O DIA DE APOIO ÀS REFORMAS, AO COMBATE À CORRUPÇÃO E AO CRIME ORGANIZADO E VIOLENTO – O que dizem seus organizadores, especialmente na mídia eletrônica.

O DIA DE APOIO ÀS REFORMAS, AO COMBATE À CORRUPÇÃO E AO CRIME ORGANIZADO E VIOLENTO – O que dizem seus organizadores, especialmente na mídia eletrônica.

“Foi o grito dos compadecidos com o sofrimento do povo, indevidamente usado como trampolim político. Grito este da maioria que produz e que gera imposto, que está cansada de tanto ver corrupção e o crime organizado ou estressada com a violência crescente”.

Manifestação são paulo

mafestação rio de janeiro

“Ninguém lota praças e ruas de mais de 100 cidades só para protestar e apoiar o Governo por acaso. Deve haver algo mais do que defender projetos pessoais, de grupos ou para fazer festa. O futuro do Brasil, por exemplo, é que deeve estar mesmo acima de tudo “. Esse pode ser considerado o resumo das avaliações que circulam em todo o País, através dos impulsos eletrônicos.

Certamente as manifestações deste domingo ecoaram fortemente no Congresso e na oposição. Pelo número de gente nas ruas e sem muitas figuras populares presentes este movimento deixou aquele feito pela oposição e a esquerda bem longe. Os números não mentem.

“Esse foi um recado que as ruas enviaram ao Congresso para que aprovem logo as reformas e contribua com sua parte aperfeiçoando os projetos de combate à corrupção como o fez mais recentemente”, dizem os dois movimentos que organizaram esta manifestação.