Informe do Legislativo Lageano 24-05-2017

Informe do Legislativo Lageano 24-05-2017

Câmara homenageia sargento da PM e sua esposa por salvamento de criança em afogamento

Realeza_divulga_Lages_e_suas_atracoes_em_Florianopolis_1495654270

A Câmara Municipal concedeu na sessão de terça-feira (23) certificados de “Homenagem Especial” ao 3º sargento da Polícia Militar de Lages, José Valdir Goedert, e a sua esposa, a enfermeira Dirlei Aparecida Alves Candido Goedert, pelo salvamento de uma menina de três anos vítima de afogamento na própria residência. A honraria foi concedida através da aprovação da moção legislativa 113/2017, de iniciativa da presidente do Legislativo Lageano, Aida Hoffer (PSD).

O acidente aconteceu no dia 21 de abril, no bairro da Penha, local onde reside o casal. Por volta das 10h30, os vizinhos que moram em frente à residência do sargento solicitaram ajuda, pois uma menina de três anos de idade tinha se afogado. Quando o policial foi verificar, os pais da criança entraram em sua residência, com a filha no colo e desacordada. Nesse momento, o sargento constatou que se tratava de um afogamento e chamou a esposa para ajudar nos procedimentos. A ação levou cerca de dez minutos e graças à agilidade e conhecimento técnico do casal a criança recuperou os sentidos e passa bem.

A homenagem realizada na Câmara Municipal foi promovida em parceira com o deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD). “Parabenizamos o casal pelo ato de bravura que tomaram diante desse fato, o que demonstra o quão importante é o trabalho da polícia e dos profissionais da saúde”, cumprimentou a vereadora Aida.

Como agir em caso de engasgo e asfixia em bebês e crianças

O mais importante é manter a calma. Os primeiros sinais de que a criança apresenta na aspiração de corpo estranho são a tosse e o engasgo. Se a criança consegue respirar, a melhor conduta é levá-la a um Pronto Socorro e deixar o atendimento por conta da equipe médica. Nas situações que exigem uma intervenção imediata, o procedimento varia conforme a idade da criança.

Menores de um ano: deite o bebê de bruços em seu antebraço, apoie a cabeça e a mandíbula em sua mão, mantendo-a mais baixa que o corpo. Com o “calcanhar” da mão livre, dê cinco golpes entre as escápulas (parte superior das costas). Se o corpo estranho não for eliminado após os cinco golpes, vire o bebê e, ainda mantendo a cabeça mais baixa que o corpo, faça cinco compressões com dois ou três dedos no centro do tórax. Alterne os cinco golpes nas costas e as cinco compressões no peito até que o corpo estranho seja removido ou o bebê consiga respirar, tossir ou chorar.

Atenção: não coloque a criança de cabeça para baixo, ela pode vomitar e piorar o quadro. Se não houver a recuperação esperada, será necessário iniciar manobras de reanimação cardiorrespiratória. Essa é a hora de chamar o socorro pelos telefones 192 (SAMU) ou 193 (Corpo de Bombeiros).

Maiores de um ano: abrace a criança por trás e faça uma compressão na altura do abdome (abaixo das costelas), de baixo para cima. Alterne uma pressão firme com um relaxamento. A saída brusca de ar assim produzida pode remover o corpo estranho ou deslocá-lo da via aérea para a boca.

Atenção: caso você consiga ver o corpo estranho na boca da criança, retire-o cuidadosamente. Jamais procure por ele às cegas, pois você corre o risco de empurrá-lo para trás e piorar a situação.

Peça de teatro “Era uma vez no reino dos dentes” recebe homenagem na Câmara Municipal

A equipe de saúde bucal da unidade básica do bairro Sagrado Coração de Jesus foi homenageada pelo Legislativo Lageano na noite de terça-feira (23), pelo desenvolvimento da peça de teatro intitulada “Era uma vez no reino dos dentes”. A obra foi idealizada para conscientizar crianças de cinco a sete anos na prevenção de cáries e cuidados com a saúde bucal. A honraria foi proposta pelo vereador João Chagas (PSC), através da aprovação da moção legislativa 107/2017.

A peça estreou no Teatro do Sesc em outubro de 2016, devido a comemoração do Dia do Dentista. A história se passa dentro da boca, onde os dentes são atacados por bactérias e precisam se recuperar com a ajuda da dentista Doutora Bela e da Turma da Limpeza. Durante o espetáculo, há momentos de interação com a plateia e todos os personagens possuem fantasias, o que atrai a atenção das crianças, tornado a história mais interessante e divertida.

A equipe de saúde bucal em questão recebeu da Câmara certificados de “Homenagem Especial pelo reconhecimento ao trabalho educativo prestado no município de Lages. Os participantes homenageados foram:

Ana Paula Silva: interpretação do Creme dental

Andressa Regiane Silveira Patel: apoio e arte

Adriana Sá Paes: interpretação do Dente Feliz

Cristiane Macedo Dal’Agnol Colpani (Dentista da UBS Sagrado/São Cristóvão): confecção das roupas, interpretação da Dra. Bela (Dentista)

Flavio Troncoso Talhavini (Dentista da UBS Sagrado/São Cristóvão): escritor, diretor e operador de som.

Ivonete Lenzi: interpretação do Fio Dental

Karen Daiane Neto: interpretação do Fio Dental

Katiana de Lins: interpretação do Dente Sapeca

Luana Silva de Sá: interpretação da bactéria Gargamel

Luciana Dutra da Rosa: interpretação da Bactéria Cruel

Mara Lucia Bueno: interpretação do Creme Dental

Marlon Aparecida Burigo: apoio e narração

Nilza Iris Palhano: interpretação da Escova de Dente

Patricia Pera: interpretação do Dente Zé Preguiça

Legislativo requer informações sobre as obras de saneamento básico do Complexo Araucária e Ponte Grande

Na sessão de terça-feira (23), o vereador Pedro Figueredo (PSD) apresentou o pedido de informação 047/2017 onde solicita esclarecimentos sobre as obras de saneamento básico do Complexo Araucária e Ponte Grande. O documento obteve aprovação plenária e será encaminhado ao Poder Executivo buscando respostas aos seguintes questionamentos:

  1. Quem é o responsável pela reconstrução do asfalto e calçamento após a instalação dos tubos e ramais, a empresa que está executando a obra ou a prefeitura?
  2. Quem é o responsável pelo patrolamento e cascalhamento também das ruas em que passa a obra do saneamento básico, a empresa ou a prefeitura?

 Pedido de informação busca respostas sobre as obras na escola Emília Furtado Ramos

Apresentado na sessão de terça-feira (23) pelo vereador João Chagas (PSC), o pedido de informação 049/2017 solicita informações sobre as reformas e a entrega das obras à comunidade na Escola Municipal de Ensino Básico Emília Furtado Ramos, localizada no bairro Gethal. O local está passando adequações, pois será transformado em Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim).

Os questionamentos expostos foram aprovados em plenário e serão encaminhados para que o Poder Executivo possa esclarecer em que estágio estão as obras. São elas: qual o prazo de entrega e início das atividades escolares; quantas crianças o novo Ceim vai poder receber; e se existe mais algum projeto para melhor aproveitamento daquele espaço.