A SITUAÇÃO JÁ É DRAMÁTICA PARA MAIS DE 4 MILHÕES DE “SEM RENDA” (NENHUMA) – Enquanto isso, boa parcela do povo só pensa em festa. E radicais só pensam em criar mais problemas ao País

A SITUAÇÃO JÁ É DRAMÁTICA PARA MAIS DE 4 MILHÕES DE “SEM RENDA” (NENHUMA) – Enquanto isso, boa parcela do povo só pensa em festa. E radicais só pensam em criar mais problemas ao País

ESSA POSTURA SÓ ACABA CONSUMINDO TEMPO E ENERGIA DO ESTADO E MAIS DINHEIRO, O QUE JÁ ANDA TÃO ESCASSO

Fotos: Romênia/grátis; créditos também em fotos

 

Cúmulo da insensibilidade

                  Há muita gente fora de órbita. Não percebe que milhões de famílias já apelam para ajuda humanitária em busca do feijão e o arroz. E o pior é que muitos pais e mães de família, assim que conseguem ajuda para o almoço, percebem que logo vem a hora da janta. E os insensíveis da vida, atrás de uma pilha de ambição, só pensam em se aproveitar da situação para acumular ainda mais dinheiro, conquistar poder e satisfazer o ego. É uma sensibilidade de jumento!

 

Essas famílias em dificuldade de que falamos são os mais vulneráveis e que estão no contingente que recebeu o auxílio emergencial. São células familiares, praticamente informais, geralmente mais dependente da mãe e que é crescente. É onde também surgem muitos valores que precisam ser encaminhados para que façam parte do futuro. Na sociedade há problemas que são como a cárie: precisam ser tratados no local.

A esperança é que todos os dias o sol nasce. E por mais difícil que as coisas estejam é bom lembrar que até no lixão nascem flores!

17901_458913050837720_1895446096_n

 

1562840867_548431_1562841917_album_normal