Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
O JORNALISTA É UM TROPEIRO DA ERA DIGITAL – O original transportava cargas e agregava costumes. O comunicador transporta informação.

O JORNALISTA É UM TROPEIRO DA ERA DIGITAL – O original transportava cargas e agregava costumes. O comunicador transporta informação.

O PRIMEIRO USAVA O LOMBO DE MULAS E O ATUAL OS IMPULSOS ELETRÔNICOS - EDITORIAL - Um pedaço da história da formação
LEGADOS POSITIVOS DA PANDEMIA – Um deles: a descoberta do sofrimento nos lugares mais esquecidos.

LEGADOS POSITIVOS DA PANDEMIA – Um deles: a descoberta do sofrimento nos lugares mais esquecidos.

O DEPOIS DIFERENTE DA HUMANIDADE NOS SENTIMENTOS, NOS COSTUMES E NA SUA VISÃO DA VIDA.   O desafio da superação trará um
DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,604 milhão de casos e de 65 mil óbitos.

DEVEREMOS ENTRAR NAS ÚLTIMAS SEMANAS CRÍTICAS DA COVID E CURVA DEVE COMEÇAR A ACHATAR – País passa de 1,604 milhão de casos e de 65 mil óbitos.

ENTÃO, OS PRÓXIMOS DOIS MESES SERÃO MUITO DIFÍCEIS, DIZEM INFECTOLOGISTAS. A QUEDA SÓ COMEÇAR EM SETEMBRO. Veja universos onde chegarão as
APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

APÓS CICLONE BOMBA, VEIO GEADA E COMEÇOU A NEVAR NA SERRA CATARINENSE – Sul contabiliza os prejuízos de mais uma catástrofe. De hoje até segunda previsão é de mais frio e chuva.

FOTOS DE URUPEMA: Marleno Muniz Farias. Segundo ele, ocorreu o fenômeno Sincelo, congelando até a névoa, no Moro das Torres. E a
CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

CONGRESSO APROVA PRORROGAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO – SAIBA AS NOVAS DATAS DEVIDO À PANDEMIA.

SENADO E CÂMARA APROVAM O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES PARA NOVEMBRO. Sessão conjunta das duas Casas sanciona a matéria nesta quinta,
CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

CORRIDA ARMAMENTISTA CONTRA O VÍRUS – Nova “Gerra Fria” entre superpotências será em busca de armas contra pandemias.

A DISPUTA PARA DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA, AGORA, SERÁ EM BUSCA DE UMA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS. Já fomos à Lua e
VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

VEJA AS CITAÇÕES QUE SE TORNARÃO IMORTAIS – Confira porque a humanidade será outra depois da pandemia.

DUAS SÃO DO SECRETÁRIO GERAL DA OMS E UMA É DE AUTOR DESCONHECIDO. PALAVRAS EMBLEMÁTICAS E QUE SE REVESTIRÃO DE
EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

EXTRAÇÃO PREDATÓRIA DE FLORESTAS NO BRASIL É UM FATO – Mas em reservas indígenas é meia verdade dizer que só há invasões e roubo.

HÁ MUITA VISTA GROSSA À EXPLORAÇÃO CLANDESTINA. COMO PODE O CORTE DE MIL ÁRVORES NÃO TER SIDO VISTO. MUITA GENTE

LAGES MINHA TERRA VAI BENEFICIAR MILHARES DE FAMÍLIAS EM LAGES


Esta postagem foi publicada em 8 de julho de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Trata-se de um programa de regularização fundiária que irá permitir a legalização de lotes através da expedição da escritura, sem custos aos moradores das áreas catalogadas

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação lançou na manhã desta quinta-feira (6), o programa de regularização fundiária Lages Minha Terra. A ação que vai permitir a legalização de milhares de lotes, através da escritura, é inédita no município. Isso porque, pela primeira vez, todos os procedimentos, como os trâmites legais, serão custeados pela Secretaria de Assistência Social e Habitação.

“Queremos avançar nas políticas habitacionais em Lages e promover o desenvolvimento através de ações concretas, e não de forma assistencialista”, destacou o secretário da pasta, Samuel Ramos, na abertura do evento que aconteceu no auditório do prédio das Engenharias da Uniplac, contando com a presença de inúmeros convidados. Entre eles, o desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Lédio Rosa de Andrade, coordenador do programa estadual de regularização fundiária Lar Legal. “É uma satisfação vir a Lages prestigiar o lançamento deste programa, pois sabemos que essa é uma grande necessidade para inúmeras famílias. A experiência nos mostra que em muitas cidades, por conta do crescimento e da especulação imobiliária, as famílias mais carentes correm o risco de perder o único patrimônio que possuem”, apontou.

Em Lages, até o momento foram catalogados cerca de três mil terrenos, em 21 loteamentos da cidade. São áreas que foram criadas a partir de desmembramentos e desapropriações. “Ter a escritura do terreno significa ter a propriedade de fato e de direito. É um compromisso nosso com a população, que a partir de agora vai se tornar realidade”, afirmou o prefeito Antonio Ceron, que enviou para a Câmara de Vereadores um projeto de lei tratando sobre os critérios e descrição técnica dos procedimentos.

A matéria sugere que a escritura seja emitida, preferencialmente, em nome da mulher, representante da família que ocupa a moradia. “Elaboramos um projeto de lei com o propósito de que isso não seja uma ação momentânea, de uma única gestão de governo. Esperamos que isso tenha continuidade, porque a missão do servidor público é facilitar a vida das pessoas. Nesse sentido, também queremos valorizar e dar uma segurança as milhares de mulheres chefes de família em nossa cidade”, destacou Ceron em seu discurso.

Nesta ótica, o primeiro loteamento a ser contemplado com o programa Lages Minha Terra é o Gralha Azul. De acordo com a presidente da Associação de Moradores deste loteamento, Samara Garcia de Souza, existem cerca de 400 famílias que serão beneficiadas. “É a realização de um sonho, pois a maioria dos moradores não tem condições de arcar com os custos, pois dependem do auxilio de programas federais”, destaca Samara.

A previsão é que as primeiras escrituras do Gralha Azul sejam entregues até o mês de setembro, quando o loteamento completará 20 anos de criação. Samara lembra que o pedido ao prefeito foi realizado durante uma reunião com as associações de moradores, em fevereiro deste ano. “Vai ser um grande presente para a comunidade”, afirma.

O programa de Regularização Fundiária Lages Minha Terra, da Secretaria de Assistência Social e Habitação, irá funcionar no prédio das Engenharias da Uniplac, sob a coordenação do assessor de governo Paulo Paixão.

Fotos: Marcelo Pakinha

 


498 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-