DEPUTADO CATARINENSE PODE SAIR DA PRISÃO E REASSUMIR – STF deve referendar sua reintegração. Vai crescer a bancada da Papuda na Câmara.

DEPUTADO CATARINENSE PODE SAIR DA PRISÃO E REASSUMIR – STF deve referendar sua reintegração. Vai crescer a bancada da Papuda na Câmara.

DEPUTADO ESTÁ PRESO POR IRREGULARIDADES DE QUANDO ERA PREFEITO: ELE É O DEPUTADO CATARINENSE JOÃO RODRIGUES/PSD.

Esta semana a “Bancada da Papuda” deve passar para três integrantes com o retorno do deputado catarinense João Rodrigues. Se incluirmos o deputado Nelson Meurer, que está preso mas ainda não perdeu o mandato na Comissão de Ética, serão quatro deputados condenados em atividade.

O deputado João Rodrigues/PSD está preso devido a irregularidades cometidas há anos, quando era prefeito de Pinhalzinho/SC. Tendo em vista estar cumprindo prisão, está afastado das funções na Câmara.

Ele foi condenado a 3,5 anos de reclusão. Em sua primeira entrevista, esta semana, disse que não há nada pior que pagar por aquilo que não deve. Ele vai reassumir assim que o Pleno do STF referendar a decisão do Ministro Luiz Barroso, com todos os poderes e direitos, a princípio.

Por decisão do Ministro Luiz Barroso, do STF, o deputado poderá sair e reassumir as funções. Pelo despacho do ministro, para reassumir as funções e receber os benefícios dela, o deputado  terá de estar em local compatível para um parlamentar. O regime semi-aberto abre essa possibilidade.

O deputado João Rodrigues deve terminar seu mandato e não será julgado na Comissão de Ética. É que lá o espírito de corpo funciona direitinho. Essa comissão demora anos pqra julgar alguém. Quando se reúne, geralmente falta quórum.

João Rodrigues vai trabalha durante o dia à noite descansar (dormir) na prisão.

A decisão deve ser referendada pelo Plenário do STF.