O TREINAMENTO É O CAMINHO – Técnicos das prefeituras agora são craques em E.SOCIAL

O TREINAMENTO É O CAMINHO – Técnicos das prefeituras agora são craques em E.SOCIAL

MAIS UM EVENTO ELEVA O NÍVEL DOS SERVIÇOS DAS PREFEITURAS.

O treinamento foi oferecido numa parceria da Escola de Gestão Pública Municipal – EGEM, a Associação dos Municípios da Região Serrana – Amures e Consórcio Serra Catarinense – CISAMA. O evento foi no Orion Parque Tecnológico, a partir do dia 14. Foi uma capacitação voltada à operação do programa federal e.Social. O sistema é uma ferramenta que reunirá informações de mais de 44 milhões de trabalhadores de todo Brasil.

Veja mais no conteúdo abaixo, disponibilizado pela Amures.

ANEXO.

Responsáveis pelo setor de Recursos Humanos das prefeituras, contabilistas, auditores, controles financeiro e fiscal, analistas e até advogados que atuam como servidores públicos municipais participam do curso que tem o objetivo de esclarecer como funcionará o novo sistema que será implementado pelo governo como ferramenta de controle do cumprimento das obrigações trabalhistas, previdenciárias, FGTS e Receita Federal pelas empresas.

O consultor jurídico previdenciário e integrante do grupo do Projeto Piloto na elaboração do eSocial desde 2010, Eraldo Rogério Consorte é quem está ministrando a capacitação. Na primeira parte da manhã ele falou sobre conceito e objetivo do eSocial, sobre as tabelas suportes dos arquivos eSocial; Vínculo entre os arquivos; Qualificação dos Cadastros (CNIS x CPF) e dentre outros assuntos, Sincronismos dos Arquivos.

À tarde serão abordados assuntos sobre a folha de pagamento; Contratações; Integração e Comunicação entre as áreas envolvidas; Revisão de Procedimentos; Auditorias e Consultorias das Informações e dentre outros temas, o envolvimento dos gestores das áreas produtivas.

Mais de 50 técnicos das prefeituras participam da capacitação que se estende até ao meio dia desta sexta-feira (15). Entre os assuntos programados, ainda constam: Retenção da Pessoa Física: Contribuinte Individual – Cooperativas – Produtor Rural Pessoa Física e Retenção da Pessoa Jurídica no REINF: Cessão de Mão de Obra/Empreitada de Mão de Obra.

K2]