Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PELO 4º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Quase 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

PELO 4º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Quase 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

ULTRAPASSAMOS A ITÁLIA E NOS TORNAMOS O 3º PAÍS EM VITIMAS DA PANDEMIA. VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA.   CIENTISTAS
CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

PREFEITOS DEFINEM CONDIÇÕES PARA OPERAÇÕES E OS CUIDADOS PARA EMPRESAS RETOMAREM OS SERVIÇOS COM MENOS RISCOS DE CONTAMINAÇÃO. Principais cuidados: 50% da
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU

INFORME DO LEGISLATIVO LAGEANO 08-08-2017


Remoção de parque infantil no bairro Centenário gera questionamentos na Câmara (3)
Esta postagem foi publicada em 9 de agosto de 2017 Administração, Legislativo, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Adequações da Lei do Marco Regulatório são questionadas pelo Legislativo Lageano

 Aprovado na Câmara de Lages na segunda-feira (7), o pedido de informação 091/2017 questiona o Executivo Municipal a respeito das adequações da Lei Federal n°13.019/14, do chamado Marco Regulatório. O documento é uma iniciativa dos vereadores Aida Hoffer (PSD), José Amarildo Farias (PT) e Mauricio Batalha Machado (PPS), membros da comissão criada na Câmara para o acompanhamento e implantação da referida Lei.

Desde o início do ano quando entrou em vigor a referida Lei, a Prefeitura de Lages cancelou os convênios com entidades assistenciais, deixando de fazer o repasse financeiro. A renovação desses convênios poderá ser feita somente através de chamamento público, visto que a lei estabelece novas regras para as parcerias firmadas entre entidades ligadas as Organizações da Sociedade Civil e o Poder Público. Por esta razão, o documento será encaminhado ao prefeito Antonio Ceron (PSD), buscando esclarecer as organizações e a toda a sociedade sobre as adequações, no município de Lages, exigidas pela Lei nº. 13.019/2014. Sendo assim, indaga-se:

1-    Qual a situação do reordenamento dos procedimentos para adequação do Município de Lages a Lei nº. 13.019/14, possibilitando a formalização de parcerias entre a administração pública com as organizações da sociedade civil, notadamente a realização do chamamento público?

2-    Em quais datas serão lançados os respectivos editais?

3-    Quais as primeiras políticas públicas ou áreas a serem atendidas?


Comissão apresenta relatório de mudanças no Regimento Interno

 A Comissão Especial do Regimento Interno reuniu na tarde desta terça-feira (8) os vereadores que compõem a 18ª Legislatura para apresentação do relatório preliminar de alteração da Resolução 004/2004, que dispõe sobre a regulamentação interna da Câmara de Lages.

Os vereadores receberam uma cópia do documento e terão até o dia 18 de agosto para analisar as mudanças nos artigos e apresentar novas propostas. O presidente Mauricio Batalha Machado (PPS) e os vereadores Gerson Omar dos Santos (PSD), José Amarildo Farias (PT) e Thiago Oliveira (PMDB) foram os responsáveis pelo trabalho de análise das propostas. Foram oito reuniões da comissão até a elaboração do relatório.

Remoção de parque infantil no bairro Centenário gera questionamentos na Câmara

A retirada dos brinquedos do parque infantil localizado em frente ao Centro de Educação Infantil Municipal Tia Bira, no bairro Centenário, motivou a aprovação pela Câmara de Lages do pedido de informação 088/2017. Apresentado na sessão de segunda-feira (7) pelo vereador David Moro (PMDB), o documento questiona à Prefeitura os motivos que levaram a remoção do parquinho. As perguntas serão enviadas ao prefeito Antonio Ceron (PSD), que terá um prazo de até 30 dias para responder os questionamentos.

De acordo com o legislador, o local era muito frequentado pelas crianças da região e a retirada do parque deixou a comunidade sem um lugar para realizar suas atividades e brincadeiras. Por essa razão, pergunta:

  1. Por que o parquinho foi retirado do local?
  1. O que será realizado no terreno em que este se encontrava?
  1. Será construído um novo parquinho no bairro para que as crianças do mesmo possam brincar?


Transações imobiliárias é assunto de pedido de informação

O pedido de informação 090/2017 requer dados da Prefeitura de Lages sobre a quantidade de transações imobiliárias relacionadas a compra e venda de imóveis, com recolhimento de Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), ocorridas no município nos anos de 2014, 2015 e 2016. Apresentada na sessão de segunda-feira (7), a solicitação do vereador Mauricio Batalha Machado (PPS) atende ao pedido do Núcleo de Imobiliárias e Corretores de Imóveis da Acil (Nimob).

De acordo com o legislador, em reunião realizada na semana passada na Associação Empresarial de Lages (Acil), o Núcleo e demais corretores de imóveis afirmaram que a ausência dessas informações é um fator que dificulta o trabalho imobiliário no município. “A justificativa é que com esses dados eles podem fazer o planejamento da suas empresas em relação ao mercado”, disse Mauricio.

Aprovado pela Câmara Municipal, o documento será encaminhado ao prefeito Antonio Ceron (PSD), que através da secretaria competente poderá analisar a possibilidade em atender ao requerido, o prazo para resposta é de até um mês.


1004 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-