Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA. CIENTISTAS TEMEM QUE FLEXIBILIZAÇÃO INDISCRIMINADA LEVE À CONTAMINAÇÃO DESCONTROLADA. HISTÓRICO DA SEMANA: Hoje, 04/05 -
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU
O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

APÓS VENCIDA A BATALHA PELA VIDA E AS REFORMAS, VEM A BUSCA DA CONFIANÇA DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS PARA RECUPERAÇÃO DA

ANIMAIS SILVESTRES NAS CIDADES: ESCORPIÕES, COBRA E ATÉ JACARÉ E ONÇA – Neste verão muito quente, jacarés estão no Rio e ES, escorpiões e cobras em outros estados.


cobra_gigante_
Esta postagem foi publicada em 18 de março de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

VEJA AQUI, TAMBÉM, NO FINAL DESTA POSTAGEM, UMA SUPER SUCURI: A MAIOR COBRA JÁ ENCONTRADA NO MUNDO.

Desde o ano passado, com maior ênfase neste trimestre, que cresce o número de animais silvestres nas áreas urbanas. É jacaré, jiboia, onça e até tamanduá bandeira que tem sido as especies mais presentes. Sem falar na praga que virou o escorpião, em quase todos os estado.

1-1-jacare rio

1-jacaré espirito santo

Jacaré em ES.

O fato é que essa invasão de bichos em várias regiões urbanas do país tem sido crescente. Esta semana, no Espírito Santo, aumentou o número de jacarés, mais em Vitória e arredores. Biólogos acreditam que o calor em excesso também tem contribuído para isso.

Recentemente, no Rio e São Paulo, houve uma invasão de cobras, onças e tamanduás que assustaram moradores. Andam à procura de abrigo ou comida, apavorando muita gente. No Sul, o pânico é devido os escorpiões.

Mas, pesquisadores alertam que se o desmatamento continuar avançando, a presença de animais silvestres será cada maior no meio das cidades.

A necessidade de cada vez mais demanda alimentos às pessoas é que tem provocado o avanço das lavouras por toda parte e a floresta em determinadas regiões diminui cada vez mais. Para piorar, ainda as restritas matas que existem são vitimas de incêndios e é um extravio de bichos que precisam ser salvos. Muitos animais, acuados, fogem para as cidades.

OCORRÊNCIAS DESDE O ANO PASSADO.

Para se ter uma ideia em Mato Grosso do Sul, um rapaz filmou uma onça tranquilamente caminhando num calçadão. Em Santa Catarina foi bem difícil convencer a polícia de que no topo da árvore tinha um imenso felino. Os policiais tiveram de usar dardos tranquilizantes para pegar o animal de 90 kg.

Já em Goiás, só os últimos seis anos, foram encaminhadas 38 onças para o Cetas (Centro de Triagem de Animais Silvestres), a metade era filhotes, inclusive três irmãs onças encontradas no meio de uma queimada e levadas para o Cetas em Goiânia. Alimentadas na mamadeira pelos biólogos, nunca mais conseguiram voltar para a natureza.

Dizem os técnicos: “Por serem filhotes, elas não receberam os ensinamentos que a mãe passaria como caça e sistemas de defesa. Sem esses ensinamentos elas não podem ser devolvidas à natureza”. Explicação de Ana Carolina Dias Oliveira, analista ambiental.

Ela acrescentou: “Ainda tem cobra gigante apavorando moradores de Luziânia e até tamanduá dentro de sala de aula, que estão procurando se reorganizar.”

Esses bichos estão procurando a cidade, muitas vezes nem alimentos. Estão procurando um novo local, uma nova área de vida”, a analista ambiental do Ibama, Ana Carolina Dias Oliveira.

 

SUSTO NO RIO

Por outro lado, em certos bairros do Rio de Janeiro, moradores estão assustados com a quantidade de jacarés que têm aparecido nos últimos dias. Foi o caso da Zona Oeste da cidade. No Realengo, por exemplo, algumas pessoas dizem que já é uma “infestação” dessa espécia. Aparecem principalmente no canal atrás dos Hospital Albert Schweitzer.

Só uma moradora disse que já viu uns 10 jacarés na região. Já o biólogo Ricardo Freitas, do Instituto Jacaré, diz que viu no canal um filhote, que despertou sua atenção pelas condições do ambiente. “Reprodução aqui é uma coisa bem inesperada, diz ele. Mas é devido a o muito lixo residencial e restos de comida que são jogados lá e acabam se tornando uma oferta de recursos para os animais, num ambiente que é bem precário”, disse o biólogo.

No Recreio dos Bandeirantes, no ponto de ônibus, um jacaré foi flagrado por uma passageira. No vídeo, ela diz que bombeiros e Defesa Civil informaram que o animal está no habitat natural dele.

O biólogo que a orientação para os moradores é não se aproximar dos bichos, não provocar nenhum tipo de interação com o jacaré.

“Em hipótese alguma, dar alimentos porque o animal não deve condicionar e nunca aprender a associar pessoa a alimento. Isso seria uma coisa completamente insana”, observou Ricardo Freitas.

O Corpo de Bombeiros disse que só entra em ação quando há risco para o animal ou para pessoas. O correto é ligar para a Patrulha Ambiental no telefone 1746.

JIBOIA APARECE EM SÃO PAULO

Uma família de São Paulo foi assustada com uma cobra jiboia no prédio onde moira, Mas em Santos foi qaeu apareceu uma enorme jiboia em uma área urbana num fim da tarde. Cerca de 30 pessoas se reuniram na Rua 28 de Setembro, no bairro do Macuco, para tentar capturar o animal antes que ele pudesse ser atropelado ou atacado por algum outro animal.

O produtor de conteúdo, Arthur Sangome notou uma aglomeração na rua, observando pela janela do estúdio onde trabalha, e resolveu olhar. “Um colega que vinha da rua entrou no estúdio e disse para olharmos pela janela. Tinha umas duas pessoas e conseguimos ver a cobra.

Logo se formou uma aglomeração, disse o rapaz, porque muitas gente que passava pelo local começou a parar para olhar o animal. Motoristas que passavam de carro até paravam para olhar. A surpresa e a admiração era de todos, pois não é uma situação comum.

………………………………

DIVERSOS FATORES TEM CONTRIBUÍDO PARA A PRESENÇA DE TANTO ANIMAL SILVESTRE EM ÁREAS URBANAS.

Biólogos explicam que o desmatamento, o crescimento da população de animais devido as leis que restringem a caça, áreas verdes nas cidades, os agrotóxicos que espantam os insetos e espécies como escorpiões e aranhas e até o hábito da população de fornecer alimentos aos animais, tudo isso contribui para a crescente presença de animais silvestres nas áreas urbanas.

No Rio de Janeiro, o caso do jacaré de quase uma tonelada até é meio normal. Pois até o  nome do bairro Jacarepaguá significa jacará em tupi guarani. Só espanta é como os bichos vivem em canais tão insalubres. O estranho é que esse animal vive em riachos e lagos totalmente poluídos por esgoto, no Rio de Janeiro. Nesta terça-feria o jacaré foi a atração na Cidade Maravilhosa.

 

ESTA SERIA A MAIOR COBRA DO MUNDO?

Imagem envida aqui parda o eronportal.com.br. Veja:

Estudos estariam sendo feitos  para comprovar se já foi encontrado um exemplar maior. Supõe-se que esta sucuri seja a maior já encontrada no Planeta.

SUCURI

Essa espécie de serpente vive mais na água. A Amazônia, com tantos rios e alagados, é o habitat delas.

 

 


321 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-