ESTRADA DA SERRA DO RIO DO RASTRO EM PERIGO – Rachaduras e desnivelamento do pavimento podem comprometer a travessia.

ESTRADA DA SERRA DO RIO DO RASTRO EM PERIGO –  Rachaduras e desnivelamento do pavimento podem comprometer a travessia.

UMA DAS ESTRADAS MAIS VISITADAS DO PLANETA PODE SOFRER INTERDIÇÃO POR MESES. RESULTADO DA INCOMPETÊNCIA, DO ABANDONO, O DESLEIXO, O DESCASO E A NEGLIGÊNCIA DO PODER PÚBLICO.

A Polícia Rodoviária Estadual e técnicos do setor divulgaram um vídeo feito durante uma inspeção preventiva. As imagens são desoladoras. O fato é preocupante porque está correndo o risco de cair um trecho da estrada.

Sabemos que realizar uma obra numa rodovia de serra é coisa complicada. Demandará meses. Pode ser que haja como conter o problema com recursos técnicos de amarrações, uso de ferragens, perfurações e a devida canalização das águas. Estas devem ser as prováveis responsáveis pela movimentação da pista e as consequentes rachaduras.

Durante as chovas se formam cascatas em praticamente todas as curvas dos 12 km da rodovia. É uma estrada estreita, praticamente pendurada nos penhascos e que por si só já tem um movimento diferenciado. Imagina com a crescente procura por turistas e contempladores da natureza.

Uma revista canadense publicou recentemente ampla reportagem dessa rodovia, considerando-a uma das mais visitadas do mundo. “Uma verdadeira maravilha da era moderna e uma obra considerada um desafio à natureza”, explica.

ANEXO

Veja a seguir alguns termos técnicos sobre o incidente com suas respectivas interpretações.

Rachaduras causadas possivelmente por recalque (Deslocamento da fundação da estrutura). O terreno bastante sinuoso (recurvado em diversos sentidos; que forma curvas mais ou menos irregulares; ondulante) favorece o deslocamento de grande quantidade de terra com chuvas frequentes nesta época.

O recalque faz com que a estrutura do pavimento se agrave e entre em colapso, apresentando rachaduras, desnivelamentos e  irregularidades.

Veja as imagens no link abaixo: