SC: SAI UM GOVERNO POLÍTICO E ENTRA OUTRO TÉCNICO – Toma posso o novo comandante de Santa Catarina: Carlos Moisés.

SC: SAI UM GOVERNO POLÍTICO E ENTRA OUTRO TÉCNICO – Toma posso o novo comandante de Santa Catarina: Carlos Moisés.

UMA VIRADA DE ANO COM VIRADA ADMINISTRATIVA E NAS PRÁTICAS.

CONFORME DIVULGADO PELO CERIMONIAL, A POSSE E A ENTREVISTA DE CARLOS MOISÉS FORAM SIMPLES.

Atos aconteceram na Catedral, na Alesc e no Centro Administrativo.

Diversas reuniões durante a semana definiram o rito da posse do governador eleito em Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), e da vice dele, Daniela Reinehr.

O próprio Coronel Moisés pediu que o evento fosse simples e curto. Como no anúncio dos secretários quando nem deu entrevista e deixou todo mundo sem saber o que fazer. A intenção dele na posse foi também demonstrar austeridade logo no primeiro dia do novo governo.

Assembleia de Santa CatarinaSegundo o cerimonial havia uma indefinição quanto ao horário, já que Moisés pretendia estar na posse de Jair Bolsonaro (PSL) em Brasília. Só que o evento do futuro presidente ainda tinha muitas dúvidas na programação.

Por outro lado, o governador eleito decidiu que não iria à Capital Federal. Logo, antes marcada para as 10h, a posse foi às 16h, na Assembleia Legislativa.

1-Catedral_metropolitana_de_Florianópolis._Florianópolis-SC-Brasil_-_panoramio

Logo no começo da tarde a nova equipe de governo participou de um culto ecumênico na Catedral Metropolitana, em Florianópolis. Após a cerimônia religiosa ele foram para a Alesc, onde foram recebidos pelo atual presidente, Silvio Dreveck (PP).

O novo governador optou não conceder entrevistas no ato. Mas foi convencido a fazer um pronunciamento para a imprensa, antes do ato oficial. Logo após essa etapa da programação foi para o plenário, onde assinou a posse ao lado de Daniela.

seguindo à risca o protocolo, somente ele discursou. Após os atos oficiais, deixou a Assembleia.

O ato de posse do novo secretariado foi no mesmo dia, inclusive a transmissão de cargo entre os dois governos. Estes atos, se houverem, deve ser no Centro Administrativo, no Auditório Pedro Ivo Campos, ABAIXO.

306px-Miguel_Nicolelis_no_Fronteiras_do_Pensamento_Florianópolis_2014_(15062540691)

A POSSE DO DEPUTADOS SERÁ SÓ EM FEVEREIRO.

Conforme divulgou o cerimonial, a posse dos deputados estaduais será em 1° de fevereiro, também na Alesc. Conforme a tradição, o deputado com mais tempo de Casa e de vida será o responsável por comandar a sessão. Neste mesmo ato, ocorre a eleição da nova presidência.

Já a equipe de cerimonial envolvida na posse do governador eleito, Carlos Moisés da Silva, e da vice-governadora, Daniela Reinehr, alterou o horário do evento, marcado para 1º de janeiro. Até a noite de quinta-feira, seria às 10h, com um culto ecumênico às 8h30min na Catedral Metropolitana, em Florianópolis. Mas, segundo a Assessoria de Imprensa Assembleia Legislativa, será às 16h.

Tudo foi confirmado pela comunicação da equipe de transição. Até hoje, o culto previamente marcado ainda não tinha horário definido. Logo, até a postagem desta matéria, a mudança não havia sido comunicada pela equipe de transição.