O COMENTÁRIO DO ERON – VOCÊ TAMBÉM PODE ENSINAR O CAMINHO PARA MUDAR O MUNDO

O COMENTÁRIO DO ERON – VOCÊ TAMBÉM PODE ENSINAR O CAMINHO PARA MUDAR O MUNDO

Todos falam que o mundo anda cada vez mais cruel, cheio de incompreensões, intolerância e ódio. Só que ninguém faz pausas nas buscas materiais para exercitar o que é básico, aquele sentimento que faz a vida ter mais sentido: o amor.

Nós inventamos dia pra tudo: da mãe ao mais generoso dos homens, Jesus. Contudo, há datas que deveriam ser o ano todo e com 25 horas. Uma a mais pra corrigirmos equívocos.

O Dia dos Namorados está chegando. Um bom dia pra celebrar o amor! Só que nessas ocasiões geralmente dizemos palavras só da boca pra fora. Não levamos nosso discurso para a prática.

Este comentário é exatamente sobre esse dia. Essa é uma data que deveria significar mais do que presentear a pessoa amada e sim para distribuir sentimentos: amor, carinho, afeto e respeito.

Acredito que por mais árido que seja um coração, por mais frio e calculista que seja qualquer ser, duvido que um dia não tenha sentido falta de alguém. É que os brutos e os bárbaros também amam.

Imagine o mais cruel dos homens e veja se um dia ele também não amou.

Não há dor mais doída do que a dor na alma. Essa dor aparece quando nós amamos por migalhas. Deveremos nos inspirar nos animais. Eles são os seres vivos que não matam o semelhante. Nós, seres humanos, matamos as pessoas, física, emocional e espiritualmente.

É que nós somos racionais, ambiciosos e agimos de forma egoísta, na ganância do “ter”, pouco importando o “ser”.

O cachorrinho exercita o amor incondicional, aquele que não é moeda de troca. O cãozinho que vive com seu dono debaixo da ponte e o que vive com o seu na mansão, amam na mesma intensidade. Independentemente do lado material.

Talvez seja por isso que gostamos tanto dos animais e às vezes até desprezamos semelhantes.

Robert Greene ensina que para conquistar corações e mentes o segredo é a paciência. Porque a tendência das pessoas é fechar o coração: construir muros, grades, portas e dificuldades mil.

Então, sem forçar a barra, deveremos fazer rodeios e entrar lá, apanhar a chave e abri-lo. Assim não sairemos com a reputação de um arrombador.

Eu ainda não ganhei o coração aquela musa que sonho, talvez porque ainda não fiz por merecê-la. Até acredito que seja porque o eco de meu amor ainda não teve força o suficiente para derrubar os muros do coração dela. Preciso entrar lá para apanhar a chave.

Também na corte amorosa devemos surpreender o cliente. Não basta mais apenas satisfazer a pessoa amada. É preciso surpreendê-la! Não quer dizer trazer uma jóia por dia, mas, um gesto de lembrança com algo que prove isso.

Portanto, comece a mudar o mundo agora! Comece por você. Inspirado no dia dos namorados arrume um amor. Procure, ele existe. Mas não queira alguém para lhe fazer feliz e sim um alguém pra fazê-lo feliz. Aí você também será.

Não queira uma companhia para maltratar, judiar, trair e desprezar. Mas, uma companhia para amar. Boa sorte!

17972211_196396547540921_4059770312713502264_o