O BRASIL É O FILÉ DA AMÉRICA DO SUL E ATÉ DO PLANETA – E isso desperta a cobiça e engorda o olho de interesses externos.

O BRASIL É O FILÉ DA AMÉRICA DO SUL E ATÉ DO PLANETA – E isso desperta a cobiça e engorda o olho de interesses externos.

OLHA O  MAPA, RETIRA A CORDILHEIRA DOS ANDES E MAIS ALGUMAS IMPERFEIÇÕES QUE IRÁ PERCEBER O QUE É NOSSO PAÍS. (Essa análise foi feita recentemente aqui pelo Portal).

Amazônia

Para nós ainda não caiu a ficha do tesouro que temos e que ainda não conseguimos converter em prosperidade. Para os lá de fora é o contrário: estão de olho nesse patrimônio.

site_fundoamazonia

O maior interesse internacional é pela água, o solo, a biodiversidade e, para parte da Esquerda, como instrumento valioso a sua sobrevivência.

A Esquerda precisa de espaço para exercitar seu discurso e também para ganhar dinheiro.

Veja que tudo sobre a Amazônia, por exemplo, geralmente circula pelo viés ideológico e quase sempre através de ONGS e instituições ligadas a países onde a esquerda tem forte influência.

OPINIÃO DO PORTAL

Nem sabemos que somos estratégicos e ainda não percebemos a força inercial que temos. Mas nada vem por gravidade. Poderemos até vibrar com a chegada da sexta-feira ou sermos apaixonados por feriados. Porém, também estarmos conscientes de que durante a semana teremos de ter feito por merecer esse happy hour.

SENÃO VEJAMOS:

Temos quase 2/3 das terras agricultáveis do mundo; mais de 1/3 da água potável do Planeta à disposição da Humanidade; mais de 1/3 da biodiversidade existente nos continentes; um sob solo rico em minérios, mais água e petróleo; mais de 7 mil km de costa de um oceano recheado com vidas marinhas, belezas e mais petróleo no fundo; e 207 milhões de pessoas que não deveriam chorar e sim, sorrir, que é da sua natureza!

LOGO,

A até aqui faltou competência para fazer todo esse patrimônio legítimo dos brasileiros render prosperidade. Não deveriam existir casas de fome, tampouco miséria humana onde só a violência e a insegurança “engendra e constrói”. E o que dizer da falência iminente da Saúde e da Educação?

Tudo porque nas últimas décadas faltaram projetos de poder mais realistas e dentro das tendências. Aqueles sem um populismo barato e atrasado.

É que esses projetos de poder de longo prazo, geralmente da Esquerda, são aqueles que duram até acabar o dinheiro dos outros ou até corroer todas as reservas mais acessíveis na busca de adeptos, através do pão e circo.

Foi no que deu o sonho socialista. Agora terão de ser socializados os prejuízos…

É por isso que defendemos “Reformas já”!

ERON PORTAL

Onde controla assessorias.

Texto: Eron J Silva.