Uniplac inaugura novo bloco de Ciências Exatas. E remota seu caminho em direção ao futuro

Uniplac inaugura novo bloco de Ciências Exatas. E remota seu caminho em direção ao futuro

Nesta quinta feira, dia 04, a Uniplac inaugurou o prédio das engenharias, denominado bloco das ciências exatas.

O novo edifício da Uniplac tem 6,5 mil metros quadrados de área construída e abrigará mais de 700 alunos dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Arquitetura e Design de Interiores.

Marciano Corrêa, Local – Mais antiga instituição de ensino superior de Santa Catarina, com 58 anos de existência, a Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), de Lages, escreverá um novo capítulo em sua já consolidada história. Com investimentos de R$ 12,5 milhões do Governo do Estado, por meio do Fundo Social, será inaugurado nesta quinta-feira, dia 4 de maio, o novo prédio do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET).

O evento foi a partir das 19h e contou com a presença do governador Raimundo Colombo e uma palestra do renomado engenheiro Wenceslau Diotallevy, responsável por algumas das maiores obras de infraestrutura da história de Santa Catarina. O destaque para a restauração da Ponte Hercílio Luz, em andamento em Florianópolis.

O novo edifício da Uniplac tem 6,5 mil metros quadrados de área construída, onde estarão mais de 700 alunos dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Arquitetura e Design de Interiores.

A estrutura conta com 54 salas de aula, auditório para 255 pessoas sentadas e modernos laboratórios que já haviam sido montados há dois anos com investimentos de R$ 1,5 milhão do Governo do Estado.

Com a ampliação, a Uniplac poderá aumentar também a oferta de vagas. Atualmente, a universidade conta com aproximadamente quatro mil alunos em 28 cursos de graduação, além de especializações e mestrados.

 

Engenheiro das grandes obras de Santa Catarina fará palestra de inauguração

 

5fedd9eca764b10300aa56939d3d7b01

 

Nascido em Indaial, no Vale do Itajaí; formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis; e servidor efetivo há 35 anos no Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), órgão responsável por quase 200 obras em execução atualmente em todas as regiões de Santa Catarina, o engenheiro Wenceslau Jerônimo Diotallevy, de 61 anos, acumula em seu currículo um respeitável portfólio de algumas das principais obras do Estado.

Destaque para os túneis em Florianópolis, Itapema, Paulo Lopes e Tubarão; a Via Expressa Sul e a Ponte Pedro Ivo, em Florianópolis; e a reconstrução da cidade de Canoinhas, no Planalto Norte, castigada por uma enchente em 1983.

Atualmente, Wenceslau é o engenheiro fiscal da restauração da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, uma das maiores obras já executadas na história de Santa Catarina, com investimentos do Governo do Estado.

Wenceslau está à frente de 180 profissionais que trabalham todos os dias na ponte e tornou-se o maior especialista do principal cartão-postal de Santa Catarina. Ele acompanha todos os passos dessa ousada operação, inclusive com viagens à Europa para conferir de perto as peças importadas de lá. E após a inauguração, prevista para o segundo semestre de 2018, Wenceslau se aposentará e entrará definitivamente para a história da engenharia catarinense.

Inauguração do Centro de Ciências Exatas

Wenceslau é responsável pela restauração da Ponte Hercílio Luz na capital

 

MIRELLA GUEDES – Curso de Jornalismo Uniplac – A Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), escreve nesta quinta-feira, 04, mais um capítulo de sua história, inaugurando o Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET) com investimento de R$ 12,5 milhões do Governo do estado, por meio de fundo social.

O evento contou com a presença do Governador Raimundo Colombo e a palestra de abertura com o Engenheiro Wenceslau Diotallevy, responsável por algumas das maiores obras de infraestrutura de Santa Catarina, com destaque para a restauração da Ponte Hercílio Luz, em andamento em Florianópolis.

O novo edifício tem 6,5 mil metros quadrados de área construída e abrigará mais de 700 estudantes dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Arquitetura e Tecnologia em Design de Interiores.

A estrutura conta com 54 salas de aula, auditório para 255 pessoas sentadas e laboratórios que já haviam sido montados há dois anos com investimento de R$ 1,5 milhão do Governo do Estado.

A palestra de inauguração com o engenheiro tem o intuito de motivar os estudantes a descobrir a importância das matérias básicas para a construção civil. “Venho a Lages, a esta inauguração para dar a minha primeira palestra no intuito de instigar um maior envolvimento acadêmico com o básico da engenharia”, afirmou.

Diotallevy é formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Estado de Santa Catarina (UFSC), e atua na área há 35 anos. Atualmente trabalha na restauração do maior cartão postal do estado. “Pretendo mostrar a esses estudantes minhas vivências e minhas realizações profissionais e pessoais durantes esses anos atuando em grandes obras”.