SUPER FRIO DEIXA CAMPO EM ALERTA – Temperaturas de até -10ºC no Sul podem atingir agricultura, “âncora verde do Real”

SUPER FRIO DEIXA CAMPO EM ALERTA – Temperaturas de até -10ºC no Sul podem atingir agricultura, “âncora verde do Real”

A PARTIR DESTA TERÇA À NOITE E SERÁ MAIS DURADOURA

Culturas como o arroz, milho e soja crescem no Sul só a partir de setembro, mas em regiões como Sudeste e Centro Oeste existem as chamadas safrinhas.

O perigo, também, é para as plantações de hortifrutigranjeiros nessas áreas.

Pomares de maçã precisam de frio na dormência (inverno); o trigo só no começo, após a germinação. Mas, na florada e frutificação o frio é danoso.

 

img_2298

 

A PARTIR DESA SEMANA, poderosa massa de ar frio que atingirá o Leste da Argentina, Uruguai, Sul do Brasil, parte do Sudeste, indo pelo Centro Oeste até o Sul da Região Norte é a nova preocupação dos meteorologistas que alertam produtores e área social das administrações públicas por causa dos graves efeitos disso.

Com epicentro no Rio Grande do Sul, as serras Gaúcha e Catarinense estão em alerta máximo, já que são as duas áreas mais altas de ambos os estados.

O meteorologista Ronaldo Coutinho, uma autoridade no assunto frio, através da Climaterra e Canal do Tempo, tem dados do sistema que indicam que as temperaturas mais baixas serão na Serra Catarinense, podendo chegar a -10C e uma sensação térmica de mais de -20ºC.

Sensações térmicas desse nível geralmente ocorrem em SC, mais precisamente no Morro da Torres/Urupema e no Morro da Igreja/Urubici.

Tudo vem se confirmando para a afrente chegue a partir desta terça (27) à noite.

 

DEMOS NO COMEÇO DA SEMANA:

MAIS FRIO POLAR EM AGOSTO OU DEPOIS – CULTURAS JÁ FORAM AMEAÇADAS PELO FRIIIIIIO – Super geada até fará muito produtor repensar hora de mudar espécies

DEPOIS DO DIA 25 FRIO DARÁ AS CARAS NOVAMENTE; EM AGOSTO PODE PINTAR FRENTE DE AR POLAR MAIS PODEROSA AINDA.

 

Então, mais frio daqui uns dias

Após uma semana que começou bem gelada no Sul e no Centro-Sul do Brasil, com direto a geada e temperaturas abaixo dos 3°C no Sul do Brasil, virão uns dias mais quentes. O pico dos efeitos da massa de ar polar já passou.

Temperaturas voltam a se elevação no Centro-Sul do país.

Vem calor por aí?

Hoje, quarta-feira (21), ainda foi gelado em vários pontos do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Conforme a Climatempo, “de forma gradativa a temperatura mínima começa a subir gradualmente e a partir da quinta-feira (22), as temperaturas e sensação térmica ficam um pouco mais agradáveis”.

Ainda haverá um resquício de frio, no geral das noites em determinadas áreas do Centro-Sul do Brasil, mas logo vem uma sensação de calor a tarde.

Ainda conforme a Climatempo, “a sexta-feira (23) e o sábado (24) serão marcados por sol, tempo firme e grande amplitude térmica no Sul e no Sudeste do país”.

Mas que não se animem os  que não gostam de frioo e que se animem os que gostam!…

Atenção! Uma outra onda de frio forte deve chegar ao Brasil no finalzinho de julho.

Chegará nova frene ao Sul do Brasil?

Sim! “No domingo (25), uma nova frente fria chega ao Rio Grande do Sul, trazendo chuva para áreas do estado gaúcho. Na retaguarda desta frente fria, uma nova e possivelmente mais intensa massa de ar polar volta a prevalecer no centro-sul do Brasil. Há previsão mínimas em queda nos últimos dias de julho e começo de agosto”.

Fonte Climatempo

 

COBERTURA ANTERIOR 

ÀS VEZES É MELHOR DEIXAR TUDO PROTEGIDO NO VIVEIRO E MUDAR MAIS TARDE

 

Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

 

TUDO CONFIRMADO 

TEMPERATURAS MAIS BAIXAS DESDE 2017

HOJE (20)

Confirmada a previsão de ontem: hoje foi registrada a mínima de – 8,2, em Urupema/SC, a temperatura mais baixa desde 2017, -8,8º registrada em Bom Jardim da Serra/SC.

Geou na maioria dos municípios de SC, onde foram as temperaturas mais baixas do ano.

 

CULTURAS AMEAÇADAS PELO FRIIIIO…

 

Muito agricultor deverá atrasar um pouquinho algumas culturas, como a muda de algumas hortaliças e do fumo, por exemplo, que são mais sensíveis ao frio. Vai gear muito até o dia 30 deste mês.

É que a massa de ar frio de origem polar deve atingir regiões que normalmente não gia tanto. como o Centro-Oeste e o Sudeste hoje. Se pode proteger as mudas no viveiro e mudar 10 dias depois, é uma alternativa.

Esses locais tem plantações de café, que dependendo da idade sofre muito. Em regiões de fruticultura mais do calor, se pegar na brota ou na florada é fatal: pessegueiro, ameixeira e bananeira são exemplos.

As frutíferas de  frio, como a macieira, a parreira e a pera precisam de frio, mas só na dormência; na florada é prejudicial.

Técnicos e meteorologistas entendem que os efeitos também poderão ser sentidos, de forma atenuada, nas regiões Sul e Oeste de Rondônia, no Sudoeste do Amazonas e no Acre.

A madrugada desta terça (20) deve ser de geada em praticamente todo o estado de São Paulo, com mínimas de 7°C. Também poderá haver geada – de moderada a forte – em uma ampla área da Região Sul, que pode se estender pelo Sul de Mato Grosso do Sul até a divisa entre São Paulo e Paraná.

Hortifrutigranjeiros são as plantações que mais sofrem com geadas surpresas.

frio_em_sc_20160425_1767989471

Foto: sc.gov.br – SECOM

Trigo e pomares típicos do frio só precisam de frio em determinados tempos, na florada isso é fatal.

 

08072019_scfelizfrio

 

Pomares de maçã dependem de 700 horas de frio com média de 7ºC na dormência, mas na brota e na florada isto significa quebra de safra. A macieira brota em setembro e floresce em outubro. Agora, o frio faz bem.