Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
ACELERADAS OBRAS DO MERCADO PÚBLICO DE LAGES/SC – Espaço deve começar a funcionar em agosto.

ACELERADAS OBRAS DO MERCADO PÚBLICO DE LAGES/SC – Espaço deve começar a funcionar em agosto.

É MAIS UM ELEMENTO ARQUITETÔNICO HISTÓRICO A AGREGAR VALOR AO TURISMO DA SERRA. SERÁ UMA ESPÉCIE DE SHOPPING TÍPICO. Após a
OS CAUSOS DO ERON PORTAL – O Meteorologista e o Burro; o Engenheiro e o burro – HISTÓRIAS TÃO INCRÍVEIS QUE ATÉ PARECEM MENTIRAS.

OS CAUSOS DO ERON PORTAL – O Meteorologista e o Burro; o Engenheiro e o burro – HISTÓRIAS TÃO INCRÍVEIS QUE ATÉ PARECEM MENTIRAS.

HISTÓRIAS QUE FARÃO VOCÊ DAR GAITADAS DE TANTO RIR: O METEOROLOGISTA E O BOI E DE BOTAS, O BOI DE
EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Está chegando o fim de semana, a sugestão é conviver lá com a família e os amigos.

EL`DIVINO HAMBURGUERIA – Está chegando o fim de semana, a sugestão é conviver lá com a família e os amigos.

HÁ CADA MÊS HÁ UMA NOVIDADE PARA A GALERA CURTIR A FOLGA DA SEMANA. ............ Que tal saborear um Xisão que vale
DEFINIDOS PONTOS CHAVES DA REFORMARA DA PREVIDÊNCIA – Aqui, nossas reflexões sobre a reforma que está indo ao Congresso.

DEFINIDOS PONTOS CHAVES DA REFORMARA DA PREVIDÊNCIA – Aqui, nossas reflexões sobre a reforma que está indo ao Congresso.

SAIBA QUAIS AS NOVAS IDADES MÍNIMAS E QUANDO CHEGA AO LEGISLATIVO O TEXTO DESSA REFORMA. Ministro Paulo Guedes convenceu o presidente Em
ÚLTIMOS GOVERNOS QUASE QUEBRARAM O BRASIL E ESTABELECERAM A DESORDEM – País virou uma fábrica de tragédias, mais por descumprimento de normas que por catástrofes ou acidentes.

ÚLTIMOS GOVERNOS QUASE QUEBRARAM O BRASIL E ESTABELECERAM A DESORDEM – País virou uma fábrica de tragédias, mais por descumprimento de normas que por catástrofes ou acidentes.

VEJA QUE EM TODAS AS ÚLTIMAS TRAGÉDIAS LÁ ESTAVA A FALTA DE CUMPRIMENTO DA LEI E A DE  FISCALIZAÇÃO. Opinião do
MAIS UM PASSO NA PREPARAÇÃO DO MAIOR EVENTO NACIONAL DA FRUTICULTURA – DIVULGADO O PRÉ-FLYER DA XXI FESTA NACIONAL DA MAÇÃ.

MAIS UM PASSO NA PREPARAÇÃO DO MAIOR EVENTO NACIONAL DA FRUTICULTURA – DIVULGADO O PRÉ-FLYER DA XXI FESTA NACIONAL DA MAÇÃ.

EVENTO SERÁ EM SÃO JOAQUIM/SC, DE 2 A 5 DE MAIO E COM INOVAÇÕES E RESGATE DE SUA HISTÓRIA. Após o
A MÍSTICA DO NOME DAS CIDADES COMO FATOR ECONÔMICO – Produtos turísticos e serviços da Indústria da Criatividade serão vanguarda para o sonho de consumo do visitante.

A MÍSTICA DO NOME DAS CIDADES COMO FATOR ECONÔMICO – Produtos turísticos e serviços da Indústria da Criatividade serão vanguarda para o sonho de consumo do visitante.

