Atributo ao tempo

Atributo ao tempo

 Travessa das Acácias, Cidade dos Sonhos

E-maily Querida:

Eu tenho que discordar de você e de todos que imaginam que é feliz. Ninguém é feliz, ou é triste, ou é rico, ou é pobre, ou é fraco, ou é forte, ou é isso, ou é aquilo… Ninguém é nada. O correto é dizer: estou feliz, ou estou triste, ou estou, estou rico, ou estou pobre… bla, bla, bla…

É = verbo ser = essência. Na essência ninguém é nada; não tem certeza de onde veio e nem sabe pra onde vai. Na linha do tempo, moribundo pode ser exaltado e o rico pode ser humilhado; o forte pode tombar e dar lugar ao fraco. Somente o AUTOR desse mega projeto chamado MUNDO pode dizer EU SOU.

Estou = verbo estar = momento = agora. Quem estar feliz pode ficar triste; quem estar certo pode ficar errado; quem estar gordo pode ficar magro e, toda criatura é um pingo d’agua nesse oceano de incertezas. E toda criatura está limitada a dizer ESTOU.

Mas ninguém tem o direito de ficar triste só porque a vida parece curta. Sabe por quê?

Atributo ao tempo

Dizem que a vida é curta

Mas isso não é verdade

É longa, para quem vive

Pequenas felicidades.

E essa tal sorte evidente

Anda por aí disfarçada:

Numa criança sorrindo

Num abraço de chegada

Numa rosa se abrindo

Num raio de alvorada

Num pássaro gorjeando

Numa frase empoeirada.

Passamos a vida inteira

Lavando as nossas mãos

Degradando as virtudes

E colecionando nãos:

A viagem que não fizemos,

A roupa que não compramos

O presente que não demos,

A festa que não fartamos,

O perfume que não sentimos,

A lição que não aprendemos

O esporte que não praticamos

O amor que não vivemos.

A vida é mais emocionante:

Quando se é ator e não espectador;

Quando se é piloto e não passageiro,

Quando se é pássaro e não paisagem,

Quando se é cavaleiro e não montaria.

A vida é feita de instantes

E não para ser medida

Distintivo que muda o mundo

Não são dias, meses ou anos.

Mas sim minutos e segundos.

Este tributo ao tempo:

Tempo bem aproveitado

Tempo que é instante

Tempo que virou passado,

Tempo que vira futuro

Tempo que vai embora

Tempo é vida vivida

Porque a vida é “agora”.

 

Sabedoria de Sebastian

 

Bye

Texto: Me. Sebastião Rodrigues Pêgo