SAI REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA – Temer também dá boa notícia na energia social

SAI REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA – Temer também dá boa notícia na energia social

EQUIPE ECONÔMICA QUERIA QUE DESSE UM REAJUSTE DE 4% E A EQUIPE POLÍTICA 10%

O presidente Michel Temer resolveu antecipar o reajuste no programa Bolsa Família. A Equipe Econômica queria um reajuste até 4%, isto é, apenas a inflação. A equipe política e a base queria um reajuste de 10%. Imprensado entre a maré e a consta, o presidente decidiu ficar no meio termo: concedeu um reajuste de 5,67% ao Bolsa Família.

Disse, em rede nacional, que já deu o maior Salário Mínimo da História: R$ 1.002,00. Agora reajustou o Bolsa Família. Para completar o saquinho de bondades, o presidente anunciou, também, que renovou o programa Luz Para Todos.

Mesmo com um fato negativo na economia: o Banco Central anunciou que o déficit público do mês nas três esferas foi negativo. Somando os déficits da União, dos Estados e dos Municípios, o rombo é de R$ 25 bilhões. Mesmo assim, no trimestre o índice está no azul, em torno de R$4 bilhões positivos.

Outra noticia não muito bom foi que as três unidades da federação irão entrar no azul somente em 2022.

À imprensa, o presidente disse hoje que não foi ao exterior por duas razões: para ficar perto das votações e porque tanto o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, como o presidente do Senado, senador Eunício de Oliveira, também teriam de sair do País, senão teriam de assumir a presidência da República e ficariam inelegíveis. Não tem nada a ver com o depoimento da filha ou qualquer outra denúncia, garantiu Temer.