Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
DESAFIO DO NOVO GOVERNO FEDERAL EM BUSCA DA PAZ EM CASA – Anular a força do aparelhamento anterior feito pelo viés ideológico.

DESAFIO DO NOVO GOVERNO FEDERAL EM BUSCA DA PAZ EM CASA – Anular a força do aparelhamento anterior feito pelo viés ideológico.

O Meio Ambiente pode vir a ser a bola da vez para se incomodar com as corporações ideológicas que se
OS PERIGOS POR TRÁS DO QUE COMEMOS – Na aparência da folha de alface pode haver fezes e no miolo da maçã venenos sistêmicos.

OS PERIGOS POR TRÁS DO QUE COMEMOS – Na aparência da folha de alface pode haver fezes e no miolo da maçã venenos sistêmicos.

Será que não estão banhado sua salada com água do rio cheio de cocô? Será que as frutas não tem
O BRASIL É O ESTRATO DA DIVERSIDADE E DAS MINORIAS – Plural em tudo: constituição demográfica, formação politica, econômica e histórica.

O BRASIL É O ESTRATO DA DIVERSIDADE E DAS MINORIAS – Plural em tudo: constituição demográfica, formação politica, econômica e histórica.

Uns governos fizeram o bem; outros o mal e usaram nossos valores originais em favor de seus projetos. Descaracterizaram um
HOJE: CORINTHIANS 1, FLAMENGO, 1 – NO FUTEBOL DOS IGNORANTES ESPORTIVOS SÓ VALE VITÓRIA E TAÇA.

HOJE: CORINTHIANS 1, FLAMENGO, 1 – NO FUTEBOL DOS IGNORANTES ESPORTIVOS SÓ VALE VITÓRIA E TAÇA.

Foi um grade jogo o de hoje na Arena Corinthians. Com esse 1 a 1 os dois continuam rigorosamente empatados
INAUGURADA MODERNA UPA – PREFEITURA REABILITOU UM CONVÊNIO E CONCLUIU UMA OBRA ABANDONADA – Foi inaugurada neste sábado, às 10h, em Lages/SC.

INAUGURADA MODERNA UPA – PREFEITURA REABILITOU UM CONVÊNIO E CONCLUIU UMA OBRA ABANDONADA – Foi inaugurada neste sábado, às 10h, em Lages/SC.

Quando só se fala em milhares de obras paralisadas é bom saber da inauguração de uma UPA de R$ 4 
TEU MAIOR PATRIMÔNIO É TEU “EU”. ELE É QUEM TUDO GRAVITA – Seus itens mais valiosos: capacidade de fazer, integridade e poder de cativar. (Esta é uma postagem na 2ª pessoa).

TEU MAIOR PATRIMÔNIO É TEU “EU”. ELE É QUEM TUDO GRAVITA – Seus itens mais valiosos: capacidade de fazer, integridade e poder de cativar. (Esta é uma postagem na 2ª pessoa).

Os bens materiais são consequência desses diferenciais que são potencializados pelas circunstâncias ou pelas oportunidades da vida. É por aí
A PÁGINA DA FOREVER ÁGUIAS SERRANAS (NÚCLEO LAGES) – Empreendedores em ritmo de muito trabalho. Rede e vendas crescem!

A PÁGINA DA FOREVER ÁGUIAS SERRANAS (NÚCLEO LAGES) – Empreendedores em ritmo de muito trabalho. Rede e vendas crescem!

Uma semana cheia com novas oportunidades, novos empreendedores e cada vez mais aceitação de nossos produtos. Programação cumprida na semana. Maria Helena
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL – Um mês cheio de resultado, acontecimentos e diversão.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL – Um mês cheio de resultado, acontecimentos e diversão.

Confraternização dos empreendedores destaques num final de semana em Termas de Gravatal/SC. Mas tem mais conquistas! ........ Coisa linda de se ver! Top

Descoberto o conteúdo da cápsula do tempo encontrada em Lages


Esta postagem foi publicada em 12 de janeiro de 2018 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

O convite para o lançamento da pedra fundamental do antigo Colégio Aristiliano Ramos, quatro jornais da época e oito moedas, sendo a mais antiga de 1731, estavam em pote de vidro enterrado há mais de 80 anos
O pote de vidro foi localizado no último dia 20 de dezembro durante as obras de demolição do antigo Colégio

Técnicos do Museu Thiago de Castro, de Lages, realizaram na tarde desta quinta-feira, dia 11, uma operação de emergência que resultou na revelação do material guardado na cápsula do tempo enterrada há 83 anos,no dia 3 de outubro de 1934, no antigo Colégio Aristiliano Ramos, no centro da cidade.

O pote de vidro foi localizado no último dia 20 de dezembro durante as obras de demolição do prédio. Imediatamente, foi levado ao museu para ser submetido ao processo de desumidificação. E na tarde desta quinta, durante a visita de um especialista que veio a Lages para conhecer o material, constatou-se a necessidade de retirada urgente dos papéis guardados no pote, sob o risco de deterioração em poucos dias.

O historiador Felipe Reis, morador de Campo Belo do Sul, foi o responsável pelo procedimento que descobriu o conteúdo histórico. Ele destaca que, por conta da mudança de temperatura ambiente e dos muitos fungos que havia dentro do pote, a relíquia estava sendo rapidamente consumida, mesmo com todos os procedimentos técnicos corretos adotados no museu.

Dentro do vidro havia três edições do jornal A Época e uma do Correio do Estado, todas impressas entre 1932 e 1934, inclusive com uma entrevista do então deputado lageano Nereu Ramos; oito moedas, sendo a mais velha de 1731, quando Lages ainda nem havia sido fundada; e um convite para o lançamento da pedra fundamental do Edifício da Escola Normal (Colégio Aristiliano Ramos) assinado por Argeu Godinho Furtado, secretário geral do município de Lages.

 

Cuidados no Museu Thiago de Castro garantiram a sobrevivência da relíquia

O historiador Felipe elogia todo o procedimento realizado pelo Museu Thiago de Castro e garante que as medidas adotadas pela Fundação Cultural de Lages foram corretas e dentro das normas.

“O grupo do Thiago de Castro faz um trabalho minucioso e cuidadoso, e exatamente por isso encontramos um material que poderia estar em pior estado. Tratamos de retirar o material do pote para agilizar o processo de secagem e evitar que os fungos se alastrassem mais”.

O próximo passo será a finalização da secagem dos jornais, polimento das moedas para descobrir as demais datas e saber que tipo de fungo toma conta dos periódicos.

“Será necessário um novo planejamento para análise desses fungos e saber quais procedimentos tomar para uma eventual exposição ao público”.

Felipe considera necessário também, a partir de agora, estudar por qual motivo aqueles jornais específicos foram deixados dentro do pote, pois provavelmente queriam dizer alguma coisa a quem os encontrasse.

“Quem localizou essa relíquia tem muita sorte, pois enquanto ela foi enterrada, era justamente com o objetivo de que alguém a encontrasse no futuro”.

Segundo o superintendente da Fundação Cultural de Lages, Giba Ronconi, o material ainda não pode ser exibido ao público.

“Precisamos finalizar os processos para retirar totalmente a umidade dos jornais e eliminar os fungos existentes, e após esseprocedimento, vamos definir qual a melhor maneira de apresentarmos esses itens históricos para a comunidade”.


191 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-