SINAIS DOS TEMPOS DIFÍCEIS – Reflexões sobre o cenário econômico sempre despertam interesse

SINAIS DOS TEMPOS DIFÍCEIS – Reflexões sobre o cenário econômico sempre despertam interesse

SE QUISER REUNIR GENTE, DIGA QUE VAI ENSINAR O CAMINHO DAS PEDRAS PARA SUPERAR A CRISE

WhatsApp Image 2018-12-20 at 15.59.23

A empresária individual que fatura alto só com rosca de coalhada vendida a distância.

Uns pensadores mandam pegar a palavra CRISE e tirar o “S” que terá a solução.

Outros palestrantes dizem que “não basta satisfazer o cliente, é preciso surpreendê-lo”.

Há aqueles que aconselham a atender melhor o cliente “porque custa muito caro trazê-lo até sua empresa”.

Creio que este último conselho seja o mais interessante.

Hoje, é verdade que o grande mal é a crise política, econômica e moral que aí está.

Este é um ano que vem sendo atípico: ano de muitos desafios. Além de tudo frustrou muita gente com a parada nos negócios.

Mas é claro que incertezas, crises e anos atípicos iremos ter de vez em quando.

Então, arriscamos a dizer porque muita gente sente mais os efeitos das crises e incertezas: porque não se preocupou em mostrar a cara, lá atrás, quando estava líder na praça e armazenar gorduras.

ACREDITE:

Quando a loja está cheia é que é a hora de você fazer propaganda e o treinamento. Se estese não fossem importante, os líderes de mercado como: Coca Cola, Ambev, McDonald’s, Bradesco, Itaú e outros tantos, nem atenderiam os contatos dos veículos de comunicação e os consultores de negócios e capacitação de colaboradores.

Ninguém investiria fortunas em produção de campanhas publicitárias com agências de propaganda; em treinamentos, palestras e reflexões mostrando o caminho das pedras para vender. O fato é que a venda é o remédio que cura tudo…

Também é bom mostrar cara no mercado. Se a publicidade não fosse importante, esses líderes de marcado que estão aí cobrariam para veicular suas marcas na mídia como atrações. E olha que há peças publicitárias que são mais atraentes que muito conteúdo de entretenimento ou noticiosos que se vê na televisão, por exemplo.

Mas é claro que de nada adiante fazer propaganda se não tiver gabarito, preparo e organização para atender bem e talento para os negócios.