REFORMA DA PREVIDÊNCIA TEM MAIS UM DESAFIO HOJE – Comissão lê relatório às 16h mas Estados e Municípios devem ficar fora.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA TEM MAIS UM DESAFIO HOJE – Comissão lê relatório às 16h mas Estados e Municípios devem ficar fora.

Acordo com governadores sem resultado prático. Sem votos, eles só blefaram tipo jogador de poker. PSL fez o mesmo.

Hoje será lido o novo relatório na Comissão Especial a partir das 16h, pelo relator, deputado Samuel Moreira. Agora, 18h, a sessão está na fase dos requerimentos, antes da leitura.

Sem garantia de votos pelos governadores para aprovação em plenário com a inclusão das previdências de Estados e Municípios na PEC da Reforma da Previdência Federal, fica para os destaques em Plenário.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, acha até melhor votar com a inclusão de Estados e Municípios no Plenário da Câmara por meio de um destaque durante e votação. Assim a tramitação da PEC anda e se terá mais tempo de se construir a maioria.

A última tese do Palácio do Planalto, revelada pelo Ministro da Casa Civil, Onix Lorenzoni, foi a de se incluir um destaque na PEC mexendo no quorum das votações nas assembleias, no caso de a Previdência de Estados e Municípios ficar para estas instâncias. Seria a redução do quorum para 50% mais um voto do Plenário, a maioria simples.

Quanto às conversas dos governadores com líderes do Congresso, mais uma vez fica evidente que eles não têm muita influência sobre os votos das bancadas federais de seus estados.

OPINIÃO DO SITE

Surfaram na onda…

A verdade é que a maioria deles se elegeu na esteira de uma onda que surgiu diante da insatisfação popular com a velha política do “toma lá dá cá”.

Neste cenário, a maioria dos deputados federais de seus estados se elegeu fora de sua composição e agora tem pouco vínculo com os governadores.

Nem mesmo os campeões de votos, tem muita força. A rigor, parece que estes é que não têm força junto aos deputados federais.

Os fenômenos eleitorais surfaram na onda.

ERON PORTAL