CONCLUSÃO DA AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL FICA PARA ANO QUE VEM – Saiba detalhes dessa obra que será concluída em janeiro de 2019

CONCLUSÃO DA AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL FICA PARA ANO QUE VEM – Saiba detalhes dessa obra que será concluída em janeiro de 2019

OBRAS FÍSICAS DA AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL TEREZA RAMOS FICAM PRONTAS EM JANEIRO

 

A diretora do Hospital Tereza Ramos, Beatriz Montemezzo, esteve na ACIL e repassou aos empresários dados estatísticos e informações sobre a ampliação do hospital. Mas as obras físicas do hospital devem ficar prontas em janeiro de 2019.

A seguir, conteúdo oficial:

A diretora do Hospital e Maternidade Tereza Ramos, Beatriz Montemezzo, esteve da reunião da diretoria da ACIL. Ela informou que a estrutura física do hospital ocupa uma área de 16.000 m². Nesse espaço são disponibilizados UTI adulto e neonatal, unidade de terapia de queimados e centro de diagnóstico por imagem. Os serviços oferecidos pelo hospital são nas áreas de neonatologia; clínica médica, cirúrgica, ginecologia e obstetrícia; cirurgias gerais; atendimento a gestação de alto risco; oncologia: hormonioterapia, quimioterapia e radioterapia; assistência de alta complexidade ao paciente portador de obesidade grave: cirurgia bariátrica, pré e pós operatório e acompanhamento; e assistência de alta complexidade em terapia nutricional: nutrição parenteral e enteral.

Para atender essa estrutura, o hospital conta com 775 funcionários efetivos; 54 funcionários ACT´s; 82 funcionários terceirizados; 600 estagiários correntes, vindos de escolas técnicas e ensino superior; 24 estagiários remunerados, projeto novos valores. Segundo a diretora, são realizadas por ano cerca de 11.900 internações gerais; 34 mil consultas na Unacon; 3,5 atendimentos ambulatoriais e consultas; 4 mil nascimentos; 2,8 mil cirurgias; 55 mil exames; 15 mil quimioterapias e 1,8 mil radioterapias.

Sobre a ampliação do Hospital Tereza Ramos, está prevista a conclusão para dezembro próximo. Segundo Beatriz, 98% estrutura física do novo bloco já está concluída. “Nós estamos com as passarelas praticamente prontas, o heliponto também já está pronto e com aprovação da ANAC. Estamos com previsão de no final do ano estar com móveis e aparelhos para iniciar o uso”, explicou. O novo bloco disponibilizará 92 leitos de internação, 29 leitos de UTI, 9 salas de cirurgia e dentro de diagnóstico por imagem.

 

7a1c6193e75529ccab41839b93375ee9

85d8cae9a9ad355044c2207e0f3984cf (1)