DESTINO CORRETO DOS RECICLÁVEIS – O lixo que vale ouro. A comunidade assumindo responsabilidades e o papel politicamente ecológico.

DESTINO CORRETO DOS RECICLÁVEIS – O lixo que vale ouro. A comunidade assumindo responsabilidades e o papel politicamente ecológico.

SECRETARIA DE SERVIÇOS PÚBLICOS, ATRAVÉS DO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE, APOIA INICIATIVA COMUNITÁRIA.

A ação da moradora Eliete Alves Sell, que está concluindo sua especialização em Desenvolvimento Regional Sustentável, é a protagonista principal de um fato inédito: a comunidade assumindo responsabilidades.

Ela está desenvolvendo um trabalho de conclusão de curso que remete a gente a refletir sobre a responsabilidade social. Nesse trabalho, ela propôs o tema “Vizinhos Solidários”, transformando lixo  em recursos para  uma família recicladora.

Na rua Crispin Mira, perto do Cemitério da Paz, Guarujá, agora há um LEV – Local de Entrega Voluntária de Recicláveis. O morfador Romário de Oliveira deverá ser beneficiado com os resíduos.  Eliete procurou a Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, fazendo a solicitação de um container para se projetos.

Eliete está desenvolvendo o projeto LEV com o apoio da Ambev e Eco Verde, a fim de incentivar a separação de resíduos orgânicos e secos. Isso oportuniza a reciclagem, transformando aquilo que é lixo para muitos, em renda para os catadores e a cooperativa de reciclagem. Além disso, evita o encaminhamento destes para o aterro sanitário.

Os LEV normalmente são colocados em instituições de ensino que fazem seu dia “D” e a Cooperlages recolhe e faz a separação e a venda dos recicláveis.
O presidente do bairro Guarujá, Sr Luís, também esteve presente. A Eliete ficou responsável pela divulgação e manutenção do LEV aos moradores e o sr. Romário fará a coleta e venda dos recicláveis.