PINTOU MAIS UM SUPERMINISTRO NO GOVERNO BOLSONARO: ONYX LORENZONI, CASA CIVIL – Ele também foi vitorioso nas eleições para o comando das duas Casas do Congresso.

PINTOU MAIS UM SUPERMINISTRO NO GOVERNO BOLSONARO: ONYX LORENZONI, CASA CIVIL – Ele também foi vitorioso nas eleições para o comando das duas Casas do Congresso.

LORENZONI FOI QUEM ARTICULOU NOS BASTIDORES E O DEM VAI COMANDAR AS DUAS MESAS DIRETORAS. ONYX PASSOU NA SUA PRIMEIRA PROVA DE FOGO COMO ARTICULADOR POLÍTICO DO GOVERNO.

……………………………………….

O EDITORIAL DO PORTAL

eron2

LEGENDA DA FOTO – no 1º plano, o jornalista Eron J Silva, editor do eronpartal/ao fundo, seu pai, o político Luiz José da Silva.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

ANÁLISE

Pela primeira vez o mesmo partido tem um parlamentar seu presidindo o Senado e outro presidindo a Câmara, ao mesmo tempo. Outra particularidade ocorrida neste final de semana foi que pela primeira vez, desde a redemocratização, que dois parlamentares com manos de 50 anos presidem as duas Casas Legislativas, ao mesmo tempo.

O deputado Rodrigo Maia/DEM-RJ tem 48 anos e o senador Davi Alcolumbre/DEM-AP tem 41 anos. Este é mais um efeito da arrasadora onda renovadora das últimas eleições.

Nas eleições do Congresso deste final de semana também ocorreu outra novidade: um alinhamento mais estreito do comando das Mesas Diretoras com o Palácio do Planalto. É que tanato Rodrigo Maia como Davi Alcolumbre tem estreitos laços com o Novo Governo.

Quanto ao Ministro Onyx Lorenzoni, ele passou na primeira prova de fogo, fazendo uma articulação política vitoriosa para o Governo. Já não deixava dúvidas de sua habilidade como articulador no trabalho até aqui, tanto na ajuda para compor o ministério, como nas acertadas medidas dentro do Palácio. A despetização da equipe técnica de retaguarda, por exemplo.

Mas o que acabou de legitimar Lorenzoni como grande articulador, sem dúvida, foram os resultados deste final de semana, ao dar as carta e sair de mão no jogo político. Ou seja: na articulação vitoriosa para o seu partido eleger os comandantes das duas Casas Legislativas.

Isso também comprova que ninguém chega a lugar algum, em política, se não tiver qualidade e méritos. O presidente Bolsonaro conviveu mais de 20 anos com Onyx na Câmara do Deputados. Portanto, deveria mesmo estar tranquilo quanto a quem caberia a tarefa mais difícil de sua administração, que é a de fazer a ponte entre o Executivo e o Legislativo.

Ainda mais agora que o Palácio vai precisar muito do Congresso para aprovar o projeto de reformulação da máquina e as reformas que precisa “para recolocar o País nos trilhos”, como diz em sua proposta.

ERON PORTAL