NOVA LEI GARANTE PRIORIDADE NA TRAMITAÇÃO DE PEDIDOS DE IDOSOS NA MÁQUINA PÚBLICA – Essas pessoas só tinham o beneficio da prioridade na fila do balcão

NOVA LEI GARANTE PRIORIDADE NA TRAMITAÇÃO DE PEDIDOS DE IDOSOS NA MÁQUINA PÚBLICA – Essas pessoas só tinham o beneficio da prioridade na fila do balcão

PELO QUE A GENTE SE LEMBRA, PROVAVELMENTE, ESSA É UMA LEI INÉDITA, INOVADORA NO PAÍS

 

Antes tarde do que nunca!

Pelo menos em Lages/SC, os idosos e pessoas com deficiência estão sendo vistos, na Prefeitura, com um pouco mais de atenção, respeito e reconhecimento.

Sempre temos dito aqui que aqueles que nasceram em 40, 50 ou 60 foram os que praticamente fizeram o Brasil deslanchar. Naturalmente, eles vinham se despedindo deste mundo por terem vivido seu ciclo, mas com o dever cumprido.

Só que agora, para grande parte deles, é mais rapidamente por conta da Covid-19.

No entanto, esses brasileiros estão nos deixado mais um legado: o aumento da solidariedade e a maior preocupação de cada um para com o próximo. Enfim, estamos nos conscientizando, cada vez nais, de que, sozinhos, somos bem mais fracos. 

Ainda bem que esse doloroso tempo de agora também tem despertado olhares de sensibilidade! Um deles é o Projeto de Lei, de autoria do vereador Agnelo Miranda/PSD, aprovado na Câmara de Lages.

 

Fontes: Blog Olivete Salmória e Câmara de Vereadores

 

20210423003005161914860522de70

 

Miranda tinha esse projeto como uma de suas bandeiras na campanha das eleições municipais do ano passado.

Ele discursava em palanque: “atualmente os idosos e pessoas com deficiência tem atendimento prioritário só na fila de chagada. É que, lá dentro, pegam o caminho comum”, acrescentando que sua determinação era ampliar esse benefício, garantindo que a tramitação dos pedidos de soluções dos problemas de idosos ou deficientes também tenham prioridade em todos os cantos da administração pública municipal.

Seu desejo era de que, na prática, tudo andasse mais rápido, porque o tempo, especialmente para os velhos, sempre vale ouro. Agora isso já é realidade.