OBRAS COM SERIEDADE – Quando não corrupção as obras andam

OBRAS COM SERIEDADE – Quando não corrupção as obras andam

Na BR-116, trecho de Mafra, divisa com o Paraná, até a ponte do Rio Pelotas, divisa de SC com o RS, a conservação é total.

É uma concessão à Auto Pistas Planalto Sul, que mantém em dia a conservadas. a pista é um tapete e a sinalização, especialmente à noite, proporciona e muita segurança.

Esse  modelo de privatização ao através de concessão e exploração de pedágio é uma tendência. Possivelmente será o modelo a ser adotado na BR-470 e na BR-282.

Pelo que se constata nesse trecho existe muita seriedade na aplicação dos recursos arrecadados junto à população. Um detalhe, até hoje não se soube de qualquer superfaturamento de obra e propina que eleve em muito o preço do pedágio.

Um detalhe, todo o material retirado com a frezagem é doado às prefeituras que usam na conservação de estradas do interior ou em ruas da periferia urbana.

É isso aí.

Quando não há corrupção os benefícios são maiores.

Em qualquer caso envolvendo propina alguém já iria “lucrar” alguma coisa também com esse material utilizado tipo reciclagem.