JESUS CRISTO PREGOU SÓ DURANTE 3 ANOS E É UM SUCESSO ATÉ HOJE

JESUS CRISTO PREGOU SÓ DURANTE 3 ANOS E É UM SUCESSO ATÉ HOJE

É PORQUE SUA HISTÓRIA DE VIDA É O FUNDAMENTO.

E como prova disso é a ressurreição, que foi sua glória!

 

Por Eron J. Silva

 

O sentido da Páscoa 

O que mais nos toca ao analisarmos Jesus éque tanto o sacrifício de mártir como sua vida são os exemplos e ensinamentos.

Os principais fundamentos de sua mensagem são o amor ao próximo, a Fé e a obediência ao Pai.

Em sua vida, Ele sempre exercitou os sentimentos do acolhimento, da piedade, da compaixão, da gratidão e do reconhecimento!

Colocou sempre a Justiça acima de tudo; Ele só fez o bem.

Sempre mostrou o caminho para: arrependimento, humildade, bondade, perdão e misericórdia!

 

Cristo perdoou pecadores, avarentos, exploradores e fez cegos enxergar; até deu olhos a quem não queria ver.

Curou os doentes e amou as crianças. Ressuscitou mortos de alma e multiplicou os pães para dar de comer os pobres. Transformou água em vinho para mostrar que era preciso mudar; na tradição da época, o casamento tinham prazo de validade.

O milagre da água transformada em vinho foi um simbolismo de como se amplia a alegria da festa; significou, também, a ampliação da duração do casamento.

Neste episódio, se efetivou seu primeiro milagre, Ele atendeu a um pedido de sua mãe: Maria.

Mesmo diante de tantos exemplos, muitos nem lhe deram ouvidos. Estavam surdos e cegos, na escuridão, em busca de dinheiro, prazer e poder.

Bem igual aos dias de hoje quando muitos parecem não ter entendido nada!

O Apóstolo Pedro disse: ”Vã seria nossa Fé se Ele não ressuscitasse! A ressurreição foi sua glória!

 

POSTAGEM ORIGINAL DESTA PÁGINA

 

Poucos dão ouvidos e poucos enxergam!

Mesmo com a vida toda no caminho do bem, Jesus foi o mais perseguido dos homens. Foi preso, humilhado e morto. Mas cumpriu sua missão! Morreu numa cruz para salvar quem decide segui-lo! Ressuscitou dos mortos e subiu ao Céu.

A reflexão a ser feita durante a Quaresma.

Há quem diga que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar toda a Humanidade. A intenção deve ter sido essa. Mas é bom lembrar que para a salvação há que haver arrependimento, aceitação de ensinamentos e de uma vida nova. Isto sobre a visão da religião, que se embasa na Fé. Vamos ficar mais em torno do homem Jesus.

Talvez não tenha sido à toa, pensamos nós, que Jesus escolheu, até como homem, viver mais entre os do caminho errado e menos entre os justos. Afinal, era preciso mostrar o caminho do arrependimento e da renovação para a salvação.

Há 2022 anos o mundo era muito parecido com o de hoje, quando a maioria pensa em se locupletar, em privilégios, na zona de conforto e ajeitar seu lado. Era um mundo em que também poucos ouviam o clamor das ruas.

A tradição bíblica diz que Deus Pai enviou o Filho para dar jeito no homem. Que Ele se preparou durante 30 anos e pregou apenas durante três, o suficiente para revolucionar e virar ameaça, porque ousou desafiar o poder constituído da época.

No Clero (como hoje em nosso Congresso), estavam os verdadeiros vendilhões do Templo. [Ainda bem que o Clero já mudou muito]. Naquele tempo também só pensava em dinheiro, poder, prazer e conforto.

Revelam estudos mais recentes que no tempo de Cristo a grande fonte de lucros da Igreja e do governo era a cobrança pela purificação para entrar no templo.

Hoje é igual, alguns agentes públicos cobram para autorizar obras públicas e para “fazer o bem”, como é o caso de alguns políticos.

A passagem bíblica da ira de Jesus com os camelôs vendilhões da época foi simbólica. O alvo do Cristo eram as piscinas de purificação, antes da entrada no Templo. [Escavações arqueológicas teriam descoberto isso.] Portanto, parece que o mundo já era um mar de corrupção e de propina!

Se você pensa que vai continuar errando (pecando) que basta se arrepender para se salvar, pode estar enganado. Só se salva quem se arrepende, não peca mais e adota vida nova. E isso também vale em relação à Lei dos homens.

Mas a mudança de atitude anda cada vez mais difícil. Não só entre os que parecem pensar que vivem noutro Planeta ou noutro Plano, mas, também, entre os mortais.

Muita gente ora muito, mas se esquece do semelhante. Nem percebe o mundo em volta. O TER está acima do SER. Há gente que vive na Igreja, mas não leva nada para casa e para a prática.

Até é possível que quando o Filho do Pai voltar se encorajem a fazer pior do que matá-lo numa Cruz!

 

ERON PORTAL

Texto: Eron J. Silva

 

 



Politica de Privacidade!