LEITE DE CABRA É EFICAZ PARA RECUPERAR CRIANÇAS DESNUTRIDAS? NO PASSADO ERA UMA ALTERNATIVA.

LEITE DE CABRA É EFICAZ PARA RECUPERAR CRIANÇAS DESNUTRIDAS? NO PASSADO ERA UMA ALTERNATIVA.

NA FALTA DE RECURSOS DA MEDICINA CURATIVA NO INTERIOR, ESSE ALIMENTO RESOLVIA O PROBLEMA

 

O conhecimento popular – tecnicamente dito conhecimento ordinário – comprova seus efeitos medicinais como alimento para combater a desnutrição infantil.

Não é à toa que esse animal da foto abaixo faz coisas inacreditáveis. O alimento dos caprinos é com base no que há de mais puro da vegetação. Provavelmente seja por isso que seu leite é um poderoso alimento infantil.

Mas o conhecimento ordinário também orienta para que se misture com 50% de água, tal é sua densidade e sua força nutritiva.

Aconteceu comigo

Alguém que se beneficiou do leite de cabra não se cansa de afirmar: “se o leite de cabra é um alimento poderoso contra a desnutrição infantil, ainda não encontrei na Ciência. Porém, tenho uma experiência pessoal com ele. Minha mãe me disse que uma cabra teve mais méritos que ela quanto a minha existência saudável, hoje”.

Segundo esse alguém, durante seu primeiro ano de existência, o leite materno estava sendo insuficiente para o alimentar. Em contato com o mais experiente farmacêutico da região, este deu jeito no problema: receitou o leite de cabra meio a meio com água. Paralelamente, tomar o caldo de frango com menos de seis meses de idade.

A nova alimentação foi eficaz. Logo voltou a ter energia e o caldo de frango deve ter reconstruído as paredes intestinais. Em um ano estava recuperado.

A PROCURA PELA CABRA

Diante do desafio para encontrar o leite de cabra, tão rapidamente, seu falecido pai percorreu a redondeza e encontrou uma cabra às vésperas de criar. Adquiriu o animal e em três dias, pasmem, ela trouxe ao mundo quatro filhotes. Sua mãe caprichou na alimentação conforme a receita do farmacêutico.

Quer dizer: segundo ela, a cabra criou os quatro filhotes e mais este sujeito aqui. Conta sua mãe que a cabra e seus filhotes faziam esta cena do vídeo que chama esta matéria. Subiam em árvores, pulavam de lá, corriam por cima de um troco de árvore caída e saltavam com as quatro patas na parede.

Era uma perfeita demonstração da energia dos animeis. Quem não conhece a performance do cabrito, fica impressionado ao vê-la pela primeira vez.

Em um circo em Lages, um dos quadros era com uma cabra que corria sobre uma tábua com espantosa habilidade. O público achava uma das maiores atrações. Não havia nada demais. Esse é o estilo de vida do cabrito: pular, subir em tudo, enfim, ser inquieto.

O cabrito é assim mesmo: sobe em penhascos e até em árvores, como no vídeo do link abaixo. É um ser maravilhoso. Sempre alguém terá fortes motivos para ter o cabrito como uma espécie emblemática.

Verdade ou não, em 10 irmãos, curiosamente os dois que terão mais facilidade nos estudos serão os dois forem cridos com o leite de cabra. Estes serão testemunhas das propriedades medicinais, ou simplesmente alimentícias do leite de cabra.

Se no ano de vida crianças sofrerem com desnutrição, graças a uma cabra do do sítio e alguém que entenda do conhecimento ordinário, serão curadas. Hoje há muito recursos á disposição, até pré-natal no programa de saúde familiar, mas antigamente, isso não era um privilégio.

Então, as pessoas entendidas nessa espécie de desnutrição chamada “problema de míngua”, na falta de um médico, podem resolver o problema.

Quer dizer, sem o leite de cabra, quando não havia a saúde da família de hoje, muita criança poderia padecer de algum defeito ao longo da vida e até morrer à míngua.

CABRITOLOGIA

O cabrito é um animal que faz parte de um nicho de características especiais meio ambiente. Se o pica pau precisa andar furando mandria; se o rato e coelho precisam roer é porque há uma razão para isso. O pica pau é para manter o vico resistente e afiado e faze seu ninho do oco; o rato precisa roer para desgastar os dentes e poder continuar comendo, o cabrito precisa pular para gastar o excesso de energias e exercitar sua habilidade de subir em busca do alimento mais mais puro, a essência da vegetação.

Há quem também viva fazendo calo na língua só falando da vida alheia.

Agora, sem nenhuma relação ao que digo acima, numa das sessões do STF em 2016, os ministros Lewandowski, Gilmar Mendes e Marco Aurélio protagonizaram um diálogo com uma apologia ao estilo das atividades físicas do cabrito: a cabritologia. Seria a arte de ficar com discurso inútil?

Veja o que é cabritologia:

cabritologia é a ciência de movimentação intensa e igualmente inútil

f1