RECURSO DE LULA SERÁ JULGADO ATÉ O PRÓXIMO DIA 20 – Defesa argumenta que sua condenação foi política e suspeita.

RECURSO DE LULA SERÁ JULGADO ATÉ O PRÓXIMO DIA 20 – Defesa argumenta que sua condenação foi política e suspeita.

OUVIDA A JUSTIÇA FEDERAL EM CURITIBA, PORTO ALEGRE E BRASÍLIA, O PARECER AOS MINISTROS DO  STF FOI DE QUE A CONDENAÇÃO DE LULA FOI LEGÍTIMA.

A defesa alega no recurso que a condenação do ex-presidente ficou comprometida assim que o juiz Sérgio Moro foi escolhido para Ministro da Justiça.

A defesa pede a liberdade do seu cliente para aguardar em domicílio todos os recursos cabíveis.

O julgamento será na 2ª Turma do STF até o próximo dia 20 de dezembro, última sessão antes do recesso.

 

……………………………………

 

O QUE DEMOS ANTES:

NOVAS DENÚNCIAS CONTRA LULA E PROCESSOS JÁ EM ANDAMENTO PODEM RESULTAR EM CONDENAÇÃO E UMA PENA IGUAL À DE SÉRGIO CABRAL. ISTO APÓS O JULGAMENTO DE TODOS OS PROCESSOS, ESGOTADOS TODOS OS RECURSOS E TRANSITADO EM JULGADO.

 

Mesmo com a condenação em 2ª instância, que pela jurisprudência vigente já significa início do cumprimento da pena e outros processos, a defesa e muita gente do PT acreditam na liberação de Lula até o Natal.

Só que após o indiciamento na Justiça Federal de Brasília, o depoimento sobre o sítio de Atibaia e novas acusações na Justiça Federal de São Paulo, a situação dele se complica cada vez mais.

Após o depoimento sobre o sítio de Atibaia, o sintoma foi de que pode vir mais notícia ruim para Lula. E esta semana um novo golpe foi o indiciamento, inclusive junto com a ex-presidenta Dilma e outras pessoas, na Justiça Federal de Brasília.

Lula: projeto ambicioso que pretendia durar 60 anos
Lula: projeto ambicioso que pretendia durar 60 anos

capa dilma

Dilma agora também é indiciada pelo MPF de Brasília e pode perder elegibilidade.

Agora, para piorar, o MPF da Força Tarefa da Lava Jato em São Paulo acaba de denunciar o ex-presidente de usar seu prestigio internacional para beneficiar a empreiteira ARG em obras na Guiné Equatorial/África. A ARG teria repassado R$ 1 milhão ao Instituto Lula, mas o MPF descobriu que dinheiro seria para pagar o empenho de Lula junto ao Governo da Guiné.

O ex-presidente só não vai ter de se defender de tráfico de influência porque devido sua idade já prescreveu o suposto crime. Ainda a Justiça precisa aceitar a denúncia do MPF em SP. Mas de corrupção é certo que terá, caso as provas sejam aceitas pela Justiça Federal.

Então, está cada vez mais difícil alguém encontrar argumentos para que ele vá aguardar em prisão domiciliar as prováveis condenações em todas as instâncias.

Mas o Plenário do STF deve julgar pedido da defesa. Também há quem acredite em decisão provisória ainda este ano se o julgamento ficar para após o recesso do Judiciário.