LUGARES PRECISARÃO DE ATRATIVOS, A COMEÇAR PELO NOME PARA ENCANTAR E ATRAIR PESSOAS. Bem logo as pessoas empregadas trabalharão menos tempo,
ÍNDIO NÃO PEDE AJUDA NEM ESMOLA, PRODUZ ARTESANATO – Lages/SC é ponto estratégico dos índios das reservas do Sul do Brasil.

ÍNDIO NÃO PEDE AJUDA NEM ESMOLA, PRODUZ ARTESANATO – Lages/SC é ponto estratégico dos índios das reservas do Sul do Brasil.

ELES PRODUZEM ARTESANATO, ESPECIALMENTE DE TAQUARA E CIPÓ E DE LAGES VENDEM EM TODA A SERRA. O acampamento preferido deles é

MODELO PRODUTIVO CATARINENSE – Saiba qual a segunda economia da Serra


Esta postagem foi publicada em 17 de julho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

DOIS MUNICÍPIOS DISPUTARAM PALMO A PALMO O SEGUNDO LUGAR

Madeira, fruticultura, pecuária, indústria e turismo estão alavancando a economia da região

São Joaquim e Otacílio Costa disputam nos últimos anos a vice-liderança na Serra Catarinense. Com Valor Adicionado (VA) de mais de R$ 582 milhões, São Joaquim praticamente se consolida como o segundo município de economia mais forte na Serra Catarinense. É o que revela o assessor de Movimento Econômico da Amures, Adilsom de Oliveira Branco, que fez apresentação dos números aos prefeitos em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (11), no auditório da MidiLages, na Uniplac.
O que explicou Adilsom Branco é que o VA corresponde à formação das riquezas geradas pelas empresas em determinado período e sua respectiva distribuição. E nesse contesto São joaquim vinha mantendo uma taxa média de crescimento anual e desde o ano passado ultrapassou Otacílio Costa, que ocupava a segunda posição no ranking das maiores economias regionais.
Hoje, Otacílio Costa aparece com Valor Adicionado da ordem de R$ 580 milhões e Lages lidera absoluta com mais de R$ 4.3 bilhões representando mais de 50% de toda movimentação econômica da Serra Catarinense.
O salto econômico de São Joaquim é associado a crescente produção de maçã e a industrialização da fruta. Somam-se a produção de pecuária e a atividade da vitivinicultura como alicerces na solidificação da economia joaquinense.
Durante a reunião dos prefeitos foram apresentados os últimos números da economia regional com base no monitoramento realizado pela Amures junto a Secretaria de Estado da Fazenda e às empresas que geram o VA.
De acordo com Adilsom Branco, somando os trabalhos das fases de auditoria, recursos e solicitações de correções feitas diretamente aos contadores da empresas, se conseguiu recuperar este ano cercar R$ 403.4 milhões em VA para a região.

Prodetur+Turismo

A reunião dos prefeitos teve apresentação também, do Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo – Prodetur + Turismo, pela assessora de Turismo da Amures, Ana Vieira. Ela explicou que os projetos e ações aptos a serem beneficiados pelo Prodetur + Turismo serão identificados com o Selo + Turismo, indicativo de alinhamento da proposta com a Política Nacional de Turismo, com o Plano Nacional de Turismo 2018 – 2022 e com as diretrizes do programa.
“Os municípios que obtiverem o Selo + Turismo terão prioridade para acessar recursos do Ministério do Turismo”, frisou Ana Vieira. Sobre a estruturação do setor, ela falou que haverá acesso a linhas de financiamento com prazos e juros diferenciados de instituições como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Uma parte da reunião dos prefeitos foi destinada ao subcomandante do 5° Batalhão de Bombeiros Militar, Mateus Muniz Corradini, que falou da estruturação dos bombeiros na região e da importância das parcerias com as prefeituras. O Reitor da Uniplac Kaio Henrique Coelho do Amarante participou da reunião e colocou a insitutição como parceira dos municípios para projetos de desenvolvimento regional.
O diretor executivo do Consórcio de de Meio Ambiente – Cisama, Selênio Sartori e do Consórcio de Saúde Nalú Júlio, também tiveram espaço na reunião dos prefeitos para tratativas de assuntos internos das respectivas instituições.

 


61 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-