NO VIDEOTAPE DA IMAGINAÇÃO: àqueles que como a gente perderam parentes, amigos e quem admiravam

NO VIDEOTAPE DA IMAGINAÇÃO: àqueles que como a gente perderam parentes, amigos e quem admiravam

UMA HOMENAGEM AOS QUE AGORA ESTÃO SÓ NO TAPE DA IMAGINAÇÃO E DOS SONHOS

         

          Num tempo em que muitos ainda insistem em comemoração em casas, em se misturar no show da viada e no carnaval, um perigo à saúde de todos; assim como já abriram o futebol dos estádios vazios e colocaram em risco a população em geral, vai aí uma obra que fala de alguém que hoje só está na memória e no videotape dos sonhos e da imaginação.

 

A vida é um sopro, um sonho e uma trajetória cheia de ilusões e paixões.

Voltando-se para as arquibancadas da imaginação e da balada dos sonhos, homenageamos aqueles que já se foram, mesmo antes do tempo nos últimos 2 anos.

Ouça aí:

Balada Número 7,

de Alberto Luiz, com Moacyr Franco.

Texto: Eron J Silva

 



Politica de Privacidade!