERVADORA LOCAL. O PRIMEIRO COMPROMISSO PÚBLICO OFICIAL DA NOITE FOI UMA
EDUCAÇÃO ADVENTISTA, UMA IDEIA INTELIGENTE – Ensina o ser humano a pensar, a se destacar, é criativa e da era 4.0.

EDUCAÇÃO ADVENTISTA, UMA IDEIA INTELIGENTE – Ensina o ser humano a pensar, a se destacar, é criativa e da era 4.0.

EM DEZEMBRO FICA PRONTA  A UNIDADE DE CRICIÚMA/SC. Hoje, 10, houve festa para a criançada e já se pode ter
OS 13 ANOS DO SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – A festa de comemoração muito animada aconteceu hoje.

OS 13 ANOS DO SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – A festa de comemoração muito animada aconteceu hoje.

Mais de 150 empreendedores participaram das festividades e de um jantar memorável no Balneário Godinho, em Lauro Muller.   A gerente Célia,

O Comentário do Eron – Ódio e fanatismo ferem inocentes e a História


Esta postagem foi publicada em 24 de março de 2017 Artigos, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

ERON Portal, Lages/SC –

Esta semana mais uma vez a gente acompanhou novos atentados terroristas. Londres/Inglaterra foi sacudida por ações do terror internacional. Quatro mortes, dezenas de feridos e até tentativa de invasão do Parlamento. Parece algo tão distante, mas não é.

A gente se lembra que recentemente o Terror feriu de morte até o orgulho da França, pois as comemorações da Revolução Francesa viraram banho de sangue.

Entre a série de atentados mais recentes na Europa, o que mais me chamou atenção foi aquele durante as comemorações de 14 de julho, a mais tradicional data da França. Depois foi a degola de um padre, dentro de uma igreja.

O Terror, sem uma lógica palpável, fere inocentes, o orgulho e o que há de mais caro nos povos: a dignidade. Sem mais, sem menos, malucos, fanáticos, matam inocentes e semeiam o ódio e a intolerância.

Na França foi o maior exemplo de ação sem nexo e contraditória. Quando se comemorava a queda da Bastilha, símbolo da autoridade antes da Revolução, um duro golpe do Terror vitimou dezenas de pessoas inocentes. É que o lema Liberdade, Igualdade e Fraternidade é algo odiado pelo Estado Islâmico.

A contradição foi que a Bastilha era o local oficial para execução de culpados e até de inocentes com a Guilhotina. Sua tomada pelo povo revolucionário marcou o fim da tirania das monarquias de então.

Paradoxalmente, o Terror matou mais de 80 inocentes em Nice/França, no dia em que se comemorava um fato que marcou o fim da tirania e do sofrimento de inocentes.

Perfeitamente previsíveis

Os atentados terroristas geralmente são perfeitamente previsíveis. No Brasil, durante as Olimpíadas, foi evitado isso. Os maiores atentados na Europa e outros no decorrer da História também eram perfeitamente previsíveis.  Eles existem porque o Terror sai à procura de repercussão para suas causas. Então, aglomerações populares, competições e eventos são ambientes ideais para suas ações.

O risco iminente de atentados durante as Olimpíadas do Rio foi anulado com uma ação preventiva e até a prisão de suspeitos, antes da abertura dos jogos.

O Terror age com atentados porque isso dá repercussão. Se fosse possível proibir a divulgação dos atentados certamente esses grupos abandonariam a ideia. Procurariam outra forma de manifestar seu ódio e seu fanatismo para conseguir seus intentos. Mas, como esconder tragédias que matam centenas de pessoas? Isso é impossível!

O curioso é que daqui um pouco os malucos do Estado Islâmico virarão personagens históricos, tipo o Bando de Lampião. Os integrantes desse grupo brasileiro de Lampião, hoje, são ídolos, lendas em seus Estados. Eles são motivo de orgulho e produtos turísticos na praça pública.

Filosofia sem lógica

Não há lógica alguma na filosofia do Estado Islâmico. Esses extremistas, ao mesmo tempo em que defendem o califado, a pobreza e o isolamento dentro da civilização moderna, usam a modernidade como as redes sociais e tecnologia explosiva de ponta em suas ações terroristas.

Seus líderes vivem em locais nobres de países ricos e tem acesso ao que há de mais avançado em recursos da civilização moderna. Quer dizer, vamos recrutar “inocentes úteis” para nos servir de serviçais em nosso projeto de poder.


905 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-